A certeza do amor de Deus

04.01.2010

“Quanto mais difícil a situação, maior será a certeza do amor de Deus.”

 Pe. Léo, scj – Segredos para cura interior – página 38




Dia 04.01, data marcante para nós que tivemos a graça de conhecer um dos homens mais fantásticos dos últimos tempos! É uma data que para muitos representa amor, para outros, saudade, para alguns, tristeza (infelizmente), mas para mim é uma data que representa a vitória e a certeza do amor de Deus em nossas vidas.

Há três anos o nosso querido padre Léo voltou para os braços da fonte de infinita misericórdia. E ainda hoje podemos nos perguntar (e eu acredito que se nós ainda nos perguntamos isso, essa é uma pergunta do encardido querendo nos tirar a graça da Ressurreição): por que padre Léo teve de ir tão cedo? 

E lembro que o Dr. Roque Savioli se questionou:

 “O que será que tudo o que está acontecendo com padre Léo ocasionará naqueles que o amam e o conhecem, naqueles que convivem com ele, ou naqueles que irão conhecê-lo por ocasião dessa doença? Ou em mim, que deverei acompanhá-lo passo a passo durante sua doença como seu médico pessoal?"

De um ano para cá tive a graça de conhecer melhor esse homem de Deus. Ele tem me providenciado um material imenso sobre padre Léo. Isso tem transformado minha vida. Tive a graça também de ler o livro do Dr. Roque. Muitos me falavam que o livro do Dr. Roque era muito bonito, mas também muito triste. Nunca acompanhei alguém com câncer, então eu não “senti” o que essas pessoas sentem, bem como seus familiares. Ao ler o livro, fiquei extasiado, boquiaberto em como Deus é fiel, como Deus ama, como Deus cuida! Que graça foi a coragem, a fé, a força e a tranquilidade que padre Léo teve ao longo do tratamento.

Não tive como enxergar ali toda a parte humana e triste (o tratamento).  Vi isso sim, mas a graça de Deus era tão maior, tão imensa, que o câncer do padre Léo nada mais era do que uma “pequena gota derramada no mar da imensidão do amor e da misericórdia de Deus”. Foi isso que enxerguei ao longo do livro. 

Por várias vezes me emocionei, e quero confessar como somos pequenos, frágeis, fracos e muitas vezes fazemos questão de “anular” o sacrifício de Cristo na Cruz.

Nós anulamos o sacrifício de Cristo todos os dias quando não tomamos posse do que esse sacrifício nos trouxe. E isso acontece quando não nos amamos, quando damos brecha ao encardido, quando não lutamos pelo nosso melhor, quando não damos o nosso melhor para o outro, quando nos enchemos de ressentimentos, mágoas, tristezas. E também quando não perdoamos, quando não damos o nosso amor, não assumimos nossa missão, não servimos, não buscamos a Deus e inventamos mil desculpas para não vivermos a nossa vida como deveríamos.

Em todo o livro do Dr. Roque, e pelas pregações e livros do padre Léo que tenho tido a graça de ler, comprovo que, assim como Cristo, ele “pegou, ergueu e bebeu o cálice” de sua vida. Ele tomou a sua cruz e atravessou o caminho do calvário.

Hoje é uma data onde celebramos a certeza do amor de Deus, pois hoje aquele santo de nossos dias está lá ao lado do Pai gozando do cumprimento de todas as promessas que o Pai nos fez.

Para aqueles que ainda possam ter alguma tristeza no dia de hoje, digo: que  as lágrimas da saudade possam rolar de nossos olhos! As lágrimas da certeza do amor amado, do amor doado, do amor que acolheu, do amor que sofreu junto, do amor que nem a pior das dores foi capaz de apagar, que essas lágrimas possam cair de nossos olhos. Lágrimas de quem ama. Lágrimas de alguém que soube amar.

Para finalizar, o próprio padre Léo nos falou:

"Talvez eu morra hoje, amanhã, daqui a um ano, isso pouco importa. O que interessa é que por onde eu passar eu tenho que deixar um rastro de Deus para que quem vier atrás ache esse caminho. É isso que dá sentido à vida!" 

