Pregações do Padre Léo

O Blog disponibiliza pregações do Padre Léo em áudio e vídeo. Clique aqui.

Promoções e sorteios

Há mais de três anos o Blog Padre Léo Eterno busca evangelizar doando prêmios relacionados ao Padre Léo Para um de seus leitores a cada mês. Confira resultados e a promoção mais recente.

Acompanhe o blog nas redes sociais

Sabia que muita coisa que não aparece aqui no blog está nos perfis que mantemos no Facebbok, Instagram e também no Twitter? Siga e curta!.

Textos para reflexão

O blog reserva espaço a reflexão através de trechos de livros e pregações do Padre Léo e do que mais Deus nos inspirar. Boa leitura!.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Um novo horizonte!

"A cura Interior nos permite enxergar todo e qualquer sofrimento por uma ótica cristã, isto é, mediante Jesus Cristo. Sem Jesus, estaremos sempre e cada vez mais, mergulhados nesse vale doloroso, que aumenta em consequência de nossos pecados. Em Cristo Jesus, no mistério de sua morte e ressurreição, percebemos um jeito novo de enxergar e experienciar o sofrimento, até como um caminho para Deus' (Livro: Segredos para a cura interior). 




 
Ao longo de nossas vidas nos acontecem coisas, as quais mudam radicalmente o nosso cotidiano, para que possamos ajustá-lo à uma nova realidade. Deus acolhe esse tempo novo, para nos dizer que a noite se adianta e o dia se aproxima, portanto, devemos nos revestir do Senhor Jesus, a fim de nos prepararmos para o dia de nossa salvação.

Com a descoberta de uma doença incurável, buscamos respostas. São interrogações que nos afligem. Porque o sofrimento e a morte de uma pessoa como o padre Léo? Queremos uma resposta que abrange todo o sentido de nossa vida aqui nesta terra, pois nossa existência não se resume somente em nascer, viver, amar, lutar, e morrer. Se morre como se vive.

Padre Léo  foi até o seu limite, com a angustiante incerteza absurda de sua morte. Restavam-lhe apenas duas alternativas: Passar os dias desesperado, com medo, "mergulhado neste vale doloroso", ou colocar toda a sua confiança nos braços do Senhor, lançar-se nesse abismo de incertezas, num grande salto de fé. Um dia após o outro ele percebeu que o seu sofrimento era inevitável e irreversível, percebeu também que isso o ajudaria no seu crescimento espiritual.

A vida é dom de Deus e devemos nos entregar a Ele, para que se realize seu propósito em nós. O padre descobriu que somente em Deus, numa conversão diária, encontraria a paz que tanto precisava. Viveu o que escreveu em seus livros, o que pregou muitas vezes para nós . Do seu interior brotou uma força incompreensível que nasceu da comunhão com Deus. A condição para fazer parte do Reino do céu é nascer novamente e do alto (cfe. Jo 3,3). Trata-se de uma vida nova superior à natural, que exige uma Graça nova e sobrenatural. É a mudança da vida velha para uma nova vida de obediência e abandono em Deus.

Padre Léo viveu, durante o seu calvário no hospital, um tempo novo. Muitas vezes o Senhor nos leva ao deserto, para iniciar com Ele um novo relacionamento, que se dá por meio da fé. Ali começou uma nova história. Do seu horizonte desértico, ele viu algo muito real, um mundo cheio de esperança e da misericórdia de Deus. Percorreu um caminho espiritual para renovar, restaurar, iluminado pelo Espírito Santo.

Diz em seu livro: Buscai as coisas do alto: “É preciso olhar para o alvo, para a meta, para onde ele nos aponta, e acolher o novo de Deus”. Correr em direção a meta é olhar para Jesus como exemplo de confiança em Deus, de entrega total, de dedicação à vontade de Deus. Correr em direção à meta é penetrar o invisível, o novo de Deus. É viver com a esperança da Vida Eterna, é olhar além do que o mundo nos oferece. É vislumbrar um novo horizonte. É viver a esperança da glória.

Quando aprendermos a olhar além do nosso mundinho medíocre, só então, começaremos a enxergar um novo horizonte.



quarta-feira, 14 de junho de 2017

Coração: Sacrário Inviolável!

