sábado, 16 de julho de 2011

Deus tem os seus caminhos...

Muitas e muitas vezes nos perguntamos sobre o mistério do sofrimento em torno do homem. Não cabe em nossas mentes a razão de uma doença, feito o câncer, por exemplo, que leva a pessoa à morte. Não temos respostas!

Padre Léo, em seu livro: “Segredos para a cura interior”, nos traz um aprendizado extraordinário acerca do sofrimento humano: um dos segredos é fixarmos os olhos em Deus.
"A cura interior nos permite enxergar todo e qualquer sofrimento por uma ótica cristã, isto é, mediante Jesus Cristo... Por pior que seja o sofrimento, ele não pode nos impedir de tomar posse do amor de Deus".

Precisamos compreender, e isso está explícito no livro, que a doença pode nos melhorar ou nos tornar ainda piores, pode nos levar à nossa condenação: "Sem Jesus, estaremos sempre e cada vez mais, mergulhados neste vale doloroso", ou à nossa salvação: "Em Cristo Jesus, no mistério de sua morte e ressurreição, percebemos um jeito novo de enxergar e de experienciar o sofrimento, até como um caminho para Deus".
Esse conceito nunca mudou na mente e no coração do padre Léo. A doença pode sim, nos afastar de Deus ou pode nos aproximar do Senhor, garantindo a nossa salvação.
Padre Léo, durante a sua enfermidade fez a sua escolha. Passando por uma situação dolorosa, viveu sob a graça de Deus, dando-nos testemunho de coragem e fortaleza.

Em sua belíssima pregação: “Levanta-te e anda”, o padre nos fala que a idéia de que a doença vem de Deus, é uma das coisas que leva a pessoa a se afastar e se fechar. "Essa idéia absurda, terrível, medonha, pavorosa, encardida, tem que ser eliminada de nosso meio. Essa idéia não tem nada a ver com Jesus Cristo. A doença não vem de Deus nunca. A doença ofende a Deus. Como Deus vai ficar feliz, vendo a sua imagem e semelhança Dele, ser estropiado, destruído pelo demônio?"

"O sofrimento humano é, foi e continuará sendo um grande mistério". Deus tem os seus caminhos para a nossa salvação, mesmo que tenhamos que passar pela prova do fogo, para purificarmos, à exemplo do Padre Léo, que buscou esse caminho passando pela cruz de Jesus.

Márcia A Bezerra

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!