Pregações do Padre Léo

O Blog disponibiliza pregações do Padre Léo em áudio e vídeo. Clique aqui.

Promoções e sorteios

Há mais de três anos o Blog Padre Léo Eterno busca evangelizar doando prêmios relacionados ao Padre Léo Para um de seus leitores a cada mês. Confira resultados e a promoção mais recente.

Acompanhe o blog nas redes sociais

Sabia que muita coisa que não aparece aqui no blog está nos perfis que mantemos no Facebbok, Instagram e também no Twitter? Siga e curta!.

Textos para reflexão

O blog reserva espaço a reflexão através de trechos de livros e pregações do Padre Léo e do que mais Deus nos inspirar. Boa leitura!.

domingo, 23 de julho de 2017

Pescador de almas para Deus!

Todos nós precisamos ser pescadores de homens, precisamos conquistar e levar almas para Deus. Se quisermos ser bons discípulos de Jesus precisamos sentir a grande alegria de conhecer todas as verdades de fé, por Ele ensinadas que estão nas Escrituras Sagradas. Assim como foi a vida do Padre Léo. 
Monsenhor Jonas Abib nos trouxe esta mensagem, quando presidiu a Santa Missa, em ação de graças pelos 10 anos de eternidade do nosso saudoso padre Léo. Aconteceu em São João Batista SC, Comunidade Bethânia, dia 04 de janeiro de 2017.

O Evangelho de São João, 1,35ss: “Naquele tempo, João estava de novo com dois de seus discípulos e, vendo Jesus passar, disse: ‘Eis o Cordeiro de Deus!’ Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram Jesus...”, temos o chamado dos primeiros discípulos por Jesus,  pescadores, que deixaram tudo e seguiram Jesus. 
A belíssima reflexão desse Evangelho pelo Monsenhor Jonas  vem despertar em nós a nossa missão, que é a continuação da missão de Jesus, que veio ao mundo para que ninguém se perdesse. E nos faz uma pergunta: Quantas pessoas você trouxe à Jesus? 

Trago aqui alguns trechos da homilia.
"Esse Evangelho é para o dia de hoje, porque o padre Léo era um pescador de almas, não perdia nenhum peixe.... Ele fisgava e trazia para Jesus. O Evangelho diz para Bethânia e todos nós que estamos aqui, que precisamos ser pescadores de homens... Convido você a sair, não só com vara, mas com rede, para trazer as pessoas de volta a Jesus. Aqueles que escaparam, que eles voltem para Deus".

Podemos mudar nosso temperamento pela Graça de Deus.
"Conheci duas fases do padre Léo. O padre Léo de antes foi reto, justo, mas tinha um gênio difícil. E sofria as consequências: estourava facilmente, explodia... O padre Léo era assim".

O caminho de provação, de sofrimento, aperfeiçoou seu caminho para o Céu.
"Mas chegou a hora em que Deus disse: Basta Léo, eu vou levá-lo para o caminho da santidade. Léo, eu, o seu Senhor, vou levar você para a trilha da santidade.  E levou! 
Conheci também a sua segunda fase, quando ele foi se tornando bondoso, atencioso, dócil. Ele era um homem de ação, de empreendimento, mas se tornou um homem de profunda oração".

Ofertou a sua dor ao Senhor, pois só se chega ao céu pela trilha estreita da cruz.
"Deus foi burilando a pedra bruta. Uma pedra preciosa, quando retirada da terra, é bruta, não tem valor. Precisa ser burilada, tirar as lascas. Precisa ser lascado para chegar ao diamante puro. Deus queria o Léo o diamante pronto para o céu, para ser usado por Ele".

Acolheu o inevitável com resignação: a sua doença. Aprendeu a ser paciente diante da dor que sentia.
"E para acabar de burilá-lo, veio o câncer... Nem morfina lhe tirou a dor, mesmo nestas condições não deixou de evangelizar..."



Somos chamados a participar da comunhão com Deus para a vida eterna.
"Que Deus pegue você e leve você para a trilha da santificação, porque Deus quer você santo(a), como foi o padre Léo e é santo no Céu".


domingo, 16 de julho de 2017

Viver o PHN!

Neste final de semana (de 12 a 16 de julho), acontece na sede da Canção Nova o Acampamento PHN 2017 (Por Hoje Não, não vou pecar), um do maiores movimentos da atualidade. Está à frente, o jovem missionário Dunga. A proposta  do PHN é levado a todo o Brasil e além fronteiras, cujo objetivo é provocar o jovem a um encontro pessoal com Jesus Cristo.
O tema do Acampamento é: “Coragem, levanta-te, Ele te chama” (Mc 10,49). Deus está chamando o jovem a retomar a coragem, o Senhor está convidando o jovem a sair do comodismo,  acordar,  levantar e colocar-se a caminho, seguir  testemunhando o seu amor.

