sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Jovem, não fuja de sua vocação!

''Eis que habitavas dentro de mim e eu te procuravas do lado de fora''! (Santo Agostinho).

O jovem Léo Tarcísio sonhava com uma carreira brilhante, muito inteligente na escola, sempre insatisfeito com tudo, questionava tudo. Algumas vezes acordava feliz com a vida e, outras sentia-se cansado desta vida.

Aquele jovem inquieto, revolucionário, trabalhava, estudava, ia a Igreja, participava do grupo de oração, porém, para preencher o vazio de seu coração buscava respostas nas drogas. Entre o prazer da maconha e as lágrimas do arrependimento, o Espírito Santo agiu na vida dele.

**''Eu procurei Deus em todo lugar e só no silêncio eu pude encontrar...E Deus me falou que eu era escolhido para mostrar o reino ao povo oprimido. O silêncio falou ao meu coração que devo viver para servir os irmãos''.

Depois do encontro pessoal com Jesus, o jovem sentia uma força que o impulsionava. Ele tinha que viver sua vocação. Algo incansável dentro dele fazia com que não parasse nos obstáculos do mundo. Começou, então a evangelizar os jovens. Começou a usar os seus dons para a finalidade de uma vida com Deus.

**''Entreguei-me totalmente, abri meu ser, minha mente. Abrindo meu coração descobri a vocação''

Desejoso de amar e servir a Deus e aos irmãos, foi caminhando e cantando a vida. A sua conversão se deu passo a passo, todos os dias, todo instante.

E ''depois disso, farei surgir um sacerdote fiel, que agirá segundo o meu coração e a minha vontade, diz o Senhor''. ( I Sm 2,35 )

** do livro: ''Rastros de Deus'' pe. Léo SCJ








2 comentários:

  1. Márcia linda citação vc nos trouxe. Deus habita em nos desde que recebemos o Batismo, porem deixamos-o escondido com receio e muitas vezes vergonha de deixar vir a tona seu amor. Padre Leo descobriu o dom que Deus lhe tinha dado, o vicio que tanto ocupava seu coração agora era vicio de Deus de ajudar as pessoas, de evangelizar!E o deixou-se conduzir, hoje esta ao lado do Pai, porem deixou Rastros para que nos tambem o sigamos.
    Diante disso quando conseguiremos nos libertar desse receio que nos aflinge, quando nos entregaremos de corpo e alma para Deus?

    ResponderExcluir
  2. Bruno, eu tento mostrar que a vida de tantos jovens, como você se identifica com a vida do jovem Léo. Chamado a viver sua vocação vivia em conflito consigo mesmo, vivia procurando satisfazer as suas paixões do mundo. O medo que o cercava impedia de avançar para a vida nova que Deus havia lhe prometido.
    Tudo mudou quando teve uma profunda experiência com Jesus. Foi tão forte que não quis mais sair de perto Dele, precisava daquela paz.
    Dizia Sto Agostinho:''...inquieto está o nosso coração, enquanto não repousar em Deus''.Liberte-se desse medo e entregue seu coração a Jesus e terá a paz que precisa.
    A paz do Senhor!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!