quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Não olhes pra trás!

Bom dia irmãos!!! Que a coragem de Deus nosso Pai esteja com cada um de vocês!!!
Comecei assim mesmo, desejando coragem, pois acredito que é isso que cada um de nós temos precisado hoje.

Essa semana ouvi por umas quatro ou cinco vezes a pregação: Não olhes para trás, do nosso querido Pe Léo. Essa pregação me deu uma nova vida, tenho certeza absoluta que eu me curei de muitas coisas, coisas essas até que talvez sejam inconscientes, eu me sinto novo, completamente renovado, e com certeza focado no hoje. E hoje vou partilhar apenas uma das várias inspirações que eu tive com essa pregação, de uma das várias partes em que me senti tocado.

Nessa pregação ele conta uma historinha sobre São Jerônimo, que foi um dos grandes santos de nossa Igreja, que largou sua riqueza, sua família, largou tudo e passou a morar numa gruta. Ele foi um dos tradutores da Bíblia, para isso demonstra que tinha profunda sabedoria, entregou toda a sua vida a Deus, renunciou a si mesmo por Deus. Ao vermos isso fico pasmo com tamanha determinação e amor pela Palavra de Deus e fico a questionar: e nós o que temos renunciado por Deus? Será que estamos dando o nosso melhor para Deus?


E São Jerônimo todos os dias se sentia inquieto com um pedido que Deus o fazia e ele não compreendia: Jerônimo me dá aquilo que tu mais ama. E ele respondia a Deus: Mas Senhor tu sabes que larguei tudo por ti, te entreguei, meu corpo, renunciei a minha riqueza, minha família, meus amigos, te deu todo meu coração, sou todo teu e o que falta te dar? Que profissão de fé, que abertura sincera do coração, será que nós temos ao menos 10% dessa sinceridade que São Jerônimo teve com Deus? E será que como ele queremos deixar nossas coisas ou continuamos apegados a elas e as coisas mais pequenas de nossas vidas?

Após longos 17 anos Jerônimo recebeu a resposta de Deus: Jerônimo me dá aquilo que tu mais ama. Senhor o que tu queres de mim? Jerônimo me dê o seu pecado! Incrível, fantástico, maravilhoso! Meus irmãos Deus é um ser supremo, incrível que nos fascina a cada dia. Eu fiquei paralisado com essa história. Como eu sou pequeno diante da imensidão de Deus. Pe Léo fala as seguintes frases nessa mesma pregação: "A gente atualiza todo dia o nosso coração com o passado e com o pecado", "o encardido faz você amar o pecado como a coisa mais importante do mundo, tanto que você protege o pecado mais do que a sua própria vida." Tem mais o que dizer depois de tudo isso?

Concordo piamente com o Pe Léo, sem tirar uma vírgula. Olhando para mim mesmo, essa pregação me fez olhar bem lá no fundo do meu coração. Eu não posso me dizer cristão quando consigo perceber como me apego aos meus pecados, aos meus vícios, as minhas inseguranças, aos medos, quando permaneço olhando para meu passado.

Como posso dizer que meu coração é todo de Deus, se ele tá cheio de tudo isso? Como Deus pode habitar no meu coração se nele só tem isso aí? Como posso oferecer morada a Deus no meu coração se ele já está cheio? Ser cristão é ter uma experiência com Cristo, e o Pe Léo na mesma pregação nos diz: "Não existe uma única pessoa que tenha se encontrado verdadeiramente com Cristo, que não tenha mudado sua vida, nenhuma, sem exceção"!

Pe Léo na mesma pregação nos diz que os grandes pecadores, os que tiveram os maiores encontros com Cristo, eles não tinham nada mais a perder, por isso se lançaram completamente a Cristo. Ah meu Deus, eu nunca cheguei a um fundo do poço como muitos chegaram, nunca cheguei a certos níveis de pecados, níveis de vícios, de promiscuidade, pois meu ego é terrível, quem me dera ter a graça de que meus pecados, meus vícios, minhas inseguranças e medos, me fizessem não temer nada, e só desejar me jogar aos pés de Cristo em busca de sua misericórdia, mas meu ego não me permite isso, ele quer continuar no controle, quer me manter no equilíbrio, me passando a idéia de que sou de Cristo e não sirvo ao pecado...

