domingo, 6 de novembro de 2011

Orando e aprofundando a cura interior

45ª Semana

Rm 1,18-31

Com a injustiça aprisionamos a verdade e por isso não conseguimos experienciar o amor de Deus. "Pois desde a criação do mundo, as perfeições invisíveis de Deus, seu sempiterno poder e divindade se tornam visíveis à inteligência por suas obras; de modo que não se podem escusar. Porque, conhecendo a Deus, não o glorificaram, nem lhe deram graças. Pelo contrário, extraviaram-se em seus vãos pensamentos, e se lhes obscureceu o coração insensato". 

Buscando a sabedoria e a felicidade que o mundo nos oferece, acabamos nos afastando de Deus, e pela idolatria de nossa vida, vamos colocando coisas e pessoas no lugar de Deus.

O pecado vai tomando conta de nossas vidas e a imundície do coração gera a grande maioria das doenças. Quando obedecemos ao Inimigo, trocamos a verdade de Deus pela mentira do mundo e passamos a viver as paixões mais vergonhosas. Todo nosso corpo acaba se contaminando pelo pecado, bem como todos os nossos relacionamentos.

Experimentamos a desordem interior e exterior, física e psíquica, espiritual e emocional, pessoal e comunitária. "Ficamos repletos de toda espécie de malícia, perversidade, cobiça, maldade, cheios de inveja, brigas, enganações e malignidade".

Tornamo-nos "difamadores, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, soberbos, altivos, inventores de maldades, rebeldes contra os pais. Somos insensatos, desleais, sem coração e sem misericórdia". Pecamos e aplaudimos o pecado. Devemos todos fazer um bom exame de consciência e perceber até que ponto tudo isso acontece em nossa vida.

Uma coisa é certa: se cultivamos tudo isso em nosso coração, o que nos espera é a morte. São Paulo nos lembra: "O salário do pecado é a morte!" (Rm 6,23). Salário é tudo aquilo que recebemos pelo que fazemos ou produzimos. A única coisa que podemos receber se continuarmos cultivando o pecado e obedecendo ao Maligno é a morte.

Padre Léo

Texto extraído do livro Seja Feliz todos os dias 



Um comentário:

  1. Jonathan esse texto realmente é espetacular, "vamos colocando coisas e pessoas no lugar de Deus", " Todo nosso corpo acaba se contaminando pelo pecado, bem como todos os nossos relacionamentos","Pecamos e aplaudimos o pecado".
    Após esse exame de consciência devemos nos perguntar quem e que coisas ocupam o lugar de Deus em minha vida, para quem estamos oferecendo o nosso melhor .Isso impede de viver o projeto de Deus a meu respeito. HOje eu quero pedir Senhor, a graça de ser impreguinado pela força do espirito Santo, dessa força do alto porque somos fracos. Perdão Pai, pelos meus pecados porque se eu fosse tratado pelos pelos meus pecados eu não estaria aqui, mas que maravilha Pai, que seu amor é maior que o meu pecado, a vitoria do seu amor é a força que mais preciso. Obrigado Pai. Amém.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!