Retomando este convite do Senhor, não podemos deixar de nos lembrar das pregações do padre Léo direcionadas à juventude. Pregando nos Encontros PHN ele viveu um grande desafio: a luta para que os jovens fossem seguidores de Cristo.
No acampamento P H N – Canção Nova, Abril de 2005, ele disse aos jovens: "Nós já sabemos, que a coragem independe das situações exteriores, coragem é aquela força que brota aqui dentro, e que, ai vem a coisa importante da coragem Bíblica, por isso que ao contrário da valentia, a valentia a gente tem, e coragem? Coragem a gente obtém! coragem você constrói, coragem é algo em que você se transforma” (Pregação: Jovem, seja firme e corajoso).

Ainda neste Acampamento PHN de 2005, pregação da homilia: Jovem, acorda e levanta-te, padre Léo refletiu sobre a  primeira leitura: At 9, 32-34, Enéias, paralítico durante 8 anos, foi curado quando Pedro lhe disse: -“Enéias, Jesus Cristo te cura, levanta-te e arruma a cama!”
Explicando-nos sobre a ordem de Pedro ao paralítico: “Deus te cura, mas faça a sua parte”, ou seja, não fique aí parado, levante-se, rompa com tudo o que te afasta de Deus: o seu medo, a sua preguiça, os traumas, o comodismo... A cama de seu pecado precisa ser arrumada.
“Arrumar a sua cama significa: arrumar a sua vida”.

Padre Léo chama os jovens a acordar, os exorta a sair da cadeira da derrota: “Hoje tem jovens de 16 anos que já está velho, está derrotado, vive murmurando. A juventude não passa com a idade. Tem jovem de 13 anos que envelheceu, perdeu as forças, o vigor”.
E faz uma comparação entre os jovens de têmpera da época de sua juventude, que lutavam pelos seus ideais, com os jovens acomodados de hoje.
"A juventude é a época do fogo, dos sonhos, dos ideais. Estamos precisando com urgência. Estou com saudades dos jovens sonhadores, dos jovens que ainda acreditam num mundo diferente, em profissões diferentes. Quero crer nos jovens que acreditam nos grandes ideais. É essa têmpera, a têmpera você não perde, mas é preciso que você comece esse treinamento hoje: Jovem, levanta-te!..."Saia desse buraco, desse marasmo, você está se acomodando demais". 

A força motora para enfrentar os desafios, os obstáculos que levam tantos jovens ao desânimo é o jovem evangelizado, afirma o padre. “... o jovem que se encontrou com Jesus, o jovem que se levanta, o jovem que tem a coragem de dizer: ‘Senhor, a quem iremos? Só tu tens palavra de vida eterna’ (o Evangelho do dia Jo 6,68). Esse ninguém segura porque a força de Deus nele faz vir à tona o seu melhor, os seus sonhos, os seus ideais”.

Só Jesus é a resposta, só Jesus é capaz de dar sentido às nossas vidas. Senhor, levanta essa multidão de jovens nesse encontro! Lá do Céu, padre Léo continuará abençoando e intercedendo a Deus, de maneira especial, pela juventude a quem tanto amou.







quinta-feira, 13 de julho de 2017

Os dois elementos que alimentam a coragem

"Não é fácil! Por isso você precisa desses dois elementos que alimentam a coragem. Primeiro você precisa ter essa meta interior. Você precisa ter fome! O dia que sua fome de Deus for maior do que a fome de qualquer coisa que você tem, você deu o primeiro passo.




Mas é preciso também que você seja surdo aos apelos e convites estragados que o encardido faz através das pessoas! Através dos meios de comunicação estragados. É preciso ser surdo. É preciso ter a coragem de fechar o ouvido para o barulho do mundo para escutar Deus que fala lá no íntimo do seu coração."

