Carta para Deus!

Olá Deus bom dia! Que dia lindo hoje e eu vim mais uma vez te agradecer. Hoje é o Dia do Senhor, dia muito especial para te adorar, agradecer e louvar, e hoje mais do que nunca tenho muito a te agradecer...

Há 5 anos, naquela noite escura, onde eu ainda deitado em minha cama num misto de emoções por ter começado a trabalhar naquele 7 de novembro de 2005 numa livraria católica. Algo estava estranho naquela noite...

Uma correria imensa dentro de casa, minha mãe estava tendo um grave enfarte e um edema pulmonar agudo. É difícil relembrar esses fatos e sentir novamente as mesmas sensações.

Naquele hospital frio, deixávamos minha mãe sem entender o que estava ocorrendo, e a frase de minha irmã não saia da minha mente: "Jonathan ela estava fumando, e depois ligou o ventilador bem na cara, ela não conseguia respirar".

O que estava acontecendo? A pessoa que mais amava na minha vida, o meu tudo, estava toda entubada, teve sua roupa rasgada devido a urgência, e na minha mão estava sua blusa. Aquela blusa era meu único alento naquele momento. Era a blusa que ela mais gostava, eu fiquei com essa blusa, foi a forma que encontrei de ter minha mãe junto de mim, mesmo estando lá naquele hospital.


E em minutos a médica de plantão nos diz: "O estado de sua mãe é muito grave, ela está em coma induzido e passaremos a noite fazendo exames nela. O caso dela é muito complicado."

Fiquei sem chão... o que fazer Deus? Como rezar com a mente tão cheia de medos e pensamentos ruins? Será que mesmo assim você iria atender minha oração? Ao voltar para casa, nada mais me importava, e eu só queria estar na cama de minha mãe, sentir o cheiro dela que ficou lá... e acabei por ter uma enorme febre emocional. Acordei as 7h00 com o telefone da cardiologista dela, Dra Tereza (uma santa médica, uma mulher que sempre rezo por ela e toda nossa família tem imensa gratidão e amor por ela, principalmente minha mãe.), e ela me reafirmou tudo aquilo que a médica de plantão nos falou de madrugada.

E a coisa que mais temia Deus, eu não sei como, mas consegui perguntar: Dra minha mãe corre risco de morte? E com a mesma dificuldade em perguntar, foi também a de ouvir: "Corre sim Jonathan! O caso dela é realmente muito complicado, mas ela está com uma equpe muito qualificada que está fazendo o melhor, é ter fé e confiar, mas ela corre risco sim, pois é muito complicado e grave".

Não tem como esquecer daquele momento em que eu só conseguia sentar no chão do banheiro e apenas chorar. Naquela imensa tristeza, eu não conseguia Te sentir ali comigo, parecia que o mundo não existia, só existia aquele chão de banheiro... E eu só conseguia te pedir para cuidar de minha mãe e não levá-la, pedia também para que se pudesse, eu gostaria de trocar de lugar com ela... mas eu nem tinha noção da realidade, só sabia que a única pessoa que podia me acolher e ouvir era Tu, e só o Senhor poderia ajudar minha mãe através da equipe médica...

Não consegui ir trabalhar, avisei ao meu patrão, ele me compreendeu e me apoiou. As primeiras visitas e ver minha mãe em coma, sem reação. Cadê aquele sorriso? Aquela alegria? Só nos restava estar em oração e confiar em Ti. Como segurar a emoção dentro da UTI? E onde Tu estavas que não conseguia te sentir? Três ou quatro dias na mesma situação, nada evoluía.

Lembro até do momento em que saí da UTI, peguei minha bicicleta, sentei na praia, e transformei todos os meus medos em oração, ali eu ao menos lhe via naquele horizonte, naquele céu lindo. Fui ao encontro do meu amigo-irmão Ivanildo e ele disse: "Você está sem um pingo de sangue, estou vendo a hora de você partir e sua mãe ficar, se cuide, sua mãe precisa de você bem..." como eu podia ficar bem? Não era justo eu ter meu pulmão intacto, bom, perfeito e minha mãe numa cama de hospital respirando com aparelhos...

Sempre em orações eu e minha família íamos vivendo ou talvez tentando viver. Onde minha familia andava, era imenso o carinho que recebíamos, nunca vi tanta gente perguntar pela minha mãe, relatos que recebemos de pessoas que não acreditavam no que estava acontecendo, e justo com minha mãe, uma pessoa tão cheia de amor, cheia de vida que durante maior parte de sua vida, quando trabalhava no hospital ela ajudou várias pessoas... Como podia minha mãe, uma mulher tão forte, estar numa situação daquela? Será que Deus ía levar minha mãe sem me dar ao menos tempo de dizer o quanto eu a amava? Ela sabia disso, mas eu queria dizer de novo...