Quem me dera ter inimigos como os daquela mulher que queriam apedrejar, quisera eu ter inimigos como os dela, esse que a levaram direto a única pessoa que podia salvá-la. Nós temos "amigos" que nem sequer nos levam a missa, quanto mais aos pés de Cristo.

Meus irmãos essa é a pura verdade, é assim que me sinto. Mas a Palavra de Deus nunca volta sem frutificar, e ela frutificou dentro de mim, eu ouvi quatro ou cinco vezes essa pregação, e dentro de mim algo já está diferente, na primeira oportunidade de ir a uma adoração, eu irei lá rasgar meu coração e minha vida, diante de Cristo, lavar, curar o meu coração, e dar todo meu coração, toda minha vida, vou pedir que Ele me ensine a amá-lo em Espirito e em verdade. Quero dar a Ele todos os meus medos, minhas seguranças e inseguranças, meus ressentimentos, meus pecados.

E preciso testemunhar aqui para honra e glória do Senhor, através do ministério de cura interior do Pe Léo. Após essa pregação, eu já tomei posse da cura de Deus, meu coração já não é mais o mesmo. Eu me sinto diferente, sinto uma energia, um amor, uma paz imensa que brota do meu interior, do meu coração. Com certeza, meu coração foi curado de coisas que eu talvez nem conheça, e nem quero saber, hoje só quero olhar pra frente.

Pe Léo é muito enfático nisso, muitas vezes ficamos como a esposa de Ló, que olhou para trás e virou estátua de sal. Muitas vezes somos como essa estátua, estamos parados na vida. Precisamos ser uma estátua de sal sim, mas uma estátua esculpida pelas mãos de Deus nosso Pai criador, que como um escultor que vai construindo com cada toque, cada martelada, é assim que Deus vai moldando nosso coração, nossa personalidade, se assim o permitirmos. E de sal, pois precisamos ser o sal de Deus, o sal que dá sabor a nossa vida e a de nossos irmãos. Precisamos ser o sal e a luz do mundo, precisamos refletir essa luz de Deus nosso Pai a todos os nossos irmãos.

Pe Léo frisou muito essa questão de não olhar pra trás, e de que não precisamos deixar os nossos vícios aos poucos, precisamos ser radicais ou cortamos o mal pela raiz, ou ele sempre continuará nos levando a pecar. Até usou o exemplo de seu filho mais velho de Bethania, com 68 anos, que ao ler na entrada que não era permitida a entrada com cigarros, ele tirou a carteira do bolso e deu a Margarida, e dai por diante, não fumou mais. E até disse a frase que seu filho disse pro Dunga ao ser questionado se foi tão simples assim: "Dunga foi como tirar daqui e por ali..."

Simples assim, e esse homem que fumou por quase 68 anos largou o vício do cigarro, e nós a quanto tempo estamos fumando nossos vícios, nossas inseguranças, medos, falta de amor, perdão????????? Não existe isso de largar aos poucos, precisamos ser radicais, e confesso e testemunho aqui, a partir de ouvir isso, eu comecei a largar coisas que alimentava principalmente em minha mente, preciso ser simples assim... para quando eu mesmo me perguntar: Jonathan e aquele medo? Eu mesmo responder: Eu simplesmente larguei ele no Sagrado Coração de Jesus... Jonathan e aquele pecado: A misericórdia infinita de Deus superabundou ele... É assim que estou me sentindo... Livre... renovado, restaurado, curado... e hoje eu olho para trás e começo a rir, rir de muita felicidade e digo a mim mesmo: Como foi simples meu Deus...

Vocês devem estar se perguntando se minha vida será esse mar de rosas... não será, eu só preciso reafirmar essa determinação todos os dias, e me preocupar apenas com as preocupações que surgirem hoje, e resolvê-las hoje... Preciso alimentar meu coração diariamente com a Palavra de Deus, com amor, me prostrar diante de Deus, adorá-lo, servi-lo...

Amar a Deus não é complicado, conhecer a Deus também não, servir a Ele muito menos... o problema é justamente o mesmo que Jerônimo tinha: Amamos os nossos pecados, precisamos é nos amar e sermos radicais com todo tipo de mal.

