segunda-feira, 14 de março de 2011

A decisão pela Congregação dos padres do Sagrado Coração de Jesus


Hoje lembramos o aniversário de nascimento de Leão João Dehon, mais conhecido como padre Dehon, fundador da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. Nasceu na França a 14 de março de 1843. Padre Dehon criou a Congregação para cumprir o seu ideal de amor e reparação ao Sagrado Coração, sendo que suas idéias e seus ensinamentos estão nos diversos livros e artigos, que escreveu.

Jesus entrou definitivamente na história do jovem Léo Tarcísio, quando aos 17 anos teve seu encontro pessoal e profundo, sendo tocado pelo amor daquele que tem o coração dilacerado pelos pecados do mundo.

Em uma entrevista para a revista “Canção Nova”, padre Léo nos revela como descobriu a Congregação:
"Eu queria muito ser padre, e em 1978, eu fiz um encontro vocacional...
Em Itajubá haviam missionários do Sagrado Coração, e eu gostei muito de seu carisma, a espiritualidade centrada no coração de Jesus, então comecei a fazer a caminhada... Comecei a conhecer o carisma, principalmente o fundador, o padre Dehon que me impressionou muito, sendo um homem que viveu há dois séculos, morreu no século passado, em 1925. Viveu intensamente a espiritualidade da oblação, do amor e da reparação da doação total de si, traduzido na contemplação do Coração de Jesus. Então, graças à busca por uma espiritualidade do coração, acabei encontrando a Congregação".

E responde a pergunta: ‘Como viver a espiritualidade do Sagrado Coração de Jesus?’
"Se eu pudesse resumir numa palavra moderna a espiritualidade do Coração de Jesus, eu a traduziria pela vivência prática do Ministério de Cura Interior...
No Coração de Jesus nós descobrimos que Deus ama a cada um, que é único, e é chamado a fazer uma experiência desse amor em sua vida. Daí veio a expressão, Misericórdia, ou seja, coração voltado para a miséria...
O coração curado pelo Coração de Jesus, leva-nos a curar os corações feridos, machucados, na certeza de que Deus ama a cada um, e nos chama a uma vida restaurada".


Márcia A Bezerra

4 comentários:

  1. A fé do Padre Léo me ajuda na minha fé! Também entendo que Jesus vêm a cada um de nós de mil maneiras. E quando eu coloco as minhas misérias no coracão de Jesus, eu entendo o que o Padre Léo dizia: Que ai está a misericórdia de Jesus.

    ResponderExcluir
  2. Vamos marcar um dia e todos juntos pedir um milagre, por intercessão do padre léo, para que ele nunca seja esquecido por nós? Nem que seja para curar o coracão, de quem tem muito, e não consegue repartir... Pois deste mundo não levaremos nada!

    ResponderExcluir
  3. "É preciso que o culto ao Coração de Jesus possa penetrar na vida social dos povos. Ele trará o verdadeiro remédio aos grandes males do nosso mundo. Somente o Coraçõa de Jesus pode dar novamente à humanidade o amor que ela perdeu...E é isso que o Pe. Léo veio nos trazer: o Coração Misericordioso de Deus até as pessoas...Ricardo Souza SP

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!