Pregações do Padre Léo

O Blog disponibiliza pregações do Padre Léo em áudio e vídeo. Clique aqui.

Promoções e sorteios

Há mais de três anos o Blog Padre Léo Eterno busca evangelizar doando prêmios relacionados ao Padre Léo Para um de seus leitores a cada mês. Confira resultados e a promoção mais recente.

Acompanhe o blog nas redes sociais

Sabia que muita coisa que não aparece aqui no blog está nos perfis que mantemos no Facebbok, Instagram e também no Twitter? Siga e curta!.

Textos para reflexão

O blog reserva espaço a reflexão através de trechos de livros e pregações do Padre Léo e do que mais Deus nos inspirar. Boa leitura!.

sábado, 30 de julho de 2016

As armas do encardido para emporcalhar a família

"Deus nos criou com sua mão através da união do nosso pai e da nossa mãe naquele sagrado instante... Naquele prazeroso e belíssimo instante em que se uniram. Que coisa fabulosa! Que coisa maravilhosa! Como é que Deus é de uma criatividade estrondosa? Além de fazer o ser humano participar de sua criação e, por isso mesmo, convida o ser humano a um prazer maravilhoso, a uma alegria que toma conta de todo o seu ser, o seu físico, o seu psíquico, o seu espiritual.



E aí, o que faz o encardido? Vem emporcalhar a sexualidade através da pornografia, da homossexualidade, da prostituição... Essas armas que ele tem contra a famîlia. 

Meu Deus do Céu, quantos casais que se dizem catolicos, que levam pra dentro do seu quarto um aparelho de televisão e um vídeocassete onde precisam se animar para suas relações íntimas com filmes pornográficos! 

Tem coisa mais abestalhada do que isso? O ser humano se torna o pior dos animais. Nem o animal, que age por instinto, precisa desse estímulo exterior. É sinal que o ser humano quando se deixa levar pelo pecado, ele se torna pior até mesmo do que os porcos. Porque nem os porcos precisam disso. Como é que o demônio consegue entrar lá nessa intimidade?



Ora, se a bênção de Deus está presente na unidade de marido e mulher, a ponto de nós rezamos quando celebramos o sacramento do matrimônio... É a única bênção que não foi estragada nem pelo dilúvio! Se qualquer ser humano se une já tem a bênção de Deus, ainda mais um ser humano, homem e mulher, que recebeu a graça e o dom do sacramento do matrimônio. Que tem sacramento significa que é Jesus quem está com você! Marido quando se casa, esposa quando se casa, Jesus está no meio desse casamento. 

O matrimônio cristão é sempre a três: o marido e mulher e Deus. E é uma unidade, como o sacramento proclama: O que Deus uniu, o ser humano não pode separar."

Padre Léo

Trecho da pregação: "Família, santuário de vida".

Para adquirir essa pregação, clique aqui

sexta-feira, 29 de julho de 2016

A família e as drogas - Trecho da pregação "Os caixotes das drogas"

"O jovem começa a se drogar: a mãe joga a culpa no pai e o pai joga a culpa na mãe. Mas o pai e a mãe são drogados também. Eu conheço família que é inteira drogada. Ela leva o filho lá e diz: 'Padre, o meu filho está com problemas de drogas.' Aí você começa a conversar, o pai bebe todo dia. 'É a minha cervejinha, né padre?' Alcoólatra. A mãe viciada em antidepressivo: dois Prozac de manhã, três Lexotan à tarde, nove Anafranil de noite... Toma remédio pra dormir. Toma mais dois pra ficar acordada. Mas o encardido aparece como solução. O problema está no filho!



