sábado, 3 de setembro de 2011

Um sonho de Paz!

"Afinal, quem melhor viveu a paz e pela paz do que Martin Luther King? Infelizmente o negro é menosprezado, diminuído..." Esta é a indagação do jovem Léo Tarcísio, ao mencionar o pastor batista, norte americano que trabalhou em prol do fim da discriminação racial. Luther King foi assassinado, mas deixou o sonho de um mundo de liberdade, justiça e paz.

O jovem Léo, inconformado com o que acontece a sua volta desabafa: "Como é difícil compreender o racismo, o preconceito, a fome, a guerra e tantas coisas que acontecem no mundo!".
Viver essa paz exige dele uma luta diária e constante. Ele crê que a transformação do mundo se dará quando o homem começar a amar. E novamente se questiona: "Será muito difícil sonhar com este mundo novo?"
Para aquele jovem, não bastava somente sonhar com a paz, era preciso fazer acontecer a paz. Deus foi reacendendo em seu coração a capacidade de crer no amanhã, crer num sonho realizado por ações concretas. Os seus sonhos foram motivados pela esperança e a fé em Jesus Cristo, o único que poderia lhe dar a verdadeira paz.

Com o coração abrasado, o jovem padre anuncia, através de seus artigos, textos, composições, pregações, a verdadeira paz: a justiça e o amor aos pobres, a todos os necessitados de cura e libertação. E mostra o caminho para a paz: o amor, em forma de perdão, de tolerância e misericórdia, acolhendo os irmãos no coração Bethânia.

"Imagine, que há um céu, você pode conquistá-lo". O sonho não acabou!
Olhou além das estrelas, manteve a esperança e não deixou morrer seu sonho de paz. O seu ponto de chegada: o céu, a vida nova que o Senhor proporciona àqueles que amam. Seguiu a grande estrela e atingiu a meta, a pátria celeste.
A Paz de Jesus triunfou no coração daquele que lutou até o fim pela construção da paz, padre Léo Tarcísio Gonçalves Pereira.

(trechos do livro: “Rastros de Deus”)

Márcia A Bezerra

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!