quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Porque é tão difícil mudar?

Um dos maiores empercilhos para uma mudança em nossa vida, é a resistencia na mudança. Por razões talvez inconscientes, nós sabotamos a mudança que tanto almejamos. E por que isso acontece? Meus irmãos uma das prováveis respostas a essa pergunta é o MEDO. O medo é um dos maiores vilões que sabotam a nossa mudança.

Medo de não fazer certo, medo de machucar o outro, medo de se machucar novamente, medo de não ser bom o suficiente, medo de ser rejeitado, medo... medo... medo... e medo até de ter medo, por isso muitas vezes ficamos paralisados. É porque nós temos o costume de criar uma zona de conforto. O que seria isso? Zona de conforto é criar um muro, ou uma cerca ao redor de nós para que essa vida que nós vivemos não seja alterada. E isso inclui tanto para as mudanças boas, quanto as ruins.

Eu tenho falado nisso com base na minha experiência de vida, mas também porque na útlima semana vi e
vivenciei muitos amigos partilharem dificuldades pessoais. Eu fiquei refletindo sobre tudo que foi partilhado e percebi que nós mesmos é quem sabotamos essa mudança, pelos diversos medos que trazemos dentro de nós. Medos enraizados lá na primeira infância, na adolescência, medo do presente que vivemos, medo até do futuro, medos que não existem, medos criados em nossas mentes e muitas vezes sem fundamento.

Para fazer acontecer uma mudança significativa em nossas vidas, precisamos diagnosticar aquilo que está bloqueando as nossas capacidades. Após isso precisamos nos INUNDAR DE DETERMINAÇÃO, de fé, de coragem. Porque não basta apenas querer, uma vontadezinha não nos leva a frente, precisamos crer naquilo, reafirmar aquilo em todo o momento principalmente nos piores momentos.

Quando estamos em meio a mudança, muitos pensamentos e comportamentos antigos poderão querer voltar, é preciso ser firme no nosso propósito, errou? Levanta e recomeça, sempre em frente. E as angústias que sentimos em meios as mudanças, são reflexos da mudança, são os padrões antigos de pensamentos, são os antigos comportamentos querendo vir a tona, mas precisamos sepultá-los. Pois o nosso cérebro vai querer repetir o comportamento antigo e não podemos permitir.

Podem perceber que maior parte de nossos medos não tem conexão com a realidade, só existem em nossa mente. E é incrível como continuamos a dar força a eles, esquecendo a imensa capacidade que temos.

Essa daqui muito mais do que uma partilha é um pedido para que você crie a coragem de fazer a mudança na sua vida. Seja ousado na fé, as vezes esquecemos e achamos que caminhamos só. Deus caminha conosco. Jesus se fez homem, o Verbo se fez carne e habitou entre nós, Deus é um Deus humano que sofre junto conosco, sente junto conosco, vive conosco, precisamos tomar posse dessa presença dele em nossas vidas.

Não podemos mais ser reféns dos medos, pelo contrário vamos mostrar a eles a imensa potência que nós somos. "Davi era pequeno, um jovem pequenininho e mesmo assim avançou para cima do gigante Golias", é essa mesma coragem, essa mesma determinação que precisamos ter. O problema é que muitas vezes nós não somos inundados de determinação, somos inundados de vários sentimentos ruins.

Precisamos enfrentar os Golias de nossas vidas, "porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação. [2 Timóteo 1, 7.]" Não iremos só, Deus vai conosco, vai a nossa frente, mas para a mudança acontecer nós precisamos ser ousados, precisamos por os pés na água e lançar a rede, senão a pescaria não acontece. E você até quando irá continuar fugindo dos Golias?

clique na imagem para ampliar

Abraço fraterno...
Jonathan Melo 19.08.2010

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!