Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus

Hoje, 09 de Julho, a Igreja faz memória à Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus. Santa que conquistou o coração do povo brasileiro e do mundo todo.

Vale aqui recordar a pregação do padre Léo que aconteceu no Acampamento de Pentecostes, Canção Nova, com o tema: “Batizados no fogo do Espírito”, no dia de sua canonização, pelo Papa João Paulo II, em 19 de Maio de 2002.

Padre Léo nos fala com muito carinho e nobreza de Madre Paulina, que trilhou um caminho de sofrimento, e mesmo com as provações ela foi capaz de amar e servir a Deus e aos irmãos:

"Quando Paulina e sua amiga começaram a cuidar daquela senhora cancerosa. Logo depois aquela senhora morreu e elas resolveram continuar juntas. Aquilo foi um escândalo.Foi acusada de lesbianismo.
Ela sai de Nova Trento e vem para São Paulo (Ipiranga) para cuidar dos descendentes de escravos e principalmente dos doentes. Como a pessoa que possui muita luz, a santidade de Paulina começa a incomodar, através da fofoca, arma do encardido. A fofoca se instalou e ela não se defendeu, porque quem tem Deus não se defende. Foi destituída do cargo de superiora...

Vai para Bragança Paulista trabalhar no mais humilde serviço. Injustiçada continuou sendo santa. O santo é santo em qualquer situação. Mas não foi só esse fogo que ela teve que passar. Aí veio queimar em seu corpo. Veio a diabete, amputou a ponta do dedo e depois o braço. E continuou firme em Deus. Por fim, ficou cega. Talvez tenha sido uma grande graça, para não enxergar tanta sujeira que tinha em torno dela".


E com muita emoção:
"Moro a oito quilômetros do Santuário de Madre Paulina. Dois sobrinhos dela foram meus filhos em Bethânia, logo ela é minha irmã. Eu tenho a vantagem de ter uma irmã santa".

A vida de Amábile Lúcia Visintainer, hoje Santa Paulina, o seu exemplo de caridade e resignação no sofrimento fez com que muitas pessoas trilhassem o mesmo caminho.
Esse é o convite da Santa Paulina para nós hoje: Mesmo que enfrentemos o mar revolto, Deus caminha conosco. Não desistir de lutar, insistir, perseverar, assim como foi a vida do nosso saudoso padre Léo. Tudo pelo Reino de Deus!
“Não desanimeis nunca, embora venham ventos contrários” (Santa Paulina)
Márcia A Bezerra
Compartilhe:

2 comentários:

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Assista a pregação do Padre Léo "Não tenha medo de sofrer!"

Nesta Pregação, Padre Léo, fala que não devemos ter medo de sofrer, por que se temos Jesus do nosso lado, nada tem o poder de nos tirar da s...