sábado, 2 de abril de 2011

Gotas de Cura Interior - O ressentimento cega as pessoas

Confira outros artigos do Gotas de Cura interior clicando aqui

No Gotas de Cura Interior de hoje, trago para você esta história que padre Léo contou. 
"Coisas pequenas acabam se transformando em grandes problemas quando permitimos que se enraízem e se adubem no coração." Devemos pedir ao Senhor "O poder de não permitir que isso que nos fazem nos afaste de Deus. Temos o poder de transformar amargura em oração." Livro Roteiros Bíblicos de Cura Interior.

Esse vídeo conta a história de Juvenal, que muitas vezes somos nós que nos colocamos na mesma situação dele,  quando, de tanto rancor, passamos a gestar o mal, torcendo para que o mal aconteça na vida de quem não gostamos, ou daqueles que nos machucaram. Sem mais palavras. Vamos deixar o padre Léo falar ao nosso coração:


Parte 2:

2 comentários:

  1. A Paz de Jesus.Sabe que eu tinha uma mágoa muito grande também dentro de min que vinha me corroendo desde 2007.Foi com o livro A cura do Ressentimento muita oração e pregações assistidas que eu consegui perdoar duas pessoas e retomar minha vida e ser feliz.
    Sabe que minha ma~e me dizia uma coisa e só depois que fui compreender:"A mágoa é um veneno que tomamos e queremos que a outra pessoa morra."
    Fiquem na Santa Paz de Cristo.

    ResponderExcluir
  2. Fernanda!
    É isso! Só perdoando é que teremos uma vida feliz.
    Um dos livros do padre Léo: "Gotas de Cura Interior" me ajudou e tem ajudado muitas pessoas, onde ele diz que perdão é uma decisão. Eu toma a decisão de perdoar tal pessoa, mesmo que ela esteja longe, tenha morrido, ou se ela não deseja ser perdoada. O importante é declarar o perdão.
    Sua mãe tem razão: quando não perdoamos, vamos tomando o nosso próprio veneno, vamos fazendo mal a nós mesmos.
    Jesus disse que devemos perdoar SEMPRE, portanto, vamos obedecer a Palavra de Deus, fonte de toda a sabedoria.
    Um abraço e fique na paz do Senhor!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!