É incrível como vivemos nossas vidas achando que as pessoas sempre sabe o que sentimos, como se tivesse estampado em nossas testas, ocultamos, escondemos nossos sentimentos e depois nos arrependemos de não ter expressado eles quando deveríamos. Essa situação mecheu com todo meu ser, todas as minhas questãos, era uma nova fecundação, uma nova vida estava por nascer dentro do meu coração.

Eu sabia Deus que isso não era uma injustiça, ela fumou muito tempo em sua vida. Pedíamos para ela parar e ela não parava. Mesmo após o seu primeiro enfarte, ela não parou. Mas quem não merece uma segunda chance? E mãe é algo muito especial para ti, porque não dar uma nova chance?

Soube de pessoas que íam para seus trabalhos chorando e rezando, e quando encontrava alguém de nossa familia, nos passava amor e fé, e junto conosco acreditava que ela saíria dessa, até porque Dona Ana sempre foi uma mulher forte e lutadora.

No quarto dia, quando na minha hora de almoço, fui ao trabalho de minha irmã e a vi ao telefone, nossa cada toque de telefone era um desespero que batia, era o toque do telefone e de imediato eu já entrava em contato contigo Senhor. E a vi se emocionar no telefone, mas sabia que era uma emoção positiva: MINHA MÃE COMEÇOU A REAGIR A MEDICAÇÃO... Meu Deus eu não sabia o que fazer, dava vontade de correr pelo mundo para expressar tanta alegria, eu queria dar um abraço em Ti e não o achava... dava vontade de rir a toa e dizer: "Cá entre nós Deus, nós sabíamos que não era hora dela não é? Nós sabíamos que se acreditássemos e tivéssemos fé, o Senhor iria fazer o milagre acontecer e o Senhor estava louco para fazer isso não era?"

Dra Tereza nesses momentos sempre esteve junto com nossa família, mostrando seu quadro, mas sobretudo acolhendo nossa família, era como se nos sentíssemos abraçados por ela em todos os momentos. Passados 7 dias, e a noticia maravilhosa: Ela recebeu alta da UTI e iria para o apartamento! Meu Deus, eu nem sabia como agradecer a Ti.

O telefone de lá de casa não parava de tocar, com partilha dos amigos, eram católicos, espíritas, evangélicos, todos partilhando que seus grupos estavam rezando, pedindo orações aos seus amigos, eu nunca vi isso na face da terra, nunca vi tanta gente rezando por uma pessoa comum, que não era famosa, percebi também muito carinho diretamente para mim, pois sou o caçula e na época só morava, pai, ela e eu, e todos sabiam que eu era o mais apegado a ela. Todos estavam unidos num só coração e unidos numa só oração pela minha mãe.

No dia em que recebeu alta pro apartamento, eu tive a graça de dormir com ela na primeira noite. Acredito que foi uma das noites mais felizes da minha vida. Eu cuidando de alguém que cuidou de mim com todo seu amor por toda a minha vida, era algo que eu não conseguia explicar. Só o Senhor para me permitir tamanha graça.

Tive medo também de dormir demais e acontecer alguma urgência e eu não ter tempo de chamar alguém, o medo era imenso ainda, mesmo tendo passado a pior parte, mas se o Senhor tirou ela daquela situação era porque tinha missão para ela ainda. O medo e a insegurança são coisas incríveis e muito difíceis de serem superadas, mas quando estamos contigo eles tremem diante dessa tua grandiosidade.

Era incrível o semblante dela, mesmo ainda no hospital se percebia a enorme alegria por estar saindo de um quadro gravíssimo, uma enorme gratidão a Ti, a família, aos amigos. Pedia muito perdão a familia por estar nos fazendo passar por momentos tão difíceis, pois não cuidou da saúde como devia e por mais de 25 anos fumou, ela sabia da parcela de responsabilidade que tinha nisso tudo.

Após 15 dias que deu entrada no hospital, ela recebeu alta completamente. Nós limpamos toda a casa, procuramos em todos os lugares se havia cigarro escondido. Mas quando Tu fazes a obra, não deixas rastros. Minha mãe enquanto esteve no hospital foi CURADA por Ti do vício do cigarro.

Mesmo com o coração [biológico] frágil, ela saiu mais forte espiritualmente. E o que aconteceu com meu novo emprego? Larguei tudo para cuidar dela, ela precisava de alguém 100% dedicado a ela, ela estava muito insegura e medrosa. Desde o dia em que entrei no emprego, algo no meu coração me dizia que lá não era meu lugar, mas eu precisava passar por ali, eu seria uma ponte, e de fato isso aconteceu. Eu consegui colocar no meu lugar um grande amigo e irmão que estava sendo escravizado no comércio. Eu ganhei minha mãe de volta e ele ganhou um emprego que o permitia se manter na vida, e também cuidar de de sua mãe e sua avó já que era filho único.

