domingo, 29 de janeiro de 2012

Na TV Canção Nova: "Viver o matrimônio na pureza e santidade"

Nesta segunda feira, dia 30 de Janeiro de 2012, às 05h00min, a TV Canção Nova reprisará, dentro do programa: “Nossa Missão é evangelizar”, a pregação: "Viver o matrimônio na pureza e santidade", de 26/07/2003, do Acampamento para casais, em Cachoeira Paulista. Por motivos desconhecidos essa pregação não será reprisada às 21h00min, pois não consta de sua programação.

Continuando a reflexão do capítulo 4 da primeira carta de São Paulo aos Tessalonicenses, dentre as pregações desse acampamento, padre Léo retoma o versículo 9: “A respeito da caridade fraterna, não temos necessidade de vos escrever, porquanto vós mesmos aprendestes de Deus a vos amar uns aos outros”.

O caminho do amor na vida do casal é árduo de percorrer, devendo existir uma doação contínua que vem de Deus, porque "o matrimônio é vocação, é sacramento, uma escolha divina". Essa experiência do amor de Deus sempre presente na vida do casal é a sustentação do matrimônio. Por isso, "os casais precisam aprender a amar". O mundo moderno já não ama mais, afirma o padre. "Qualquer pessoa que se afasta de Deus, em pouco tempo deixará de amar".

Um ensinamento fundamental, algo valoroso para o Sacramento do matrimônio: a grande luta dos casais hoje é a indiferença religiosa. Diz-nos que a indiferença religiosa é pior que o ateísmo. Enquanto o ateísmo nega a Deus, "a indiferença religiosa não nega a Deus, é uma tentativa de afirmação de si mesmo. Aí está a morte do matrimônio".
A indiferença religiosa provoca o instinto egoísta, porque o centro é a pessoa, não valoriza um ao outro, não buscam mais os interesses comuns, e a consequência é o afastamento de Deus, da Igreja, perdendo a capacidade de amar, chegando a um final trágico, a separação.

O marido tem que amar a esposa, assim como Cristo amou a Igreja. "Quando Jesus chega, o reinado do desamor desaparece, porque Jesus é o maior exemplo de amor".

Depois de ouvir atentamente esta pregação, peçamos ao Senhor a graça de que cada casal possa viver na atmosfera do amor de Cristo, dando testemunho, e vivendo o seu matrimônio na pureza e na santidade.

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!