Fica aqui mais uma partilha, mais um testemunho, e mais um servo renovado em Cristo, que estará rezando com toda a minha fé para que vocês possam ter a mesma experiência que eu tive com Cristo essa semana...

E especialmente essa semana nós que administramos o blog, traremos uma novidade. Ao invés de disponibilizar o áudio da pregação nessa sexta, vamos disponibilizar especialmente HOJE. E o áudio será justamente o que me inspirou nessa postagem.

Eu desejo que vocês baixem, ouçam dezenas, isso mesmo, dezenas de vezes, que todo esse amor de Deus através da unção do Pe Léo, inunde os corações de cada um de vocês, que cause a mesma revolução de amor, de cura, de libertação que causou no meu coração, não percam tempo, olhem para frente e baixem...

Não olhes para trás 30.12.2000.
Clique aqui para baixar o áudio dessa pregação!

Um imenso abraço repleto de carinho, de amor e principalmente de CORAGEM E DETERMINAÇÃO...

Jonathan Melo 02.12.2010

3 comentários:

  1. DEUS TEM SEMPRE ESPERADO DE NÓS UMA RESPOSTA, PRECISAMOS RENUNCIAR TODO PECADO,PEDIR PERDÃO A ESTE DEUS QUE NOS AMA SEM COBRANÇAS. E UMA VEZ LIBERTOS DESTE MAL, DEUS SIMPLESMENTE ESQUECE, POIS A CURA VEM É POR COMPLETO.
    PARABÉNS JONATHAN, VOCÊ É LUZ NA VIDA DAS PESSOAS!!!

    ITAÚNA/MG

    ResponderExcluir
  2. Meu Amado Irmão Em Jesus Cristo - Jonathan

    Antes de fazer esta postagem, eu ouví a pregação do Pe. Leo: "Não Olhes para trás". Espetacular! Muitas vezes as coisas não caminham, não fluem, justamente porque ainda estamos adorando o passado, conservando mágoas, ressentimentos, melancolia, tristezas e esquecemos de viver o presente para preparar nosso futuro. Eu viví por muito tempo assim e, ainda brigo muito comigo, porque alguns desses sentimentos em determinados momentos insistem em querer me dominar; posso te garantir que é uma briga feia que travo com todo o meu interior, mas, quando decidí levar uma vida com Jesus Cristo, decidí também jogar fora todo o lixo do meu coração.É fácil? Não! Meu Deus não é fácil!Mas como Pe. Leo diz nessa pregação, se eu quero salvar a minha vida, tenho que conservá-la com Deus. Quando esses lixos insistem em voltar, eu dobro os meus joelhos para Jesus, porque somente Ele e com Ele é que me sinto em paz. Eu não vou mais olhar para trás, dando marcha à ré, minha meta é no alto e é para lá que eu caminho, e é para lá que eu, Você, todos os filhos do Pe. Leo iremos, porque Ele sim, FOI UM VERDADEIRO MISSIONÁRIO DE JESUS NESTE MUNDO! Mais uma vez meu Amado Irmão, muito obrigada pela partilha, Deus te ilumine sempre seu coração maravilhoso. Te amo em Jesus Cristo. Maria Aparecida Siqueira - S.Paulo - SP.

    ResponderExcluir
  3. Realmente..pq ficamos presos a tantas coisas? Será por vontade de querer aumentar nosso sofrimento? Estupidez de pensar isso,nós somos criamos pra sermos felizes e para darmos certo, se não acontece isso é porque simplesmente estamos indo no caminho errado e quem sabe até querendo voltar um caminho ja percorrido que por sinal não deu certo. O que ficou pra trás é passado, o importante é levantarmos nossas cabeças e olharmos o hoje que está aí, e para que esse hoje seja uma maravilha basta nos apegarmos cada vez mais Naquele que deu a vida por nós, que não olhou pra trás ao ver nossos pecados..que continuou seguindo em frente e deu a Sua vida na cruz...
    Não vamos deixar que coisas velhas e sujas estraguem e diminuam nossas forças de caminhar sempre em busca dos braços do Senhor, que nos libertará de tudo que um dia se tornou vício e pecado na nossa vida...
    Obrigada meu amigo por me fazer refletir muito sobre essa pregação linda e maravilhosa..
    Um grande abraço! Léa..joão pessoa-pb

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!