E aí os pais dizem que são as amizades dele. 'Padre, ele era tão bom. Tão bom esse menino, padre! Aí ele arrumou um amigo, padre, faz uns quatro meses. Mudou por completo, padre!' Que coisa! Uma amizade de quatro meses é capaz de mudar o amor, a dedicação, o carinho, a ternura de 18, 19, 20 anos de pai e mãe? Pai e mãe que têm medo que o colega mude o seu filho é porque não tem muita segurança no amor que deu não. Daí que vem o amor exigente. Tem mãe que fica: 'Ah, padre, é que agora ele me pediu uma calça nova e eu tenho medo que se eu não der a calça nova pro meu filho, ele se revoltar contra mim.' Oh, querida! Se dezoito anos de amor, de dedicação e sacrifício não foram suficientes pro seu filho descobrir que você o ama, não é uma calça nova que vai fazer isso. Aí vem essa necessidade de ser exigente no amor."

Padre Léo

Trecho da pregação: Os caixotes das drogas.

Para adquirir essa pregação, clique aqui

terça-feira, 26 de julho de 2016

Bethânia, o lugar onde padre Léo mais gostava de celebrar Missas

Eu amo celebrar Missa. Eu acho que é a coisa que eu mais gosto de fazer como padre. Mas não fiquem tristes com o que vou dizer... As Missas que eu mais gosto de celebrar não são com multidões. Porque eu não consigo celebrar uma Missa e gente gritando, como tem criança berrando aí...  E gente andando pra lá e pra cá... Aquilo vai me doendo o coração. Eu não consigo! Então as minhas Missas que eu mais gosto de celebrar são na minha casa... Na minha capelinha. Tanto que eu, todo dia, na hora de celebrar a Missa tomo banho antes, faço a minha barba, igualzinho pra vocês... Preparo o sermão. Risco direitinho na Bíblia... Todo dia para celebrar a Missa... E é livre a Missa. Não é obrigatório lá em casa. Então vão lá uns 20, uns 30 que celebram a Missa lá comigo...



 Mas não é só por isso que eu gosto de celebrar, além do silêncio... O que eu gosto é quando a gente coloca nossa fraqueza diante de Deus pra pedir perdão. A oração que meus filhos fazem, gente, me joga no chão. Porque eles vão se desmascarando! É muito bom viver como eu vivo, numa comunidade de pessoas que tiveram experiências terríveis de drogas, de prostituição... Porque ninguém precisa ter máscara! Todo mundo que está lá sabe que está lá porque teve problema sério na vida. Então ninguém fica julgando. A nossa oração é tão linda, tão linda, tão linda... Aquilo mexe no meu coração. Aquilo me dá forças! Quando a gente fala: 'Agora vamos fazer um pedido ao Senhor', a gente tem que cortar, senão vai uma hora só de pedido! Eles colocam a vida! Eles confessam pecado mortal na frente dos irmãos! Quando eles vão se confessar, sacramentalmente: 'Ô, Léo, eu queria pedir perdão a Deus isso, inclusive eu falei pra fulano já... Eu tava falando com um consagrado.'. É essa honestidade! E é isso que falta, infelizmente, na grande maioria dos cristãos católicos hipócritas que põem uma máscara de cristão, que se dizem muito santos, que se dizem muito renovados, se acham melhor do que os outros a ponto de poder julgar e condenar as pessoas." 

Padre Léo

Trecho da pregação Não perturbe o vosso coração

Para adquirir essa pregação, clique aqui.

A primeira Bethânia!

Ninguém pode impedir a realização dos planos de Deus para cada um de nós. Ninguém pode fugir da missão que Deus tem para cada um de nós.
Deus começou uma obra nova no Biguá, um povoado, no município de Delfim Moreira, serra da Mantiqueira. Para o seu projeto Deus pensou em Tarcísio, pois já havia determinado a sua missão, por isso foi escolhido, foi pensado e chamado desde sempre, desde o ventre de sua mãe.

O menino pobre do Biguá estava nos planos do Senhor. Foi ali, no seio daquela família simples, religiosa, que Tarcísio assimilou todos os valores cristãos, os valores do amor, da união, da cumplicidade.
A experiência que viveu na casa simples do Biguá, enfrentando os maiores desafios, mais tarde praticou tudo dentro de seu Ministério de Cura Interior. A casa da roça, sem luz elétrica, sem água encanada, o frio aquecido pela taipa do fogão, foi a sua primeira Bethânia. “Quando eu morava na roça, ó meu Deus, como era bom, a gente se reunia lá na taipa do fogão...” 

