sábado, 9 de julho de 2011

Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus

Hoje, 09 de Julho, a Igreja faz memória à Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus. Santa que conquistou o coração do povo brasileiro e do mundo todo.

Vale aqui recordar a pregação do padre Léo que aconteceu no Acampamento de Pentecostes, Canção Nova, com o tema: “Batizados no fogo do Espírito”, no dia de sua canonização, pelo Papa João Paulo II, em 19 de Maio de 2002.

Padre Léo nos fala com muito carinho e nobreza de Madre Paulina, que trilhou um caminho de sofrimento, e mesmo com as provações ela foi capaz de amar e servir a Deus e aos irmãos:

"Quando Paulina e sua amiga começaram a cuidar daquela senhora cancerosa. Logo depois aquela senhora morreu e elas resolveram continuar juntas. Aquilo foi um escândalo.Foi acusada de lesbianismo.
Ela sai de Nova Trento e vem para São Paulo (Ipiranga) para cuidar dos descendentes de escravos e principalmente dos doentes. Como a pessoa que possui muita luz, a santidade de Paulina começa a incomodar, através da fofoca, arma do encardido. A fofoca se instalou e ela não se defendeu, porque quem tem Deus não se defende. Foi destituída do cargo de superiora...

Vai para Bragança Paulista trabalhar no mais humilde serviço. Injustiçada continuou sendo santa. O santo é santo em qualquer situação. Mas não foi só esse fogo que ela teve que passar. Aí veio queimar em seu corpo. Veio a diabete, amputou a ponta do dedo e depois o braço. E continuou firme em Deus. Por fim, ficou cega. Talvez tenha sido uma grande graça, para não enxergar tanta sujeira que tinha em torno dela".


E com muita emoção:
"Moro a oito quilômetros do Santuário de Madre Paulina. Dois sobrinhos dela foram meus filhos em Bethânia, logo ela é minha irmã. Eu tenho a vantagem de ter uma irmã santa".

A vida de Amábile Lúcia Visintainer, hoje Santa Paulina, o seu exemplo de caridade e resignação no sofrimento fez com que muitas pessoas trilhassem o mesmo caminho.
Esse é o convite da Santa Paulina para nós hoje: Mesmo que enfrentemos o mar revolto, Deus caminha conosco. Não desistir de lutar, insistir, perseverar, assim como foi a vida do nosso saudoso padre Léo. Tudo pelo Reino de Deus!
“Não desanimeis nunca, embora venham ventos contrários” (Santa Paulina)
Márcia A Bezerra

2 comentários:

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!