Não é fácil relembrar tudo isso. Hoje olho para tudo isso e me vem a frase: "Pegadas de tua ausência"... Teus passos foram silenciosos em todo esse período, mas foram passos forte ao lado de minha mãe, de nossa familia, de amigos que a amam. Hoje olho para tudo isso e vejo como o Teu amor alcançou vários corações através do milagre que fizeste em minha mãe. Se ela já era um modelo de fé, de luta, de amor, agora então se agigantou. Hoje não tem como olhar pra ela e ver Tua marca de amor e de misericórdia que por vezes nos passa despercido ao longo dos dias.

Não foi só com ela que fizesse Tua obra. Hoje minha família está mais forte, mais unida. Eu particularmente estou me sentindo incrivelmente forte, seguro, confiante na fé e em Ti. E sei que Tu não nos desampara jamais. Um dia chegará não só o dia dela, mas o meu e o de todos nós, mas agora mais do que nunca caminhamos firmes e fortes de mãos dadas contigo. Pegamos as pedras de dor daquela situação difícil e transformamos em flores que refletem o perfume do teu amor. Pegamos as pedras de dor daquela situação e construímos uma família com muito amor, uma família onde teu amor é a porta de entrada.

Minha mãe hoje é uma flor que passou pelos espinhos da dor, uma flor que reflete muito mais o teu perfume. Outras batalhas vieram, mas tu continuasses fiel. E aqui Deus eu não só quero te agradecer novamente, como quero agradecer a toda equipe médica que amparou ela nesse período crítico, que cuidou dela, todos os familiares, amigos e todos aqueles que rezaram conosco, e acreditaram no Teu poder, na cura de minha mãe. E te peço que retribua com todo Teu amor, toda tua misericórdia. um agradecimento bem especial também a Dra Teresa, a quem chamo carinhosamente de Dra Santa Tereza...

E não tem como não te agradecer pela MÃE QUE EU TENHO!!! Tudo o que sou devo a ela, maior parte de mnhas personalidade, de quem eu sou devo a ela, puxei mais a ela do que a meu pai, não estou desmerecendo ele, e o próprio até me compara a ela e reconhece a relação que tenho com ela.

Ah Deus e como não lembrar da primeira consulta após a sua saída do hospital. No consultório de Dra Teresa, ela ao meu lado diz para Dra Teresa: "Dra eis aqui meus braços e minhas pernas!" Essa foi a coisa mais linda que eu já pude ouvir de alguém. Tenho marcas na alma registradas com calma com tuas mãos de Mãe... eu parafrasiei a música do Pe Fábio. Essa frase foi talvez uma forma bem clara de minha mãe me agradecer por toda a renúncia que fiz para ela. foi algo tão natural, tão espontâneo e eu não saberia viver sem ter feito isso por ela. E eu te agradeço Senhor pois para que eu pudesse fazer isso, meus irmãos e meu pai precisavam cuidar das outras coisas de nossa família.

E não podia ter outro resultado, como Tu não ía realizar o milagre numa mulher que nasceu de amor, viveu de amor, que amou mesmo quando errou, uma mulher que respira amor, renúncia, que mesmo em sua dor, é capaz de esquecer dela para ajudar uma criança, para cuidar de alguém e não poderia ser diferente, uma mulher que tem o nome da avó e da mãe de Teu Filho Jesus: ANA MARIA!!!

E Deus eu já não sei como terminar essa imensa postagem. Mas confesso que foi uma boa experiência e essa postagem é a minha oração de gratidão e amor a ti, por todas as maravilhas que realizaste em minha vida, na vida de minha mãe, na vida de minha família, na de meus amigos e amigas... Meu desejo é apenas te adorar em espírito e em verdade e cada dia mais aceitar a tua vontade na minha vida, e te amar...


"Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus,
para que o
Filho de Deus seja glorificado por ela." João 11,4

Muito obrigado Deus!!!
Com carinho, seu filho...

P.s. A linguagem escrita foi inspirada no primeiro livro "Carta entre amigos" de Pe Fábio de Melo e Gabriel Chalita, então o meu muito obrigado aos dois aqui e minhas orações por eles.

Jonathan Melo 07.11.2010
Compartilhe:

8 comentários:

  1. QUE LINDO ESTE AGRADECIMENTO!!!


    LEMBRA DOS LEPROSOS CURADOS?? UM SÓ VOLTOU... ESTE FOI CURADO COMPLETAMENTE...

    QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO E ILUMINANDO
    UM GRANDE ABRAÇO

    ResponderExcluir
  2. Jon, meu amigo. O que dizer? Vc já disse tudo...

    Fiquei imensamente feliz com a recuperação de sua mãe, de seu coração, de sua família, e o novo caminho para seu amigo, assumindo sua vaga no emprego.

