Acolher, amar e acreditar!

Olá meus irmãos! Que o abraço de Jesus os acolha com muito amor!

Hoje meu coração quer partilhar algo que fiquei a pensar quando estava vendo o dvd: "Corações ao alto". E acredito que foi o Douglas [se não foi ele, foi o Pe Vicente], que falou que o Padre Léo acolhia as pessoas, acreditava nelas, e assim como Jesus não ficava olhando para o passado delas.

Essas palavras ganharam vida em meu coração. Outro dia eu estava conversando com o Robim e com a Márcia Alencar, e dizendo para eles que estava assustado [no bom sentido da palavra], com o carinho e o amor que tenho recebido das pessoas e estava me perguntando o que eu fazia que causava esse amor, carinho e gratidão nas pessoas...

E a primeira coisa que me veio a mente foi: ACOLHIMENTO! Isso foi uma das coisas que mais procurei trazer como hábito diário quando fui conhecendo o carisma de Bethânia. Quando você acolhe as pessoas com o seu coração, elas se sentem amadas.


E até na conversa eu falei que nossa maior missão com o Blog é: acolher e amar, independente de textos, palestras, montagens do Padre Léo, mas sim amar com o amor de Cristo... Precisamos ser essa Bethânia virtual que vai aos corações das pessoas para acolhê-las e amá-las.

Quem chega a Bethânia a primeira coisa que recebe é o acolhimento na forma de um abraço caloroso. É isso que nós precisamos trazer para nossos dias, não como obrigação de cristão, mas como um hábito, isso precisa ser espontâneo, se não for de coração, ao invés de ajudar, piora.

Precisamos aprender a acolher as pessoas, sobretudo aquelas que necessitam de amor, e não sabem como pedir, pedem na forma de grosserias, de ressentimentos, de raivas... essas precisam ser abraçadas com todo o nosso amor, se não conseguimos abraçá-las ainda, é porque ainda não estamos ligados a Cristo em espírito e em verdade.

Após o acolhimento, vem a pedra fundamental do relacionamento humano: O AMOR! Sem amor nós não somos nada, fomos sonhados pelo Amor, criador pelo Amor, gerados com Amor. Mesmo que muitas pessoas não sejam responsáveis na hora de trazerem um filho ao mundo, eu posso afirmar isso, pois a Bíblia diz: "Deus teceu-me no seio de minha mãe!" Então Deus nos amou mesmo antes de entrarmos no seio de nossa mãe, e quando estávamos lá, ele foi nos tecendo em cada milímetro com muito amor, com todo seu amor!

O amor é a chave para a felicidade, São Paulo nos diz: "Sem amor eu nada seria". É essa verdade que precisamos trazer para os nossos dias. Ao invés de ficarmos perdendo tempo alimentando os nosso orgulhos, nossas autosuficiências, precisamos rasgar o coração na presença do Senhor e simplesmente amá-lo, nos deixar amar por Ele, deixar que Ele nos inunde com seu amor, para que possamos amar os nossos irmãos de forma sincera, "o amor é fruto de amor", então se semearmos amor num coração ferido e machucado, colheremos o que? Nós colhemos o que semeamos...

Quando nós acolhemos alguém nós nos unimos a essa pessoa. Quando nós amamos alguém nós "geralmente" damos o nosso melhor para essa pessoa, com exceção aos vários casos que quando amamos as pessoas ao invés de dar o amor sincero, nós o damos de forma oposta, através de brigas, de rancor, com violência, como já diz o Pe Fábio de Melo: "E o ódio é uma forma tão estranha de amar." Então meus irmãos, quando amamos alguém nós acreditamos nessa pessoa.

Acreditar em alguém é depositar toda nossa fé nessa pessoa. Seria incoerência de nossa parte acolher, amar e não acreditar, se amamos nós acreditamos. E porque muitas vezes amamos as pessoas, mas continuamos a fazer jogos com elas? Continuamos a querer vê-las naquela mesma situação? Ou queremos continuar deixando elas serem dependentes de nosso amor ao invés de lhe darmos a liberdade, pois quem ama, ama na liberdade, amor é liberdade.

E acredito que o segredo que faz Bethânia recuperar muitos corações feridos e machucados, está na união dessas atitudes concretas, parece até ser redundante dizer: "atitudes concretas", mas não foi acaso que eu usei elas. Oração é uma atitude, mas infelizmente muitas vezes ficamos mais nessa atitude orante, quando na verdade as pessoas precisam é de um ouvido que as ouça, um coração acolhedor que não julga nem condena, precisam de um abraço, de um sorriso, por isso falei em atitude concreta, pois essa é o reflexo de um coração que está em oração, de um coração que deseja amar, que tem sede de amar...

E para finalizar essa postagem eu vou escolher o silêncio de minhas palavras expressadas através de uma montagem:

clique na imagem para ampliar

Abraço fraterno, acolham, amem e acreditem!!!

Jonathan Melo 04.11.2010
Compartilhe:

2 comentários:

  1. Tudo o que vem do Padre Leo é tão contagiante que, na maioria das vezes, eu choro. Minhas lágrimas são de emoção e talvez de libertação sem contar a saudade que sinto dele.

    ResponderExcluir
  2. Em Bethania exercitamos o ato de acolher e amar Jesus na pessoa de cada filho e filha.
    Que o carisma de Bethania seja conhecido e vivido em cada familia
    um grande abraço em todos que acreditam nesta obra

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Gratidão: 10 anos do Blog Padre Léo Eterno!

Olá, queridos e amados irmãos em Cristo Jesus.  Começamos novembro celebrando uma década de blog. Há 10 anos, em 16 de novembro d...