sábado, 2 de janeiro de 2010

Abraço eterno


Acabei de ver o show do Ministério Adoração e Vida na Canção Nova. Tantas palavras do Walmir Alencar me remeteram ao padre Léo! Esta semana todo meu coração está voltado em oração por padre Léo. Orações de gratidão por tudo que ele foi (e ainda é), pelo seu testemunho, pelas obras que ele deixou, pois nessa semana se completam três anos que ele voltou para o Pai.

O Walmir Alencar falou: 

"Não dê o seu melhor a Deus, dê o seu tudo!"

 E na mesma hora lembrei de padre Léo! É impressionante como padre Léo se desgastou todo pela evangelização. Ele se doou completamente a Deus. Isso só acontece quando alguém de fato tem um encontro verdadeiro com Cristo, quando alguém de fato é amado por Deus, ou melhor, se deixa amar por Deus, e quando alguém de fato se deixa ser inundado por esse amor, por essa misericórdia infinita.

Eu gosto de olhar para a doença do padre Léo como um processo de purificação interior. Ele mesmo falou que teve de passar por isso para se tornar um padre mais santo. 

"O câncer tira tudo da gente. Tira a nossa dignidade. Você perde tudo. Você é um trapo sujo em cima de uma cama, e eu me sujei muito esse ano. Você perde tudo! Você perde o auto domínio, mas sobra a FÉ, essa ninguém tira, nem o encardido tira. Quem tem fé, perde tudo, mas não perdeu nada."

Cada dor, cada quimioterapia, cada furada em seu corpo, cada morfina, estava purificando sua alma, seu coração, como ele mesmo falou: para ser uma padre mais santo! 

Muitas vezes não entendemos como um padre com tanto amor pela evangelização precisou passar por isso, mas ele descobriu o "para quê". Assim como padre Léo,  precisamos enfrentar nossa vida com muito amor, coragem e fé. Foi essa fé do padre Léo que se tornou uma grande ponte, um grande canal que nos leva a Deus. Sua fé foi o rastro que ele deixou para chegarmos a Deus.

Ele uma vez disse: 

"Hoje eu queria convidar você, meu menino e minha menina, que também um dia foi por esses caminhos, coloque o que tem na sua mão na mão de Jesus, mesmo que seja maconha ou cocaína, camisinha ou pílulas anticoncepcionais. Ele transforma isso em Eucaristia. É isso que Jesus faz. A transubstanciação se dá com aquilo que nós somos, com aquilo que nós oferecemos. Muitas vezes não acontece a Eucaristia porque o que você traz para o altar não é seu."

Padre Léo levou para o Altar do Senhor todo o seu câncer, todas as suas dores e limitações, e deixou que Jesus transformasse tudo isso em EUCARISTIA, por isso que mesmo após sua ida ao Pai, ele continua a levar muitas almas para Deus e sendo canal de cura a muitos corações feridos.

Uma das marcas que padre Léo deixou muito clara para nós: O ABRAÇO CURA! Ao ouvir o ministério cantando "Abraço de Pai", só me vinha a mente o ABRAÇO ETERNO entre o padre Léo e Deus. Era o filho que voltava para a fonte do amor infinito. Ele alcançou a glória de Deus porque deu o seu tudo a Deus. E hoje desfruta desse abraço eterno, abraço de amor, abraço de misericórdia.

"E ao me beijar, me acolheu num abraço de Pai."(Walmir Alencar)

Fraternalmente pelo Sagrado Coração de Jesus...
Jonathan Melo - 02/01/2010

6 comentários:

  1. Já perdi a conta de quantas vezes eu assisti essa palestra do padre léo. Mas cada vez que assisto aprendo alguma coisa. So de ler esse comentario de voces fiquei enpressionado de como é interesante as palavras do padre léo. Se paressem como remédio que cura o comportamento da gente.

    ResponderExcluir
  2. http://padreleoeterno.ning.com/profile/MarciadeAraujoBezerradomingo, 3 de janeiro de 2010 12:01:00 BRT

    Realmente Jonathan, uma das marcas que o padre Léo nos deixou foi o ABRAÇO RESTAURADOR.

    O ABRAÇO significa ACOLHIMENTO na vida de Bethânia.(o carisma da comunidade é ACOLHER a cada um como ao próprio Cristo)
    O padre não queria saber nada da vida de um jovem drogado, prostituido que chegasse na comunidade. Primeiro lhe dava um longo ABRAÇO, um abraço restaurador. É o que ainda acontece hoje, porque o ABRAÇO faz parte do processo de restauração de um dependente químico e de todos os que são acolhidos no coração da comunidade, à procura de ajuda.
    Sim, Jonathan o Pai o acolheu num ABRAÇO ETERNO!

    ResponderExcluir
  3. http://padreleoeterno.ning.com/profile/MarciadeAraujoBezerradomingo, 3 de janeiro de 2010 12:26:00 BRT

    Vale a pena lembrar que algumas construções da comunidade Bethânia são em forma de um abraço.
    Padre Léo nos fala em seu livro:''Viver com HIV'',sobre a capela do Espírito Santo (SC):
    ''...Essa capela, idealizada por mim, e transformada em realidade pelas mãos de Juscélia, engenheira civil e diretora geral do patrimônio de Bethânia, foi construída no formato de um abraço, pois no Coração de Jesus Deus abraça a humanidade inteira''.

    ResponderExcluir
  4. Quando vi esse abraço que o Monsenhor Jonas deu ao Padre Leo, senti uma emoção tão grande!!! Foi lindo demais.... sem palavras...

    ResponderExcluir
  5. A PAZ DE JESUS E O AMOR DE MARIA!

    PARABÉNS Padre Léo pelo seu carisma, pelas suas obras que nos deixou e nos henriquece muito.

    Padre Léo espere por nós no céu. "Monsenhor Jonas Abib".

    DEUS abençõe

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!