    Sim! Houve o milagre, e um milagre como a multiplicação dos pães, todos foram alimentados e fortalecidos, no corpo, na alma, no coração... O milagre se perpetua cada vez que todos que foram alcançados por ele ratifica a transformação que aconteceu no início, eram água, agora são vinho, da videira do coração de Jesus. Hoje celebram com alegria! Celebrações são para serem partilhadas também, para mostrar que existe a cruz, mas se mantivermos a fé em todas as circuntâncias, haverá o júbilo da vida nova que hoje vocês estão vivendo...

    Jon, o que temos de Jesus são as pegadas de Sua ausência, seguimos Suas pegadas, porque há sempre um milagre escondido para aqueles que desejam destravar o olhar e enxergar que quem permanece Nele recebe a graça, mesmo que, as vezes, não seja a que pedimos, mas a que necessitamos no momento...
    Há uma transformação a ser vivida em Seus misteriosos caminhos, investigar e realizar esta transformação em nós é um desafio que Ele concede aos que mais e mais se aprofundam em Seu coração.

    Que Ele ilumine nossas mentes, nosso coração, conceda o dom da Sabedoria para sermos aquilo que Ele sonha em nós, para nós.

    O fundamento da promessa Dele é o céu ao Seu lado.

    "Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu"

    Bençãos sobre Bençãos para sua família, amigos, tudo e todos que estão no seu coração!

    BUSQUEMOS AS COISAS DO ALTO!!!

    ResponderExcluir
  3. Amigo Jonathan! Nenhuma folha cai da árvore sem que Deus queira, portanto, se muitas vezes na vida passamos por certos dissabores é porque existe um motivo real, o qual só o Senhor sabe.
    Aprendemos muito, evoluímos espiritualmente, crescemos como ser humano. Aconteceu com você e com a sua família não é?
    Eu invejo a Dna Ana Maria (inveja santa) por ter um filho tão carinhoso e dedicado como você e uma família tão unida.
    Essa carta é acima de tudo uma declaração de amor ao Deus que cura, que salva e liberta.
    Dai-me a graça Senhor, de vencer pela fé!

    ResponderExcluir
  4. Rose, eu sou apaixonado por essa passagem do leproso, mas só passei a amá-la depois que recebiuma senhora aula, de quem? Do nosso querido Pe Léo, porque ali não é uma pregação é uma senhora aula, incrível me apaixonei por essa passagem, desejo me assemelhar muito a ele, e estar sempre voltando para Jesus para agradecê-loe serví-lo...

    Abraço imenso a ti!Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  5. Tânia sem comentários, palavras muito profundas, ungidas, sábias... Obrigado, abraço fraterno... Deus continue te iluminando...

    ResponderExcluir
  6. Márcia outro dia ouvi o Pe Léo dizer que depois de alguns entendeu porque Deus ainda permitia ele permanecer nas drogas, pois depois ele foi trabalhar com pessoas que vivem nisso e tudo o que ele viveu ajudou a compreender e a amar essas pessoas.

    Então eu acredito que Deus tem me permitido passar por essas situações, que não foi só essa, houveram outras, mas que ele tem me preparado para algo maior, e como eu me fortaleci, como eu amadureci e procuro continuar confiando na misericórdia dele...

    Abraço imenso a ti!!! Deus continue te abençoando!!!

    ResponderExcluir
  7. Meu querido!

    Lindo o seu testemunho de amor e gratidão!

    Uma das maiores certezas que podemos ter é que Deus nos ama incondicionalmente, mesmo nas situações mais adversas e difíceis Ele é por nós. Mesmo que não escutemos o seu falar e não percebamos a sua presença, Deus nos entende e nos escuta, Ele está sempre conosco! Que maravilha!

    Uma das maiores expressões de amor é a gratidão... Devemos ser gratos a Deus pelos dons, graças, curas, milagres, prodígios e toda sorte de bençãos que Ele realiza em nós, por nós e no meio de nós! Que bom que você “voltou” para agradecer...

    Feliz você por ter uma mãe tão forte e tão presente, feliz sua mãe por ter um filho tão cheio de Deus!

    Deus te abençoe!
    Com amor,
    Koka

    ResponderExcluir
  8. SUAS PALAVRAS ME COMOVERAM MUITO E ME TROUXERAM MUITA PAZ! MEU CORAÇÃO SE ENCHEU DE CONFIANÇA E CORAGEM!!! CONTINUE SEMPRE LUTANDO E SERVINDO A DEUS... VOCÊ REALMENTE É UM CANAL DE GRAÇA!!! DENISE

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Gratidão: 10 anos do Blog Padre Léo Eterno!

Olá, queridos e amados irmãos em Cristo Jesus.  Começamos novembro celebrando uma década de blog. Há 10 anos, em 16 de novembro d...