terça-feira, 29 de novembro de 2011

Resposta a uma mãe [Sobre suicídio!]


Nos comentários da promoção deste mês, uma mãe relatou que seu filho cometeu suicídio há três anos e que desde então ela sofre, pois não sabe se o filho foi perdoado por Deus.

Minha querida irmã, partilharei com você 'minha' opinião sobre o tema. Já conversei com religiosos, pesquisei estudos em psicologia, pois esse assunto sempre me atraiu a atenção. Então, o que lhe direi é uma visão pessoal, acerca de minha própria experiência, religiosa e humana.

Em 2002 perdi uma prima, supostamente por suicídio. Foi um choque muito grande, pois ela tinha apenas 16 anos e era uma moça muito alegre, cheia de vida. Ela caiu do sétimo andar de um prédio pra marquise do segundo andar. Na época, a família toda se abalou, procurando várias explicações.

O laudo final saiu como acidente. Mas a verdade é que nunca saberemos o que de fato aconteceu. O que podemos fazer nessas situações é entregar nossa perda ao coração misericordioso de Deus. Um psiquiatra renomado tem uma visão sábia sobre o tema:

"Quem se suicida tem um imenso amor pela vida, um amor muito grande. Quando a pessoa tira a própria vida, na verdade ele não quer morrer, e sim matar a dor que está lhe impedindo de viver a sua vida." [em minhas palavras, mas o sentido é esse]

Concordo com ele em cada ponto e vírgula. Uma pessoa para tirar a própria vida deve estar num conflito interno imenso, um misto de desespero, sentimento de impotência, idéias distorcidas, depressão. Esse estado de espírito permite que a mente se alimente de pensamentos negativos, contraditórios, confusos. Sem autoestima e amor próprio o coração vai apodrecendo, ficando vazio.

Às vezes, a pessoa até tenta sair dessa situação, mas não consegue. O que desencadeia tudo isso? Pode ser desemprego, problemas familiares, desilusão amorosa, autoestima baixa....
E quem pode saber o se passa dentro da mente humana?


E onde Deus entra nisso tudo? Deus entra com seu INFINITO AMOR, SUA INFINITA MISERICÓRDIA.

Nós somos seres infinitamente limitados. Como vamos compreender a Deus? Como vamos entender o que é amor? Como vamos entender o que é misericórdia?

Querida irmã Ana Maria, quer saber se Deus perdoou seu filho? Quer saber se ele está na glória de Deus? Serei ousado e lhe responderei no Espírito Santo:

Deus é amor!!! Deus é misericórdia!!! Jesus Cristo é um Deus-Conosco, que cuida, ama e acolhe! Deus amou tanto a humanidade que enviou seu próprio Filho para morrer da pior forma possível, justamente para salvar a cada um de nós. Nós somos filhos de um Deus que SALVA!

Por mais que nos esforcemos para entender o amor de Deus, jamais conseguiremos. Amor não se compreende, apenas se vive. Você precisa entregar tudo isso que está vivendo ao Sagrado Coração de Jesus. Como Pe. Léo nos ensinou: deixar que do coração de Deus renasça uma nova Ana Maria, uma nova mulher, uma nova mãe.

Entre o ato de nossa morte e a nossa salvação, há o que a sabedoria eclesial chama de ABISMO DE MISERICÓRDIA! Então, tome posse dessa misericórdia, desse amor redentor de Deus. Não perca a graça de Deus, se permita se abrir para a vida. Deus quer que você comece a escrever uma nova história, repleta de amor, misericórdia, perdão, e esperança!


Estarei aqui rezando por você e sua família!
Abraço fraterno...
Jonathan Melo - 29.11.2011 - @jonathanmelowd

2 comentários:

  1. Excelente texto. Espero que chegue a muitos corações como o dessa mãe, que sofrem a dor da perda de alguém por suicídio.

    ResponderExcluir
  2. Diz o Catecismo da Igreja Católica que: “Distúrbios psíquicos graves, a angústia ou o medo grave da provação, do sofrimento ou da tortura podem diminuir a responsabilidade do suicida” (CIC § 2282). Professor Felipe Aquino

    Nosso Catecismo deixa claro que: “Não se deve desesperar da salvação das pessoas que se mataram. Deus pode, por caminhos que só Ele conhece, dar-lhes ocasião de um arrependimento salutar. A Igreja ora pelas pessoas que atentaram contra a própria vida” (CIC § 2283). Professor Felipe Aquino

    Artigo completo sobre o suicídio do professor Felipe Aquino para quem quiser conferir na íntegra: http://www.cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?e=12583

    Agradecimento a Márcia Bezerra que foi quem achou esse artigo!!!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!