“Hoje tome essa decisão de não voltar atrás! Não dá mais pra voltar para mentira. Não dá mais para voltar pro ódio. Não dá mais para voltar pro desamor. Não dá mais para voltar para as trevas que a liberdade errada que virou libertinagem tem nos conduzido. Hoje, Senhor, nós queremos mais uma vez acolhê-lo no nosso coração com esse compromisso de nunca mais voltar.” 

Hosana! Vitória de Deus! Tomem posse da graça da ressurreição, da cura interior. Creiam que padre Léo intercede por nós.  

Abraço fraterno pelo Sagrado Coração de Jesus.

Jonathan Melo - 04.01.2010
Compartilhe:

7 comentários:

  1. PAI SANTO, PAI QUERIDO PAI AMADO ...MEU SENHOR E MEU DEUS EIS TEU FILHO AMADO SANTIFICADO EM TEUS BRAÇOS E NÓS CÁ NA TERRA PEDIMOS QUE NOS ABENÇOE.. QUE TODO CÉU FAÇAM UM LINDO CORO COM TODOS OS ANJOS E SANTOS EM HOMENAGEM Á CHEGADA DE 4 ANOS DE PE. LÉO AI COM TODA MELÍCIA SELESTE..AMÉM

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia Pe Leo. Em dezembro de 2009 assisti a pregação Como bambus no Getsinamem e depois disso comecei a comprar dvds, cds de palestras e livros do Pe Leo, ficando assim apaixonada pelas suas pregações e palavras.Até que pesquisando na internet a vida do Pe Leo, descobri esse blog e acabei me cadastrando.Diariamente acesso meu email só para ler as novidades que são enviadas para mim.Este blog é maravilhoso!Obrigada.Deus os abençoe sempre.

    ResponderExcluir
  3. Jonathan,
    Obrigada por essa aula de cura interior.
    Você nem imagina o quanto eu estava precisando dela hoje.
    Deus continue te abençoando.
    Márcia

    ResponderExcluir
  4. Padre léo tinha um Dom mto especial, atraves de suas palavras sentiamos o amor de Deus por nos!

    ResponderExcluir
  5. Muito linda esa reflexão, e única certeza que tenho é a que mesmo com o coração cheio de saudades da sua presença física reconheço que ele realmente ñ era desse mundo, ficou o temp que Jesus quis justamente para fazer o que fez e deixar a obra, ensinou a muito como se faz para realmente ser Filhos do céu como ele foi sempre.
    Hoje as saudades quando vem ao meu coração, eu lembro que ele está no Pai, e que de lá ele pode fazer muito mais por nós, sabem pq? Pq ele com certeza já é santo, e devemos pedir a sua intercessão sempre.
    No mais eu creio piamente em tudo, o Pai o quis perto dele pq esse mundo já ñ era pra ele por isso ele ñ nos atendeu em milhares de orações.
    Deus nos abençoe pela intercessão do nosso Santo Pe.Léo.

    ResponderExcluir
  6. Jon sua colocação foi perfeita em tudo. Quase nem temos mais o que falar, obrigada por vc ser essa pessoa especial que entendeu as mensagens do "nosso padre amado" esse homem que com seu jeito irreverente de ser nos levou a conhecer a Palavra de Deus de um modo especialíssimo que ele sabia bem fazer, me lembro bem da explicação dele (eu estava lá) da mulher hemorrágica, nossa, até hoje fico extasiada com tanta sabedoria desse homem.
    Jon, parabéns pelo trabalho belíssimo que vc, Robim e Coalinha fazem para manter vivo a memória dele.
    Paz, bençãos e unção a todos vcs.

    ResponderExcluir
  7. Padre com o Dom de nos transmitir a palavra de forma a entender de maneira fácil.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Assista a pregação "Jovens Restaurados", de Padre Léo

Assista a pregação "Jovens Restaurados", de Padre Léo