Inaugurada em Cachoeira Paulista estátua em homenagem a padre Léo

Hoje, 05.12.2019, foi o grande dia da inauguração do monumento em homenagem a padre Léo! A estátua, obra do artista plástico Gilmar Pinna, fica no Mirante Padre Léo, em Cachoeira Paulista-SP, e foi iniciativa da administração pública da cidade e do governo do Estado de São Paulo, com o objetivo de promover o turismo. 



Representando a família, os irmãos de padre Léo, Célia, Eliete e Ernani, seu sobrinho Danilo com esposa e filha, sobrinha-neta de padre Léo. Muitos membros da Comunidade Bethânia, consagrados, vocacionados e discípulos também estavam lá. Destacamos a presença de Pe. Vicente, Pe. Lúcio Tardivo, diácono Ideraldo Palocci e sua esposa Margarida. O evento contou com a presença de muitos amigos do coração de padre Léo, seu amigo irmão diácono Nelsinho Corrêa com sua esposa Márcia Corrêa, Dr. Roque Savioli (também médico pessoal e que o assistiu durante todo o tratamento do Câncer) e Dunga. Toshio e Kayoko, que padre Léo tanto amava, estavam entre os convidados. 


















Padre Vicente de Paula Neto, moderador geral da Comunidade Bethânia, falou no evento:



“Penso que este monumento é um marco daquilo que significa o Padre Léo na vida de Cachoeira Paulista. Nós sabemos que esta cidade marcou profundamente a vida do Padre Léo. Foi daqui que a voz do Padre Léo foi amplificada e chegou a tantas pessoas. Muitos pensam, até hoje, que ele era daqui, e que a Comunidade Bethânia é aqui. E eu fico muito feliz por isso. Essa homenagem é um presente a tantos que amam Padre Léo e que se identificavam com ele. Agradecemos muito por essa manifestação de carinho. Ele que tanto falou sobre buscar as coisas do Alto, agora está, do Alto, lembrando as pessoas que elas devem se voltar para as coisas definitivas.”

Célia Gonçalves Pereira, irmã mais velha de padre Léo, se pronunciou:
“Como irmã mais velha do Léo, que viu o menino do Biguá crescer e sonhar em ser padre, é uma alegria vê-lo hoje sendo homenageado nesta cidade em que ele serviu tanto a Deus, com uma estátua tão grande. Um menino simples, pobre, que fez o que ele mais sonhou e continua fazendo: evangelizar.”

A estátua de 30 metros de altura fica no ponto mais alto da cidade. Busquemos as coisas do Alto!




Compartilhe:

A visita ao lar: a ida de padre Léo à Comunidade Bethânia

Não me lembro a data exata, mas foi em 2006, logo no início em que Pe. Léo foi internado no hospital em São Paulo. Eu ainda estava aqui na Comunidade Bethânia de São João Batista-SC, mas logo depois iria para o Recanto de Lorena-SP, pois havia sido transferida para lá.




Padre Léo estava com muitas saudades de casa, dos seus filhos e de seus cachorros. Insistiu com os médicos para que o deixassem vir nos visitar. Com muitas recomendações, ele conseguiu a autorização médica.


Aqui em São João eu cuidava da casa e das coisas pessoais de padre Léo. Foi tudo foi preparado, higienizado, especialmente o quarto dele como se fosse um quarto de hospital, principalmente por causa de sua imunidade baixa e por ele estar tão debilitado.



Padre Léo e seu cachorrinho Quinzinho


A principal recomendação médica foi que ele não tivesse contato com muitas pessoas (e muito menos com seus cachorros) por causa da imunidade baixa, para evitar alguma infecção. Foi combinado que quando ele chegasse, teria que ir direto para sua casa, para o seu quarto que estava preparado. 



Padre Léo e seu cachorrinho Léo


Quem conheceu padre Léo sabe do amor que ele tinha por sua casa, por cada um de nós, seus filhos e, é claro, por seus cachorros. Vocês acham que padre Léo obedeceu essa ordem médica? Já, já,responderei! 




Então, na teoria foi combinado o seguinte: que todos nós, seus filhos, iríamos esperar ele chegar fazendo um grande corredor na estrada na frente da secretaria aqui em Bethânia. Quando o carro em que Betão (seu grande e fiel amigo) o estava trazendo , passasse por esse corredor humano, nós iríamos aplaudi-lo, dando as boas-vindas ao nosso querido pai.




Eu estava lá na casa dele ansiosa e muito feliz aguardando sua chegada. Até o Léo e o Quinzinho (seus cachorros) tinham tomado banho para esperar por ele. Como sua chegada atrasou um pouco, resolvi descer com os cachorros (pois sabia que Pe. Léo ficaria muito feliz em vê-los também) e fui lá para o meio da estrada junto com o restante do pessoal esperar ele chegar.




E quando o carro foi se aproximando de nós, imaginem nossa surpresa ao ver que Pe. Léo pediu para o Betão parar o carro para ele descer... Imunidade baixa? Perigo de infecção? Nosso pai querido não pensou em nada disso 


E quando o carro foi se aproximando de nós, imaginem nossa surpresa ao ver que Pe. Léo pediu para o Betão parar o carro para ele descer. Imunidade baixa? Perigo de infecção? Nosso pai querido não pensou em nada disso, ele só queria abraçar cada um de nós, seus filhos. E abraçou um por um!