A pregação: "Alegres e firmes no Senhor", vem nos colocar diante de uma realidade fundamental da vida do ser humano: a alegria. Padre Léo refletiu sobre a ordem de São Paulo aos Filipenses (4,1 ss) “...continuai assim firmes no Senhor, caríssimos”.
  

Quem não procura ser feliz todos os dias? Mas, nem todos os caminhos levam à verdadeira fonte da alegria. Há apenas um caminho que assegura a nossa alegria: "Se você quiser continuar firme, precisa ser no Senhor".



"Por que será que você não tem a verdadeira alegria? Por que será que você anda cada vez mais nervoso, revoltado? É porque você ainda não encontrou a firmeza no Senhor. É porque você ainda não encontrou a alegria do Senhor.  A alegria do Senhor é a nossa força!
É por isso que infelizmente somos fracos demais, não nos mantemos firmes no Senhor, perdemos  a paz por qualquer coisinha, qualquer coisa nos roubam a alegria".

Você já se sentiu alegre? Não aquela que é passageira. Padre Léo nos aponta um ensinamento novo: a alegria de dentro para fora; aquela que brota do coração.
"Aqui está uma alegria que ninguém tira: a alegria que brota do coração, nem o demônio tira. Esse é um dogma da Igreja católica. Dentro de seu coração o demônio não entra. O catecismo da Igreja Católica afirma que seu coração é um ‘núcleo secretíssimo’. 
Mesmo que você fosse a um lugar e se oferecesse ao demônio. Mesmo que conscientemente oferecesse a sua vida ao demônio, o seu coração seria um Sacrário Inviolável. Nem se você desejar. Esse poder Deus não deu ao ser humano".

Nosso coração é o centro das emoções, e nele só cabe uma pessoa: Deus.
"Dentro de seu coração só tem lugar para uma pessoa, quando fez você. Só tem lugar para Deus".

Um coração entregue ao pecado, vai se tornando endurecido.
"Não podendo entrar em seu coração, ele vai formando uma casca em volta dele.Chega um momento em que seu coração pesa, vira uma casca de pedra".

O coração é centro da vontade humana. Um coração impuro corrompe a vida. Tudo depende de nós buscarmos a Deus e, sobretudo, crermos no poder regenerador do Espírito Santo, assim teremos um coração transformado, segundo a imagem de Cristo.
"Você que comunga Jesus Cristo, Jesus entra pela boca e derrete-se inteiro sobre a camada de pedra: a casca da violência, a casca do rancor e do ódio, a casca da mentira, a casca da pornografia... todas as cascas que foram colocadas em seu coração. Só Jesus na força do Espírito pode arrancar essas cascas.
Você é casca dura , mas dentro dessa casca tem um coração, semelhante ao de Jesus, um coração humano, um coração que quer ser feliz. Então, meu irmão, não saia desse acampamento com essa casca dura. Eu tenho uma resposta para você. Leve o seu coração casca dura para o Coração de Jesus. Ele vai derramar Água Viva do seu Espírito.
Mas se você não chegar perto de Jesus, ele não pode fazer nada. Quando você deixa o Espírito Santo fecundar seu coração Ele começa a transformar seu coração. Essa é grande obra do Espírito Santo. Por isso que a alegria verdadeira só pode vir do Senhor".

Padre Léo declara que a manifestação de Deus se dá em nossas vidas quando através do Espírito Santo nos ilumina, nos ensina o melhor caminho. O Espírito Santo que está em Jesus, está em cada um de nós. Que maravilha! Então, deixemos o Espírito Santo fazer a sua obra em nós: romper a casca dura de nossos pecados!


(Acampamento de Carnaval, sede da Canção, 08/02/2005)




sexta-feira, 9 de junho de 2017

Padre Léo nos fala sobre São Lucas

"Lucas tinha duas qualidades espetaculares: Lucas era médico e Lucas era artista. Lucas era pintor, foi ele quem pintou aquela imagem primitiva que deu origem a imagem que nós temos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Quando você olhar uma imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, segundo a tradição, é o retrato mais antigo de Nossa Senhora, pintado por Lucas. Então vocês imaginam! Lucas, como pintor, era um poeta! Lucas, como médico, era um profeta! Aliás, todo profeta tem que ser poeta, senão não é bom profeta. Não vê que Jesus é um poeta quando fala:



"Olhai as aves do céu! Olhai os lírios dos campos!"

