Padre Léo me resgatou - Testemunho

Este testemunho foi enviado pela, agora leitora do nosso blog, Adnaloy, nos comentários da postagem "Vídeo com a Música Jesus, Meu Deus Humano".

Vale muito a pena ler o que segue:

Fiquei muito feliz quando localizei este site em homenagem ao nosso saudoso, amado e inesquecível Pe. Léo. Foi ele quem me resgatou quando já estava afastada há mais de vinte anos da Igreja Católica.


Um dia, 1998, no longínquo estado de Roraima, um final de semana em um hotel fazenda, zapeando a TV pela parabólica, lá está ele. Me comoveu, chamou atenção, mostrou-me o verdadeiro amor de Deus por nós. Sou ex-aluna salesiana, etc, etc... Não dá para contar tudo. Então, depois o perdi de vista, não obstante ter até adquirido uma parabólica para assistir o padre que aparentava* ser um pastor evangélico. Desconhecendo a Canção Nova, acampamentos, etc... Reencontrei o padre Léo em 2002, fazendo quimioterapia (câncer de mama em Brasília), através da Canção Nova. Nunca mais o perdi de vista.

Sofri muito por não entender a sua ida prematura, até que, assistindo uma palestra ano passado, na segunda-feira, o Espírito Santo falou ao meu coração: ele tinha que partir para junto de Deus e de lá dar continuidade a sua obra de resgate de almas para Deus. 

O que ele sofreu, passou, foi um processo de purificação. Basta olhar sua foto antes da doença e uma da fase terminal. O padre Léo foi totalmente transformado, não sobrou, da matéria, nada. O que vimos é uma feição santa, carinhosa, "Tenho dó agora de quem não tem fé..." Esta frase diz tudo.

 Sei que ele, lá com o Pai, interdede realmente por todos nós. Não sabia que o Pe. Fábio de Melo homenageava o amigo, mestre, com esta música. Apesar de ter o cd, agora comprei o dvd que ainda não vi, desconhecia. Acho a música maravilhsosa e agora não tem preço o seu valor para mim.

Pe. Léo, intercedei por nós. Sei que ele é santo!

Compartilhe:

4 comentários:

  1. Adnaloy, se me permite, Você teve a felicidade de conhcecer o Pe. Leo quando vivo.Igualmente a Você eu fiquei longe da igreja por muitos anos! Me envolví em movimentos de esquerda na época da ditadura militar, durante a minha juventude nos anos 80, e achava tudo aquilo maravilhoso. Passados alguns anos, me formei em antropologia e sociologia. Por conta das duas profissões fiz mestrado em antropologia da religião e nesse período descobrí religiões, seitas, etc. que eu jamais ouvira falar.Só de budismo foram 21 anos de estudo - 1981 - 2002. Eu valorizava demais a ciência, achava que o que a ciência não explicasse, ninguém mais poderia explicar. Por várias vezes reneguei Jesus (mas quando fazia isso, hoje sei que não era meu coração que falava),era como se eu estivesse falando de alguém que me amava demais.A Bíblia! Dizia que era o livro mais mentiroso, machista, que até então inventaram para enganar os mais necessitados.Passados alguns anos minha mãe adoeceu gravemente (estou reduzindo, porque a história é longa) e em 2008, bem no dia das mães daquele ano ele ficou internada e não voltou mais. Eu entrei numa depressão profunda, precisei me licenciar do meu trabalho, enfim, eu não estava vivendo, e sim vegetando. Mas Deus na sua infinita misercórdia, me resgatou daquele buraco.Um dia eu saí e parei em frente de uma igreja e entrei para acender uma vela para minha mãe. Quando estava para ir embora uma sennhora me perguntou: não vai ficar para a missa? Naquele momento eu me dei conta de quanto estava longe de Deus. Fiquei para assistir a missa. Durante aquela missa eu chorei tanto, foi uma mistura de saudade de minha mãe e remorso por ter ficado tanto tempo longe de Jesus. Mas o Espírito Santo agiu em minha vida da maneira mais maravilhosa que pode aconter com alguém.O Cantor daquela paróquia com o tempo ficamos amigos e no natal do ano de 2009 ele me presenteou com uma coletânea de pregações do Pe. Leo e me disse: "Foi o Espírito Santo que pediu para que eu te entregasse". Quando ouví a primeira pregação fiquei maravilhada, emocionada e entendí o verdadeiro significado de ter uma vida com Jesus.Desde então Pe. Leo tem sido tudo na minha vida e divulgo sempre toda a sua obra, onde quer que eu vá. Para Você ter uma idéia da importância desse Homem na minha vida, vou te contar um fato que aconteceu em maio de 2010, quando me submetí a uma cirurgia para retirada de um tumor no ovário esquerdo já com suspeita de ser câncer. Não me abalei, quando saí do médico pedi para Jesus preparar o médico, a equipe e o hospital. Fiz a cirurgia no Hosp. das Clínicas em S.P., realizada pelo ginecologista que inventou a videolaparoscopia na América Latina e, pasme: quando retornei para o quarto, eu já estava lúcida, recebí vistas de familiares e depois que minha família saiu, eu por um momento fechei os olhos e quando abrí, ví o Pe. Leo, de pé, de camisa azul, encostando à minha cama rezando por mim. Hoje sei o que é ter uma vida com Deus e em Deus, graças a esse que, na minha opinião, foi um legítimo Missionário de Jesus Cristo.Tenho plena consciência de que não foi acaso o nosso encontro, mas Uma Ação Maravilhosa do Espírito Santo em minha vida.Obrigada Trindade Santa, Obrigada Pe. Leo, Meu Eterno Sacerdote e Parceiro. Maria Aparecida de Siqueira - S.Paulo - SP

    ResponderExcluir
  2. Na vida, nós cristãos, temos que ter claro em nossa mente, que não devemos acreditar em nenhum homem nesta terra... Porque somos humanos, sujeito a erros e outras aberacões, que não preciso colocar aqui! O Padre Léo deixou claro, quando disse que era um monte de bosta ou de merda, mas com a graca de Deus, com sua misericórdia, ele queria ir para o céu, para o sobrenatural. Portanto, devemos acreditar no sobrenatural, como lembrou a Aparecida de Siqueira na sua história, que ele nos guiara por caminhos seguros, caminhos que só a gente entendera, porque acreditou no sobrenatural e com certeza tudo será melhor. Olha o que significa a frase da musica: Vou tentando achar um rumo por aqui, descobrindo em mim o que você deixou... Ele deixou a certeza de que devemos acreditar no sobrenatural, que é o lugar onde ele está agora! É só acreditar e sonhar que tudo será melhor!

    ResponderExcluir
  3. Não tive o prazer de assistir suas palestras quando em vida, mas hoje sempre que possível ouço suas pregações

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Assista a pregação do Padre Léo "Não tenha medo de sofrer!"

Nesta Pregação, Padre Léo, fala que não devemos ter medo de sofrer, por que se temos Jesus do nosso lado, nada tem o poder de nos tirar da s...