Jamais esquecerei aquele abraço! Era abraço de saudade, reencontro, alegria em ter meu pai de volta em casa. E mais que de hospital e remédios, ele precisava sentir o nosso amor por ele. A alegria transbordava em seu olhar! 


Não tem como eu lembrar de tudo isso e ter que escrever sem chorar.

Pensem na alegria dele quando viu o Léo e o Quinzinho! Tenho certeza que o Amor foi cura para o seu e o nosso coração naquele dia! E depois de tantas emoções, sim, ele foi para o seu quarto.


"Só se tem saudade do que é bom...

E se chorei de saudade não foi por fraqueza...

Foi porque eu Ameiii!!!" 

🎼🎵🎶🎼🎵🎶🎼🎵🎶


Depoimento de Vanderléia Scheidt, missionária da Comunidade  Bethânia

Compartilhe:

Quer ser feliz? Buscai as coisas do Alto!

Se, portanto, ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas lá do alto. 


Colossenses 3,1




Se nós queremos, e nós queremos, celebrar a vitória de Deus em nossa vida, nós precisamos trilhar por esse único caminho: buscai as coisas do Alto! Quer ser feliz? Buscar as coisas do Alto! 


Confiram abaixo o trecho em vídeo:



* Trecho da última pregação de padre Léo , Buscai as coisas do Alto, em 09.12.2006, no Hosana Brasil, acampamento realizado anualmente pela Comunidade Canção Nova. 

Compartilhe:

Dezembro, mês de relembrarmos o Hosana Brasil 2006

Dezembro, mês em que relembramos o Hosana Brasil mais emocionante de todos os tempos! Em 09.12.2006, padre Léo fez sua última pregação, a antológica Buscai as coisas do Alto  que até hoje resgata, transforma, converte e leva as pessoas a um encontro pessoal com Jesus. A partir de hoje (e durante toda a próxima semana) faremos muitas postagens sobre esse evento inesquecível, com nosso santo sacerdote. 




⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🎵🎶Alô meu Deus,
fazia tanto tempo
que eu não mais te procurava.
Alô meu Deus,
senti saudades tuas
e acabei voltando aqui.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Andei por mil caminhos
e, como as andorinhas,
eu vim fazer meu ninho
em tua casa e repousar.
Embora eu me afastasse
e andasse desligado,
meu coração cansado,
resolveu voltar.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Eu não me acostumei,
nas terras onde andei.
Eu não me acostumei,
nas terras onde andei.. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Alô meu Deus,
fazia tanto tempo
que eu não mais te procurava.
Alô meu Deus,
senti saudades tuas
e acabei voltando aqui. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Gastei a minha herança,
comprando só matéria,
restou-me a esperança
de outra vez te encontrar.
Voltei arrependido,
meu coração ferido
e volto convencido
que este é o meu lugar.🎶🎵 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Compartilhe:

Uma visita inesperada


A missionária da Comunidade Bethânia, Vanderléia Scheidt, partilhou há alguns dias em sua página no Facebook sobre uma visita inesperada de padre Léo na comunidade. Na época, ele já estava hospitalizado em tratamento no Hospital das Clínicas. 





“Padre Léo estava no hospital em São Paulo, no ano de 2006, e pediu para os médicos o liberarem para ir nos visitar no recanto de Lorena. E apareceu de surpresa! Quase morremos do coração quando vimos que era ele saindo do carro. E ele ainda celebrou a Santa Missa para nós. Esta foto foi tirada depois da Missa. Saudades eternas!”


Deus, sempre tão carinhoso e exagerado, deu a graça de padre Léo ir em casa,  rever e celebrar a Missa para seus filhos! 

Compartilhe:

Um testemunho no Mirante Padre Léo

“É  com grande alegria que venho partilhar umas das melhores experiências de minha vida aqui no blog.




Conheci Pe. Léo através desta página, comecei a me interessar por aquele jeitinho mineiro e engraçado. Fui me apaixonando mais e mais pela sua vida, pelas pregações, pelos ensinamentos, que de modo simples toca meu coração.


Hoje sigo os rastros deixados pelas suas palavras e ensinamentos. Tenho Pe. Léo como meu intercessor, meu pai na fé. Ao chegar aos pés desse monumento em construção pude contemplar mais uma beleza de sua história.” ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀


Marcelo Vitor, de Santos Dumont-MG, em visita ao Mirante Padre Léo.


O Mirante Padre Léo, localizado em Cachoeira Paulista, terá uma estátua de 30 metros de padre Léo inaugurada em 05.12, às 14h, com a presença de membros da Comunidade Bethânia, autoridades, amigos, benfeitores. A obra é do artista plástico Gilmar Pinna.  Somos todos convidados! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀


Compartilhe:

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Inaugurada em Cachoeira Paulista estátua em homenagem a padre Léo

Hoje, 05.12.2019, foi o grande dia da inauguração do monumento em homenagem a padre Léo! A estátua, obra do artista plástico Gilmar Pinna, f...