sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

O amor partilhado!

Em 09 de Outubro de 2006, dia em que Padre Léo Tarcísio completara 45 anos, a Canção Nova o presenteou, gravando o programa ''Tenda do Senhor Especial'' em São João Batista-SC- Comunidade Bethânia, casa mãe.
Respondendo a pergunta de como ele se sentia, sabendo que tantas pessoas rezavam por ele, diz com muita emoção: '' Eu me sinto grato a Deus. Tenho experimentado, ao longo desse período difícil que passo, a força da oração. Já disse em outros lugares que é a única coisa que me segura em tantos momentos difíceis, em consequência do câncer.
Em todos os momentos, na hora das dores mais terríveis, onde morfina não faz efeito, anestesia não faz efeito, mas ali brota uma certeza: alguém está rezando por mim. E esse alguém, que não sei quem é porque são muitos, torna-se uma força, uma semente que nos levanta... Às vezes a dor é tão forte, tão intensa, que a gente não consegue rezar''.

O que o sustentava era a certeza de que a todo o momento havia uma pessoa rezando por ele, em todo o mundo e na sua dor, descobriu essa força maior que o impulsionava: a força da oração.


Padre Léo Tarcísio continua seu testemunho: '' Eu vou todos os dias ao HC e vejo pessoas feridas e machucadas e me pergunto: será que tem alguém que reza por eles? Tendo partilhar as orações que recebo com aqueles que não recebem orações.
Se um dia eu fosse escrever 100 páginas sobre o câncer, seriam 100 páginas louvando , bendizendo e glorificando a Deus, pela graça que a gente recebe, quando se tem uma doença feito o câncer.
A doença não vem de Deus. A doença não é vontade de Deus, nem castigo. Deus não quer o sofrimento de ninguém.
O câncer é uma desordem, consequência do pecado, também consequência do meu pecado pessoal. É uma desordem que o mundo está vivendo.
Existem muitas outras formas de cânceres que atacam áreas mais importantes, como no meu caso, o pulmão, fígado, baço, e agora a perna, e a lateral do rosto: é o câncer do desamor, do ódio, do comodismo...
O que custa rezar um Pai Nosso e uma Ave Maria por uma pessoa que você não conheça?
Quantos estão chorando de dor e não tem um remédio, não tem uma morfina. E não tem uma pessoa a seu lado, só pra dizer: Eu estou aqui!
Hoje eu peço a vocês: a primeira Ave Maria e Pai Nosso, não rezem por mim, embora eu esteja com muita dor, mas rezem por aqueles que não têm quem reze por eles''.

Não há como ficar indiferente a esse testemunho de vida e santidade! Primeiro o padre acolhe nossas orações e depois partilha com aqueles que não têm ninguém por eles, vidas que experimentavam a mesma dor.
Hoje descubro que a felicidade pode nos custar o preço da esperança partilhada, quando repartimos o pouco que temos para oferecer. A felicidade existe quando repartimos o amor. Nesse período doloroso, houve momentos em que o padre não tinha nada a oferecer ao Senhor e oferecia a sua dor. Ele fez a experiência do abandono em Deus, deixou tudo, entregou tudo, ficou sem nada, por isso repartiu o que recebeu.
O encontro com o Senhor se dá todos os dias quando se vive o amor no irmão!

10 comentários:

