Crack, não! Vida! Tijolo a tijolo! (Padre Vicente, SCJ)

Foto 1: Padre Vicente


Foto 2: Padre Vicente e Dona Nazaré, mãe do Padre Léo


Crack, não! Vida! Tijolo a tijolo!

O Léo insistia: “A vida é uma construção. Não tem jeito. Tem que ser todo dia. Dia a dia. Tijolo a tijolo.”. Era assim que justificava o uso de tijolos à vista em nossas construções em Bethânia.

Hoje, para nós eles se tornaram uma marca poderosa. Além de nos identificar enquanto comunidade pois, em todas as nossas casas e empreendimentos o padrão já está posto, nos ajudam a perceber essa dimensão fundamental da existência. A vida não dá saltos. Nosso caminho de restauração é árduo e construído a cada dia, tijolo a tijolo.

Principalmente nossos filhos e filhas experimentam essa verdade. A restauração é gradual, e porque não dizer, lenta mesmo. Exigente. Obriga o filho a uma energia grandiosa na direção de metas e objetivos definidos. É preciso almejar vida plena, restauração. Deus vai proporcionar força, direção e respostas. Os tijolos, em tons de terra, vão aos poucos indicando a direção e a meta, o jeito e o caminho. Dá para dizer, o nosso método é “tijolo a tijolo”.

O país inteiro se apavora com a escalada do crack. Os jornais falam não apenas em casos de justiça, mas de saúde pública. A sociedade assustada despertou para o casamento perigoso do crack com a violência. A droga é uma mistura destruidora de cloridrato de cocaína (cocaína em pó), bicarbonato de sódio ou amónia e água destilada, que resulta em pequeninos grãos, fumados em cachimbos (improvisados ou não). É mais barato que a cocaína mas, como seu efeito dura muito pouco, acaba sendo usado em maiores quantidades, o que torna o vício muito caro, pois seu consumo passa a ser maior. 

Estimulante seis vezes mais potente que a cocaína, o crack provoca dependência física e leva à morte por sua ação fulminante sobre o sistema nervoso central e cardíaco. Seus efeitos são devastadores. Precisa de apenas 15 segundos para chegar ao cérebro e produzir de imediato forte aceleração dos batimentos cardíacos, aumento da pressão arterial, dilatação das pupilas, suor intenso, tremor muscular e excitação acentuada, sensações de aparente bem-estar, aumento da capacidade física e mental, indiferença à dor e ao cansaço. Mas, se os prazeres físicos e psíquicos chegam rápido com uma pedra de crack, os sintomas da síndrome de abstinência também não demoram a vir. Em 15 minutos, surge de novo a necessidade de inalar a fumaça de outra pedra, caso contrário, chegarão inevitavelmente o desgaste físico, a prostração e a depressão

Em Bethânia, faz tempo que essa realidade salta aos olhos. Olhamos para ela e nos concentramos nos tijolos à vista. Convidamos nossos filhos a começarem a reconstrução. Sem desesperos. Dia a dia. Tijolo a tijolo. Às vezes, me recordo das leituras da minha infância e me lembro do famoso “Mágico de Oz”. Penso naquela garotinha arrastada pelo ciclone e feita órfã numa terra estranha e perigosa. A famosa frase me vem à mente: “Siga a estrada dos tijolos...”. A única diferença é que nesse caso, para os nossos filhos, os tijolos não são “amarelos”, mas “marrons”, como a terra que sustenta a vida no planeta. Mas a fala é a mesma: siga os tijolos. Reconstrua sua vida. Dia a dia. Todo dia. Não é fácil, todavia, possível e necessário.

Agora, alarmado, o Brasil sabe a razão pela qual repito à exaustão: Deus tem pressa e nossos filhos urgência!

Fique na paz de Deus! Estamos juntos!

Pe. Vicente, scj

09.11.2009


Compartilhe:

4 comentários:

  1. Pe.Vicente, tive a oportunidade de conhecer Bethania de Lorena.Obra linda q Pe.Leo começou e o senhor está dando continuidade.Lá há paz,Pe. Leo pensou em td para acolher seus filhos, força no resgate da vida dos seus filhos de Bethânia q qdo vou lá considero meus tb.
    Sua benção
    Zelia

    ResponderExcluir
  2. Padre Vicente continue a obra do saudoso Padre Léo.

    Abraço Dona Nazaré

    ResponderExcluir
  3. favor estou precisando do email do padre vicente,alguem teria?

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Gratidão: 10 anos do Blog Padre Léo Eterno!

Olá, queridos e amados irmãos em Cristo Jesus.  Começamos novembro celebrando uma década de blog. Há 10 anos, em 16 de novembro d...