sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Oração e Contemplação!

"O padre passava horas e horas sentado na poltrona totalmente alheio a tudo e a todos... Sempre, no pior dos momentos, no maior do sofrimento, ele estava quieto, orando..." (do livro: “Médico, graças a Deus!”).

Havia ainda um longo caminho a percorrer, sua jornada estava apenas começando.
Após a revelação do tumor, os médicos tinham que iniciar a quimioterapia. Entretanto era adiada por conta de um quadro febril. Era uma verdadeira tortura! Estava sendo provado no fogo: a sua fé, a sua coragem e determinação e, sobretudo, a sua paciência. Estava começando uma batalha contra um inimigo que iria levá-lo a percorrer um caminho longo e doloroso. Mas o Senhor vem "em auxílio daqueles que estão sendo provados" (cfe. Hb 2,18).

O seu grande desejo de experimentar de modo íntimo a presença e comunhão com o Senhor o levou, muitas e muitas vezes, a permanecer em silêncio para escutá-lo, no mais profundo do seu ser. Naquele quarto de hospital, sentado na poltrona, alheio às coisas do mundo, entrava na presença de Deus. Silêncio profundo, nenhum ruído tirava-lhe a atenção, ruídos de fora e de dentro dele; abandonando-se, ficando inteiro diante do Senhor. Não havia mais ninguém ao seu lado, só Jesus. Ali, usufruindo de sua intimidade, suplicava-lhe que lhe desse forças para beber daquele cálice.

Padre Léo nos diz em seu livro: “Segredos para a cura interior” que "até mesmo quando passamos por situações difíceis, é importante perceber que em Deus nós somos vencedores. Foi ele quem nos segurou a mão. Ele sempre nos toma em seus braços nas horas em que nos falta o chão. É essa experiência de amor concreto, palpável, experienciado, que fundamenta a cura interior. Essa é a experiência indispensável e se concretiza num encontro pessoal com Jesus Cristo, hoje".

O Senhor sempre atende aos desejos do coração! Padre Léo experimentou em todos os momentos de dor e sofrimento, o amor de Deus. Jesus fez com ele a árdua caminhada. E lhe ensinou o caminho para uma vida plena.

Márcia A Bezerra

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!