quinta-feira, 5 de maio de 2011

Mãe, não desista de seu filho!

Deus conhece bem o que se passa no coração dos homens, por isso temos que estar atentos a tudo o que Ele faz em nossa vida, ou seja, precisamos estar preparados para reconhecer os milagres que o Senhor realiza em nossa história. Experienciar milagres para ser canal para outras pessoas. Essa é a principal mensagem do livro: ”Experienciar milagres” de Padre Léo.

Padre Léo sempre tirou de acontecimentos cotidianos de sua vida lições para ele próprio e para nós.
Deus não perdeu a chance de lhe revelar o seu grande amor, de uma forma estranha, através de uma senhora idosa, levando comida para o seu filho preso. Essa cena marcou muito a sua vida:
"Quando eu era fráter em Taubaté, numa segunda-feira, no final do ano, portanto, de muito sol e calor, ao voltar ao Conventinho, vi uma senhora idosa, pedindo carona. Parei o fusca vermelho e dei carona para a senhora. A senhora, não me lembro mais seu nome, tinha uma marmita na mão. Só para puxar conversa perguntei sobre a marmita...ela me disse que estava indo até a Casa de Custódia, pois seu menino estava morando lá...ele estava preso. Andou fazendo umas bobagens e estava condenado. Mas como não se acostumava com a comida da cadeia, ela, a pobre viúva, vendeu a casa que tinha em Araraquara, comprou meia-água perto do Mercado Municipal de Taubaté, só para fazer comida para o seu filho. Parei diante da Casa de Custódia e me despedi daquela senhora. Ela desceu ali, mas eu a levei dentro de meu coração para o convento".

O coração do estudante de teologia ficou extremamente abalado, mas o Senhor o fez perceber algo maravilhoso: "Naquela tarde meditei melhor sobre o amor de Deus. Se aquela mulher simples era capaz de amar o filho criminoso, a ponto de fazer o que estava fazendo por ele, claro que Deus, muito melhor do que ela, também me ama com um amor muito maior".
Ali o fráter Léo entendeu o grande amor de Deus por nós. "Procure relembrar fatos de sua história onde se possa perceber com clareza o jeito que Deus amou você através de pessoas especiais".

(Pe.Léo também nos conta essa história na preg. "Gaste tempo com seu filho", de 28/12/2003)
Márcia A Bezerra

Um comentário:

  1. Gente já lí "Experienciar Milagres" e neste momento estou relendo. Hoje relí aquele parágrafo em que nosso saudoso Pe. Léo fala que hoje em dia tudo é considerado milagres onde muitas vezes não passa de uma jogada de sorte, porém apesar de concordar plenamente com ele, acho-me tão abençoada por Deus que não consigo me sentir uma pessoa de sorte apenas, mas considero tudo que me acontece milagres, afinal o dom da vida por si só já é um milagre. Acordar, levantar, estar com saúde, poder andar, falar, pensar, ir, voltar, enfim ser uma pessoa estéticamente "perfeita", saudável, isso tudo considero como um milagre. São detalhes pequenos que considero de grande importância, para mim são milagres. São os milagres do dia a dia que muitas vezes nem notamos por causa da correria que se tornou nossas vidas, mas que existem e estão presentes na nossa vida. Sempre. Só não os reconhecemos por falta de observação. É esse meu ponto de vista, mas ninguém é obrigado a concordar comigo. Fiquemos todos com Deus. Abraço.

    Carmen Déa
    Maceió/AL

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!