Olhar com simplicidade

Boa noite irmãos amados de Deus!!! Que a paz do Cristo Ressuscitado esteja com todos vocês!!!

Esta semana estive pensando nisso. Como eu tenho olhado para as coisas? Para os problemas? Para as pessoas? Já adianto que a forma como nós olhamos para tudo isso isso já é uma forma deturpada da realidade.

Fomos criados pelo Amor, gerados em amor, criados para amar. Mas nos desviamos dessa essência natural após o pecado original. Mesmo nascendo pelo Espírito continuamos a ver as coisas como elas não são, ver as pessoas como elas não são, aliás elas são apenas um reflexo de como nós a vemos ou queremos ver.

Vejam as crianças, como elas são sinceras, são fiéis a própria natureza. A medida que vamos crescendo, vamos nos entupindo de magoas, ressentimentos, condinionamentos, pois quando crianças somos educados a reprimir nossas emoções, sentimentos.


O resultado disso é catastrófico, como poderemos perceber as coisas como elas são se estamos condicionados a ver o mundo exterior, conforme nosso mundo interior e esse mundo interior, está repleto de feridas, de mágoas?

Jesus sempre nos falou que se quiséssemos entrar no céu, que nós deveríamos ser como as crianças. Isso não é que tenhamos que ser infantis, mas pelo contrário, sermos crianças na simplicidade, na inocência de coração, elas não enxergam malícia nas pessoas, não são "armadas" contra as pessoas.

E é isso que precisamos aprender delas e de Jesus. Olhar as pessoas com simplicidade! Sem receios, sem medos de sermos rejeitados, olhar para o coração delas, olhar com o coração. Até os problemas como se não bastassem eles serem problemas por natureza, nós ainda pioramos, pois dificultamos ainda mais, olhamos com muitas barreiras, "olhamos com a lente do encardido".

Precisamos reciclar a nossa forma de ver o mundo. Curar o nosso coração, nossa visão, nossos ouvidos, precisamos disso com urgência. Precisamos aprender a olhar as pessoas como Jesus olhou para Madalena, Ele não enxergou uma pecadora ali, ele enxergou um coração sedento por amor verdadeiro.

Precisamos olhar para as pessoas que nos machucaram da mesma forma como Jesus olhou para Judas, para Pedro... sem mágoas, nem ressentimentos. E só conseguiremos isso através do Perdão.

Padre Léo é muito enfático, que sem perdão não há cura interior. É impossível, ele fala! "Perdão é decisão", ele frisa muito em cima disso. Não só o perdão é decisão como também o amor! Precisamos querer, desejar isso com todo nosso coração, pois a nossa cura passa por esse querer, por essa decisão.

Então meus irmãos fica essa reflexão para todos nós pensarmos com carinho em todas as áreas de nossas vidas, para sabermos como estamos olhando para as pessoas, como estamos encarando os problemas...

Será que o nosso olhar está refletindo o olhar de Jesus, será que é um olhar de amor, de acolhimento? Será que o nosso olhar está sendo um olhar com o "carimbo do Alto"?

Que hoje nós possamos nos entregar nas mãos de Deus, nos abandonar Nele e pedir que Ele nos dê a força e a coragem de ousarmos na nossa forma de olhar para nossos irmãos. Que tenhamos a coragem de perdoar e de amar, mesmo nas piores situações.

Será que estamos olhando para as pessoas com o olhar de "Paixão de Cristo" ou de "Ressurreição"?

Clique na imagem para ampliar

Abraço fraterno...

Jonathan Melo 06.05.2010
Compartilhe:

2 comentários:

  1. Jonathan, você nos faz algumas perguntas que precisamos responder. Precisamos ter o olhar de Jesus! Jesus olha além de... Além de nossos pecados, além de nossas fraquezas, além de nosso egoísmo, além dos nossos preconceitos...
    Jesus olhou para Madalena além de seus pecados, pois olhou o seu coração, o seu interior.
    Que o Senhor nos dê a graça de olharmos para o irmão com o mesmo olhar de Jesus.

    ResponderExcluir
  2. Quem assistiu ao filme ''Paixão de Cristo'' de Mel Gibson, pode perceber o olhar de Jesus quando se dirigia à sua mãe. Que profundidade tinha aquele olhar! Ele falava com Maria pelo olhar. E sua mãe entendia toda a sua agonia.
    Assim é o olhar de Jesus quando olha para nós. O olhar misericordioso de Jesus está nos esquadrinhando, vê toda a nossa fragilidade, e nos perdoa.
    Assim como diz o texto, precisamos pedir ao Senhor força e coragem para transmitir o amor de Jesus através de nosso olhar. Um olhar de ''ressurreição''.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Gratidão: 10 anos do Blog Padre Léo Eterno!

Olá, queridos e amados irmãos em Cristo Jesus.  Começamos novembro celebrando uma década de blog. Há 10 anos, em 16 de novembro d...