sábado, 30 de abril de 2011

A paz a ser construída!

“Era o primeiro dia da semana. Ao anoitecer desse dia, estando fechadas as portas do lugar onde se achavam os discípulos por medo das autoridades dos judeus, Jesus entrou. Ficou no meio deles e disse: “A paz esteja com vocês” ( Jo 20,19).

A presença do Cristo ressuscitado no meio dos apóstolos com medo é acalentadora e vem nos mostrar que mesmo nos momentos de crise, não há como ignorar que Ele está no meio de nós e caminha conosco.

A liturgia desse domingo da misericórdia divina nos convida a acolher o dom da Paz, que Cristo veio nos trazer. A verdadeira paz é dom de Deus, portanto vem de Deus, e nos faz "participantes dessa paz", que começa dentro de nós, nas famílias, nas comunidades, na natureza.
O sentido fundamental da palavra hebraica: “Shalom” é a paz que se realiza no relacionamento com Deus, consigo próprio e com os outros.

Padre Léo nos ensina que na Celebração Eucarística, na hora da “saudação da paz” devemos desejá-la assim como Cristo desejou aos apóstolos, saudar o irmão com a verdadeira paz: a “ Paz de Cristo” e não a nossa, porque não a temos. Vamos construindo a paz, na medida em que buscamos a comunhão com Deus.
Muitas vezes dou essa paz ao irmão, mas não estou em paz comigo mesmo, e só vou tê-la se eu buscar realizar em tudo a vontade do Senhor.

Por ocasião da sua aparição, Jesus comunica aos apóstolos a missão de salvar os homens e que eles devem continuar essa obra. "Você precisa ter uma missão, ser construtor da paz. E o que é construir a paz? Essa paz se constrói na luta, na garra, se constrói no dia-a-dia sem perder o alvo...Construir a paz quer dizer viver e estar sempre sob a ação de Deus. É um crescer contínuo à ação do Espírito Santo. Deus é fabuloso, Ele nos dá as coisas na medida em que nos abrimos a Ele". (do livro:”Buscai as coisas do alto”)

Márcia A Bezerra

Um comentário:

  1. é tudo que eu quero na vida agora, pois eu sou um exemplo vivo da grande mísericordia de Deus. Eu que um dia vivi como o filho pródigo e como aquela ovelha perdida fui resgato das profundesas do abismo que estava vivendo ou melhor morrendo e agora é minha missão levar a palavra e dar meu testemunho de que nosso Deus realmente é o Deus do impossível. sou um milagre estou aqui.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!