sábado, 27 de fevereiro de 2010

Padre Léo - Um exemplo para seguir




Padre Léo Tarcísio Gonçalves Pereira

Publicado originalmente em 06/01/2007, às 14h56min
.
Escrevi dois poemas; um fazendo uma homenagem a Pe. Léo, outro falando de um trabalho maravilhoso realizado por ele através da fundação de Bethânia – uma casa de acolhimento e tratamento de pessoas com problemas com álcool e outras drogas, bem como atendimento a portadores de HIV abandonados. Uma comunidade de amor e de resgate. Bethânia é mais que uma casa de tratamento para dependentes químicos. É uma casa de Amor.
Pe Léo, sem duvida, foi e é um modelo tanto de amor, modelo de amor concreto, com seu trabalho junto a estes excluídos, é um modelo do que Deus pode realizar em nossa vida. Um sacerdote que, além deste maravilhoso trabalho social, um homem dotado do dom da palavra e da Sabedoria Divina.
Um sacerdote que, com suas palestras autênticas e com um linguajar dos jovens, conseguia atrair a atenção fazendo a diferença em suas pregações. Um homem que conhecia a realidade do dia a dia. Desta forma, suas homilias conseguiam despertar - e ao mesmo tempo prender - a atenção de todos. Uma maneira irreverente de pregar usando todas as informações do cotidiano e descontraidamente que o longo tempo de suas pregações ou palestras não era desapercebido. Um sacerdote completamente atualizado, tanto do pensamento da Igreja, quanto da realidade do mundo.

Padre Léo, homem simples do interior do sul de Minas, origem pobre que, mesmo desde cedo já acendido pela vocação de ser padre, passou pelos experimentos da vida, saboreou do manjares do mundo o qual lhe proporcionou o conhecimento da realidade humana, dos anseios da carne e do homem enquanto humano e carente. Tudo isto contribuiu para ser um grande pregador sensível ao sofrimento humano e os percalços que levam as pessoas buscar através das drogas um anestésico ou fuga de problemas. Um homem que conheceu de fato a ânsia que existe no homem pela busca ou necessidade da presença de Deus.
Padre Léo, um sacerdote que se reconhecia como um pecador maior – mesmo não o sendo. Sempre se colocava como exemplo de pessoa que precisava de conversão. Sempre se colocava como o último dos homens, não por vaidade, mas por sentir e conhecer a limitação humana, e desta forma ele enxergava como ninguém a presença de Deus Vivo no irmão. Este era o grande segredo de suas belas pregações e vida de serviço.

Enfim, padre Léo é sem duvida o inspirador de muitos que hoje atuam nos trabalhos sociais,principalmente no atendimento aos excluídos, como dependentes químicos e portadores do HIV. É inspirador não só como estimulador para o desenvolvimento dos homens para tais ações sociais, mas alimento espiritual para continuar o trabalho sem perder o rumo frente à missão.

Tudo que se escrever ainda é pouco diante este homem, este sacerdote que fez de sua vida um serviço. Que proporcionou aos cristãos católicos uma riqueza evangélica pela sua vida de oração, de comunidade, de evangelização.

Quero aqui deixar o convite de leitura dos poemas dedicados a este sacerdote que Deus nos presenteou:
.
Tributo a Padre Léo:
.
Uma casa, um lar:
.

5 comentários:

  1. Adorei o texto, agora vou conferir os poemas!!! Abraçãooooo

    ResponderExcluir
  2. Numa de minhas meditações, cheguei à conclusão que o único jeito de acreditarmos em Deus é quando a gente acredita em homens que acreditam em Deus. E Padre Léo foi um desses homens. Um homem que vale a pena seguir. A gente se mistura com ele. Fica contente e se identifica com qual quer assunto proclamado por ele. Um homem verdadeiramente de Deus. Despojou-se completamente pelo reino, sabendo que daqui não nada levaria. De fato foi assim que aconteceu. Obrigado Padre Léo por você existir. Um homem que faz a gente se aceitar e segui-lo no caminho que leva a Deus. Um homem que faz a gente acreditar em Deus. Se aceitando como pecador!

    ResponderExcluir
  3. OTIMO . ADOREI O TEXTO QUE VOCÊ ESCREVEU SOBRE O PADRE LEO ESTE ENVIADO DE DEUS , QUE DEUS A TENHA EM SUA FACE POIS ELE NOS DEIXA UMA GRANDE SAUDADE. mariabelmiro@01hotmail.com.

    ResponderExcluir
  4. O escritor Ataíde Lemos é um poeta fabuloso, sua linguagem simples toca o coração da gente. Escreveu com muita propriedade sobre o saudoso pe. Léo porque conhece o seu trabalho e a Comunidade Bethânia. E também porque está engajado na questão da Dependência Química.
    É preciso que os jovens leiam seus inúmeros artigos à respeito das drogas.
    Obrigada Ataíde por falar de um sacerdote que doou sua vida para resgatar muitas vidas.

    ResponderExcluir
  5. Agora que encontrei esta pagina visitando o site de busca do gooogle, fiquei muito feliz em ver inserido nele está minha singela homenagem a este Santo que fez de sua vida uma fonte de vida para todos que buscam encontrar o sentido dela, abraços
    Ataíde Lemos

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!