domingo, 5 de setembro de 2010

Orando e aprofundando a cura interior

35ª Semana

Mt 4,1-11:

Se o próprio Cristo, Filho de Deus e Senhor do mundo, foi tentado, é claro que todos nós também haveremos de passar pela tentação. Os quatro evangelistas nos apresentam esse episódio da tentação de Jesus (Mc 1,9ss; Lc 3,21ss; Jo 1, 31-34) e com ele precisamos aprender duas coisas fundamentais:

É preciso resistir ao Inimigo, ele é o pai da mentira; e nossa força para resistir a ele é o conhecimento e a fidelidade à Palavra de Deus. A Tríplice dimensão da tentação de Jesus evidencia também os três grandes ídolos do mundo moderno: o ter, o poder, e o prazer.

A obediência a esses ídolos é a fonte e a causa de todos os nossos pecados. Jesus nos mostra que para obedecer a Deus é necessário desobedecermos efetiva e veementemente ao Maligno. Ele sempre se apresenta como solução imediata para os nossos problemas.

Ele sempre vem ao encontro de nossa sede de poder e nossa fome de bens materiais. Está sempre pronto a satisfazer nossos desejos e caprichos, está sempre em sintonia com nossa autossuficiencia. Para vencê-lo é preciso viver na Palavra, isto, é obedecer a Deus, e somente a Deus, custe o que custar. Então, ele se afasta de nós e, pela fidelidade, Deus vem nos consolar.

Padre Léo

Um comentário:

  1. O ritual tem que ter, sempre vai existir, mas como reagir vai sempre depender de mim! O Padre Léo sempre disse que Jesus age no individual e nunca no comunitário. Para se livrar do mal, sempre vai depender do meu sim ou do meu não. Pro encardido não importa nada disso, o que ele quer é embolsar todo mundo, enganar todo mundo... Devemos estar atento, vivendo a palavra de Deus, para não ser enganado por ele.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!