Deus enxergou, contemplou o menino, lá na roça, descalço, capinando e plantando, tinha que remover as pedras do chão batido, fofear a terra para introduzir a semente.

Os caminhos de Deus, nem sempre coincidem com os caminhos do homem. Muitas vezes vamos encontrar pedras no meio do caminho. Mas o Senhor as retirou, idealizou uma trilha segura para o jovem Tarcísio, e lhe mostrou a direção.
Viver segundo a palavra de Deus é deixar que Ele cumpra e realize a sua vontade em nós. O jovem Léo, com o coração carente de seu amor, acolheu a proposta, o grande convite de Jesus, a extraordinária missão de ser profeta, o mensageiro da Palavra. Para isso precisava viver coerentemente a sua vocação, rumo ao sacerdócio, e para concretizar seus sonhos, precisava percorrer um longo caminho, com muita fé e perseverança.

A planta cresceu em solo fértil, padre Léo fundou a Comunidade Bethânia, a obra de Deus cresceu e desenvolveu para aquilo que era o desígnio do Senhor.

Venha visitar a primeira Bethânia, réplica da casa do padre Léo no recanto de São João Batista/SC. “Lugar que faz memória ao ambiente, onde padre Léo aprendeu os valores de ser família e ensinou a tantas outras o caminho da restauração. Típica casa do interior, onde na simplicidade se encontravam, seja no quintal ou ao redor do fogão de lenha, para partilhar a vida”. 

Caravanas @bethania.com.br 
www.bethania.com.br  

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Só sem tem saudades do que é bom - Diácono Nelsinho Corrêa visita Bethânia

Diácono Nelsinho Corrêa participou esse final de semana, junto com sua esposa Marcia Corrêa, do II Congresso das Famílias na Comunidade Bethânia, em São João Batista-SC. 

Na oportunidade, ele fez vários registros em seu Instagram partilhando com todos a alegria de estar na casa de Padre Léo, conforme vocês podem conferir abaixo: 



"Indo pra Bethânia de Pe. Léo, em São João Batista-SC. Muita emoção voltar lá! Difícil vai ser conter o choro... A última vez em que fui, levei lá um baldinho do que Pe. Léo mais gostava: arroz doce! Ele deu muita risada e chamou todos filhos pra comer ...Santo Pe. Léo, rogai por nós!"



"Estamos pregando retiro pra Comunidade em Bethânia-SC. Amanhã, aberto ao povo. Bênção! Às 20:30h, missa no memorial Padre Leo, onde estão seus restos mortais..."



"Olha só o refeitório de Bethânia! Tem o nome da Vó Nazaré e a fotinha linda dela. Tudo fazendo memória... Haja coração!"



"Eu e Márcia no Memorial Padre Léo, em São João Batista-SC... Olha a foto ao fundo... Impossível não se emocionar!"


"Olha só a foto de "quem com quem" que está no memorial Padre Léo, na sede de Bethânia em São João Batista -SC. Nos momentos mais dolorosos do Padre Léo, ele pedia pro Padre Jonas ficar com ele. Padre Jonas deixava tudo e ia pro hospital em SP ficar com o Padre Léo. Pai e filho."


"Olha a foto de que pessoa ao lado do Pe. Léo que está no seu Memorial em Santa Catarina? A MINHA PESSOA!! kkkk Senti muito a presença do Pe. Léo lá... Saudades... Sempre sorrindo! Experiência única. Você já foi a um recanto de Bethânia? Vai lá! Todo dia 04 tem missa pela alma do Pe. Léo e em janeiro será a missa de dez anos. 
PE LÉO NÃO FOI ENTERRADO, FOI PLANTADO. PE LÉO NÃO SEPULTADO, FOI SEMEADO!"

Nosso blog acompanha diariamente o Diácono Nelsinho Corrêa em suas redes sociais e ele sempre cita seu amigo/irmão Padre Léo com saudade e amor. Padre Léo sempre lembrado e eternizado pelos que o amaram e o guardam em seu coração.