  1. Minha Irmã em Jesus Cristo ( Se assim me permite) - Marcia A. Bezerra

    Meu nome é Maria Aparecida Siqueira, resido em São Paulo - SP, sou visitante assídua do blog mas, principalmente de todas as postagens, que são verdadeiras partilhas de amor, fé, gratidão e nos impulsiona sempre a olharmos para nosso coração, nossas atitudes diante das pessoas, do mundo, enfim, para que não nos deixemos levar por um ego inflamado, na maioria das vezes por bobagens que em nada contribuirão para aquilo que é mais importante para cada um de nós: nossa evolução espiritual e intelectual. Eu, infelizmente, não conhecí o Pe. Leo pessoalmente, mas o Espírito Santo age! E foi justamente no momento mais crucial de minha vida (A perda de minha mãe em 2008),que no natal de 2009 tive a graça de ganhar de presente uma coletânea de pregações do Pe. Leo. Mas, nunca vou esquecer o que ele me disse no momento em que me entregou "Cidinha, foi o Espírito Santo que pediu para eu te entregar essa coletânea"! E Foi mesmo. Por quê digo isso? porque eu estive longe de Deus muito tempo, na minha juventude (anos 80), me envolví com movimentos estudantís contra a ditatura militar, partidos de esquerda e outros tantos caminhos que se fosse revelar, esse espaço com certeza, não daria.Mas, hoje eu entendo que em nenhum momento Deus esteve afastado de mim; Ele apenas me permitiu viver essas experiências, para entender que não existe outro caminho que não seja o de Jesus! Por isso, te digo do fundo do meu coração que a partir do meu encontro com o Pe. Leo, minha vida é outra; Ele foi VERDADEIRAMENTE NO MAIS PROFUNDO SENTIDO, O VERDADEIRO MISSIONÁRIO DE JESUS CRISTO NESTA VIDA E, HOJE, ESTÁ NO REINO DO PAI, INTERCEDENDO POR TODOS OS SEUS FILHOS.Eu já postei um testemunho nesse blog sobre uma graça alcançada graças ao Pe. Leo e logo mais irei postar outra graça que já está a caminho. Cada postagem sua sobre o Pe. Leo, me emociono porque meu Deus! Que espiritualidade, que fé. Nessas postagens sobre a vida do Pe. Leo, paro, reflito sobre a minha pequenez em todos os sentidos e como perdemos tempo com bobagens que em nada nos servirão. Pe. Leo EU TE AMO, MAS TANTO, É TANTO AMOR, QUE NÃO CABE EM MEU CORAÇÃO; hoje, em todos os lugares que vou faço questão de divulgar a grandeza desse VERDADEIRO SACERDOTE DE JESUS.Sempre digo que o Pe. Leo, foi uma dessas pessoas que a cada 100 anos Jesus manda ao mundo. Pe. Leo, minha eterna gratidão, por me mostrar Jesus de uma maneira que eu jamais havia vivido. Eterno descanso Pai Amado, Luz da Minha Vida.Muito obrigada. Maria Aparecida de Siqueira - S.Paulo - SP.

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Que lição de humildade e de amor ao próximo! Padre Léo é um santo.

    ResponderExcluir
  3. Olá.

    O mais bonito do Padre Léo,
    foi a sua entrega ao amor.
    Muitos de nós também desejamos
    amar,
    mas o aprendizado do amor exige paciência,
    doação e entrega total.
    Padre Léo falava o que sentia,
    e sentia o que vivia.

    Encontrar este precioso
    espaço de sentimentos
    foi um grande presente.

    Que os sonhos te acompanhem sempre.

    ResponderExcluir
  4. Paz de Cristo.Eu não tive a sorte de conhecer esse santo homem de Deus ainda quando vivo,mas posso imaginar o que ele tenha passado porque meu avô paterno teve cancêr nos ossos e foi tratado em casa e morreu em casa.Depois de descoberta a doença ele sobreviveu por 8 meses,não ficaram com ele no hospital porque não havia mais o que fazer,ele tinha 73 anos e não aguentaria uma cirurgia e por pedido dele mesmo faleceu em casa.Eu e meu marido assistimos sua partida segurando sua mão.
    Penso eu que as consequencias que essa doença traz seja para purificar o espírito da pessoa porque é um sofrimento tão medonho de se ver que dói na gente.
    Clamo a nosso Senhor Jesus Cristo que segure na mão daqueles que estão á sofrer assim como sofreu meu avô e o santo Pe.Léo,e que eles com certeza já estão na Glória ao lado do nosso Deus Todo Poderoso.Amém

    ResponderExcluir
  5. O Padre Léo é um dos Padrinhos do Skate Cristo, e não tenho vergonha de falar, que ele me ajuda quando penso em meus vicios, aqueles contra os quais luto, e foi ele quem me motivou também a criar o Grupo... Jesus Disse faça! e o Padre Léo disse, eu te ajudo. Então percebi que Jesus Disse Já estou te ajudando...

    Estamos Juntos
    Por Cristo!

    ResponderExcluir
  6. Confesso que fiquei pensando no que comentar aqui... procurei, procurei, procurei... e não encontrei...

    Pe Léo é simplesmente sem comentários...

    Obrigado Márcia por essa imensa partilhar linda e maravilhosa...

    ResponderExcluir
  7. Márcia eu lhe enviei um email pro gmail, ha uns dias, estou aguardando a resposta ok.. Abraço fraterno!

    ResponderExcluir
  8. Obrigada amigos, pelo relato das experiências com o nosso saudoso pe.Léo.
    Esse texto nos ensina que é nas nossas quedas, nas nossas doenças, nas nossas aflições é que aprendemos a amar novamente. Aí então, nos encontramos com os irmãos e com Deus.
    Meu desejo é que o seu exemplo venha a provocar uma verdadeira conversão na vida das pessoas.
    A Paz do Senhor a todos!

    ResponderExcluir
  9. Tudo o que eu falar dele e pouco. Obrigada meu senhor e nossa senhora, por ter nos dado essa graca chamado padre leo. O protetor dos excluidos

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!