quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Recanto Biguá - Padre Vicente, SCJ




Recanto Biguá



No próximo dia 12 de outubro, nós Comunidade Bethânia estaremos inaugurando o nosso Recanto Biguá em São João Batista. Será, para nossa alegria, um anexo ligado ao Centro Cultural Memorial Pe. Léo feito com todo empenho e capricho, bem do jeitinho do nosso fundador Pe. Léo.


É o que chamamos entre nós de “padrão Bethânia”. Alguns amigos e benfeitores ao se depararem com essa notícia em nosso site, se apressaram em agradecer a Deus o mais novo recanto da Comunidade Bethânia e ainda por cima, no lugar onde o Pe. Léo nasceu. Não. Não. Não. Vamos esclarecer para celebrar. É nosso desejo, como comunidade, estarmos logo, logo, iniciando novos recantos e assim acolhendo mais filhos e filhas. Lembre-se: Deus tem pressa e nossos filhos urgência! Daqui a pouco estaremos em Itapegipe/MG, em Itaperuna/RJ e em Irati/PR. Estamos caminhando decididamente e com firmeza. Obrigado! Tudo graças a sua generosidade. Continue nos ajudando a acolher.


Contudo, o Recanto Biguá será um lugar para despertar os nossos mais belos e melhores sonhos. Um lugar mítico de refúgio que ajude a transbordar a alma humana. Um lugar de acolhimento que deixe estampado a necessidade de proteção que todo ser humano traz em si. Será uma celebração a todas as famílias que lutam na direção de sua restauração. Enfim, um espaço reservado entre nós para o seu desejo de família.


O Recanto Biguá é um local privilegiado onde procuramos reproduzir aquela primeira Bethânia que o Pe. Léo experimentou ainda criança. Aquela, onde ele nasceu e aprendeu as primeiras linhas da lição de ser família e que insistentemente pediu para que vivêssemos em Bethânia. Você que tantas vezes acompanhou e acompanha o Pe. Léo em suas pregações sabe do que estou falando. E o reconhecerá no Recanto Biguá.


Não será, portanto, e nem temos essa preocupação, uma réplica fiel do Biguá daqueles tempos. É claro que procuramos fazer uma pesquisa apurada. Fomos atrás de objetos, materiais, e principalmente de memórias. O nosso Biguá, foi construído com a participação ativa da família do Pe. Léo. Madrinha Nazaré, Célia, Zanete, Ernani, enfim a família toda esteve dedicada em trazer à tona lembranças de um tempo, onde: “A gente se reunia lá na taipa do fogão”. Confesso a você que é difícil estar ali e não se emocionar. Você que conhece o significado de “morar na roça” vai viajar por aqueles tempos tão pobres, tão simples, tão singelos e tão felizes. Como bem escreveu o Pe. Zezinho e que o Pe. Léo repetiu tantas vezes: “Faltava tudo, mas a gente nem ligava. O importante não faltava: o carinho e o olhar”. Que bom trazer vivo na lembrança “o aconchego do meu lar”. Lar é a palavra. O Recanto Biguá fala do nosso desejo interior de ter um lar, uma família “enquanto tantos não a têm”.

O Recanto Biguá diz não de uma família perfeita, mas de um sonho de família. Daquela família onde o amor é a verdadeira razão de todas as coisas. Uma família, onde todos têm os olhos postos no essencial e por isso mesmo Deus ali é fundamental. O Recanto Biguá fala miticamente do nosso lugar de refúgio e aconchego. Aquele desejo que trazemos no mais escondido de nossa alma e que família tão bem materializa.


O Recanto Biguá traduzirá o nosso desejo de famílias restauradas. Famílias que buscam acertar. O Recanto Biguá nos lembrará que não podemos aportar do nosso barco chamado família. A viagem precisa continuar. Não podemos desistir de nossa família. É preciso amar, perdoar, continuar. Até fazer de nossa família um Recanto Biguá. Até fazer de nossa família uma Bethânia! Sonhe conosco. O professor nos lembra que “sonho que se sonha junto, torna-se realidade”. Sonhemos família. Você nos ouvirá repetir à exaustão.



Família, lugar de vida plena!


Eu assino esta idéia! Repita conosco.



Venha conhecer nosso Recanto Biguá! Fique na paz de Deus!



Pe. Vicente,scj

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!