O artista, o poeta e o profeta têm algo em comum: eles conseguem enxergar além do óbvio"

Padre Léo

Trecho da pregação "Quem são meus íntimos"

Para adquirir pregacões, livros e homilias de Padre Léo, além de produtos da Comunidade Bethânia, clique aqui. 

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Ousado na fé!

Todos nós, criaturas humanas, feitas à semelhança de Deus, existimos para servir o Senhor e anunciá-lo. Somos chamados a ser profetas. Nossa missão é evangelizar, falar do amor de Cristo aos corações endurecidos.
A Bíblia fala de homens que tiveram medo de assumir sua missão, mas Deus não desistiu deles. Homens fracos e pecadores, mesmo assim foram homens cheios do Espírito Santo, executaram a tarefa que o Senhor havia lhes confiado.

Padre Léo transformou numa fé viva, tudo o que  leu e meditou  na Palavra de Deus. Ensinou e realizou tudo o que aprendeu.  Deus fez florescer nele, o dom da Palavra. Com grande conhecimento bíblico, tinha o poder de levar a Palavra de Deus, proclamar as maravilhas de Jesus, e atingir a muitos corações.

O Espírito Santo deu aos apóstolos habilidade para anunciar Jesus. Pedro teve a coragem de anunciá-lo diante de uma multidão.
Padre Léo, obediente à Ordem do Senhor: “Ide e pregai o Evangelho”, começa a sua trajetória pelo Brasil, pregando e animando muitos Retiros, Encontros, Congressos, e Cenáculos. E que mais tarde, sua missão iria ultrapassar as fronteiras.

Uma experiência marcante na vida do padre Léo aconteceu em um Cenáculo em Santa Catarina. Quem nos dá esse testemunho é padre Vicente, consagrado e administrador da Comunidade Bethânia. Presenciou muitos momentos do padre pregando, desde quando foi trabalhar com ele, final de 94.

"Neste dia, descobri o homem de fé. Neste dia chovia muito. O local era aberto e chovia... Chovia muito forte. Eu pensei: acabou o encontro! O que esse homem vai fazer? A RCC tinha preparado um grande evento. E o Léo estava animando o encontro. 
Sabe o que ele fez? Chamou todo mundo: 'PEGUEM O TERÇO'. E ele no microfone: 'VAMOS REZAR A NOSSA SENHORA, porque DEUS quer esse encontro, porque você precisa desse encontro. E quando acabar esse terço vamos começar este Cenáculo com Sol... '
E começamos o terço: no QUINTO MISTÉRIO parou a chuva. SALVE RAINHA, as nuvens se abriram, os raios de sol bateram sobre o lugar onde estávamos. Até hoje fico me questionando se o Léo tinha consciência do que ele tinha feito. O que eu sei é que alguma coisa chamada “DIVINA” fez acontecer aquele encontro".

Padre Léo sempre viveu com os pés na terra e os olhos no céu. Com a intercessão de Nossa Senhora, a quem ele tinha uma enorme devoção, pode realizar o que era vontade do Senhor. Deus quis realizar aquele encontro. Enxergando Maria,com seu filho Jesus, viveu a radicalidade da fé.
Não há como ficar indiferente! Precisamos ter a coragem de sermos fiéis a Deus nas pequenas coisas, assim Deus usará também a mesma retidão e justiça nas grandes.
O Senhor honra aquele que ministra a sua Palavra e a prega fielmente.É impossível uma pessoa andar nos caminhos do Senhor, se o Espírito Santo não habitar nela.
Que sejamos profetas destemidos,ousados, corajosos, nas coisas de Deus!




terça-feira, 6 de junho de 2017

A pessoa que reclama da vida

"Quem não tem o que fazer, acha! Aliás, quem não tem o que fazer é um perigo para a sociedade. A pessoa fica à toa... 




Quem mais reclama da vida é quem não tem o que fazer. Quem tem o que fazer não reclama. Quando você precisar de alguém para ajudar você, procure a pessoa mais ocupada que você conhecer. Quem tiver tempo sobrando... Ah, a pessoa que tem tempo sobrando é preguiçosa! Ela usa o tempo para reclamar da vida. Ela está sempre atrasada... Para ir para lugar nenhum! Ela precisa sempre chegar... Não se sabe aonde nem fazer o quê! Por isso, ela para em qualquer lugar, enrosca em qualquer coisa e não faz nada. Não produz, não lê um livro, não reza. É uma tristeza!"

Padre Léo