Padre Léo

Trecho da pregação A coragem é a força do coração

Para adquirir essa e outras pregações, livros e homilias de padre Léo, além de produtos da Comunidade Bethânia, clique aqui

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Padre Léo e a Renovação Carismática Católica

A Renovação Carismática Católica chegou ao Brasil pelas mãos de dois jesuítas: o Pe.Eduardo Dougherty e Pe. Haroldo Rahm, ambos americanos. Tudo começou na cidade de Campinas-SP.
A RCC tomou novo rumo, quando Pe. Eduardo, ordenado sacerdote em 1970, nos Estados Unidos, retorna ao Brasil em 1972. Enquanto que Pe. Haroldo já dava os primeiros passos.
Os dois, agora unidos, foi decisivo para o seu crescimento e a sua organização. Já em 1973, Pe. Haroldo voltado às chamadas “Experiências de Oração”, e Pe. Eduardo percorria o Brasil, iniciando os Retiros e os “Grupos de Oração”.
O “Grupo de Oração”, é o cerne, é a expressão máxima da RCC, reunião semanal, onde se vive o Evangelho, oração, partilha, experiência do Batismo no Espírito Santo.


Padre Léo entrou para a Renovação Carismática Católica em 1973, desde então, foi bebendo dessa fonte, até chegar a diretor espiritual da RCC na Arquidiocese de Florianópolis-SC e pregador nacional. Aquele que bebe com fé nessa fonte de água viva, transforma-se num canal que comunica essa água a outros.

Viver segundo o Espírito é deixar-se guiar pelo Espírito Santo que está em nós, mediante Cristo Jesus. Essa renovação faz-nos sentir, pensar e agir, conforme a vontade do Senhor.
Léo, aos dezessete anos, cabelos compridos, com seu macacão verde, corrente de dente pendurada ao pescoço, e o seu grupo de jovens, resolveram evangelizar a Zona de prostituição. E foram bem sucedidos. Partilhar o amor é partilhar a vida.

Quando recebemos o batismo no Espírito Santo passamos a ter uma vida transbordante no Espírito, e  contagiamos quem está ao nosso meio.
Mais tarde, aquele jovem cabeludo com aparência rebelde, no Seminário, o Senhor viu nele o discípulo-missionário. Atendendo aos apelos do Espírito Santo, Léo, o estudante de filosofia e depois teologia, foi conduzido a peregrinar por todo o país, pregando retiros, Encontros e Cenáculos, fazendo parte integrante da Renovação Carismática Católica. Tinha sede de evangelizar, desejava ardentemente levar o amor de Jesus para as pessoas.

Foi  a partir de 1990 que acontece a grande "explosão" da Renovação Carismática que atinge milhões de brasileiros.
Agora, já como sacerdote, padre Léo, diretor do Colégio São Luiz, em Brusque S/C, Iluminado pela Palavra de Deus idealizou a construção da Capela do Espírito Santo e inaugurada em 1992. Ali, o grupo de jovens DAVI (Deus Ama Você Irmão) reunia todos os sábados, momentos fortes, muitas conversões de jovens mergulhados nas drogas.

O registro das experiências vividas dentro da RCC está em seu livro: Servir no Espírito, desde o início de seu Ministério de pregação, e a sua trajetória pelo Brasil.
“A Renovação é uma das grandes obras do Espírito para a Igreja e para o mundo de hoje...”
Este livro ajuda-nos a aprofundar um relacionamento com Deus, para que possamos mergulhar nessa fonte: a água restauradora do Espírito Santo.













domingo, 9 de julho de 2017

Sentados à beira do caminho

As grandes brigas que vocês tiveram até hoje foram por causa de bobagem. Pequenas coisas. Gente, no matrimônio, o menor detalhe tem uma função espetacular. Nada é pequeno no matrimônio. E vocês sabem disso, é só conversar entre vocês.




É uma pequena palavra. Uma palavra dita na hora errada, do jeito errado, uma palavra que não foi dita. É um pequeno gesto.  É uma pequena delicadeza! Sabe, você conhece um matrimônio que vai bem conforme eles sentam à mesa da refeição. Por que o homem tem que ser sempre o primeiro a ser servido? Por que de vez em quando ele não quebra essa rotina? A delicadeza de passar a comida, de falar palavras delicadas: por favor, muito obrigado, querida, querido! Não precisa também florear se você não tem o costume de ficar chamando meu amor, oh, amor... Fica tão feio pra quem não tem treino falar. Parece que está fingindo: oh, meu amor. Quer copiar novela... Não, usa o termo carinhoso que você está acostumado, do jeito que você está acostumado! É preciso sair da beira do caminho. Talvez vocês estejam sentados à beira do caminho. Acomodados.

Padre Léo

Trecho da pregação Saborear o amor 

Para adquirir essa e outras pregações, livros e homilias de padre Léo, além de produtos da Comunidade Bethânia, clique aqui.