quinta-feira, 17 de março de 2011

O padecer do corpo e da alma!

"O mandamento do Senhor não é um peso que te obriga, como quando você está com uma doença e o médico diz que vai ter que comer isso ou aquilo. O mandamento é uma luz que ilumina, que abre horizontes. A Lei de Deus que é luz para o meu caminho me faz enxergar soluções para situações difíceis que todos nós passamos, sem nenhuma exceção. Aquelas situações que não sabemos a saída. Tantas situações que a gente está vivendo. ‘O que eu faço, meu Deus?’. É uma doença sem cura. ‘O que eu faço, meu Deus?’".

Este é um trecho da pregação do padre Léo "A Lei do Senhor é luz para os meus passos", do dia 26/02/2006, acampamento de carnaval na Canção Nova. Foi a sua penúltima pregação, antes de ser internado no hospital do Vale do Paraíba com convulsão, permanecendo na UTI em coma induzido.

Nesse pequeno trecho percebemos mais um desabafo, pois ele já sabia de sua doença e mesmo enfermo foi um guerreiro. Mesmo debilitado pregou a Palavra de Deus. Porém, quanto maior a fraqueza e provações ao serviço do Reino, tanto mais Deus dará a graça para cumprir a sua vontade.
A graça que Deus nos dá é sempre suficiente para trabalharmos por Ele e para suportarmos nossos sofrimentos e os “espinhos na carne”, conforme I Cor 10,13.

Naquele momento o Senhor já lhe mostrava as exigências em segui-lo, como a obediência, as renúncias, o testemunho e o serviço acima de tudo. De tantas incertezas, uma só certeza estava cravada em seu coração: de que o Senhor o segurava pela mão, para trilhar o seu calvário.
O seu sofrimento abriu caminho para experimentar o amor de Deus em sua vida.
A partir daí começou a enxergar tudo o que estava vivendo com os olhos da fé. Esse foi o seu segredo: olhar além daquilo que se vê, olhar o futuro com esperança.
“O que eu faço meu Deus? E Deus lhe deu a direção, por isso permaneceu fiel até o fim.

“Não tenha medo de trocar a sua vida por um grande amor: Jesus. Pois tudo nesta vida tem um fim, só é perene a vida que vem do Senhor”.

Márcia A Bezerra

2 comentários:

  1. Homem santo de Deus onde eu me espelho obrigado padre leò por passar neste mundo e na minha vida.
    antonio luiz gonçalves

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que essa frase resume e responde a muitas perguntas feitas sobre a enfermidade do Pe Léo:

    "A partir daí começou a enxergar tudo o que estava vivendo com os olhos da fé."

    Valeu Márcia, você cada dia mais sábia!!! Abraço fraterno!
    Jonathan Melo

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!