sábado, 5 de maio de 2012

O livro: "Cheia de Graça"

"Ave, cheia de graça, plena de graça, completamente tomada pela graça. Não há nenhum espaço no corpo, na mente ou no coração de Maria que não esteja tomado pela graça".
Eis por que o título do livro: “Cheia de Graça”.

É um livro póstumo de padre Léo, que nos traz textos com reflexões sobre Maria. O capítulo: “Servir como Maria” nos apresenta trechos de sua famosa pregação de Jo 2, 1-11, o milagre de Jesus nas bodas de Caná da Galiléia. 
Segundo o padre Vicente, por ocasião do lançamento do livro em 2007, nos fala desse capítulo: “Maria atenta, chega antes de Jesus ao casamento e percebe as necessidades daquele casal. Maria se antecipa e vai àquele que pode fazer algo pelos noivos”. 
E menciona as brincadeiras do padre, quando Maria se aproxima de Jesus e diz que os noivos não têm mais vinho. Os serventes que se deslocam várias vezes para buscar água. Os servos obedeceram e Jesus pode operar o milagre. “O Léo nos ensina que é no trajeto da vida, servindo como Maria e como os serventes, obedecendo a Jesus e ouvindo Nossa Senhora é que o milagre acontece”. 

Padre Vicente declara ainda: “O livro é um convite expresso para que a nossa família olhe para a Sagrada Família de Nazaré, e aprenda na simplicidade aquilo que é essencial dentro de nossas famílias”. 

Frases do livro:
“O jeito de Maria é o da obediência a Deus; é o jeito de nunca deixar o vinho estragar”. 

“Não há como seguir Jesus sem entrar na escola de Maria”. 

“Maria veio nos mostrar que o ser humano é chamado a ser a própria presença de Deus”. 

“Por causa de Maria, Jesus está no meio de nós”. 

Nesse mês Mariano, recomendo a leitura desse livro, vamos conhecer mais sobre Maria, aquela que é a bem-aventurada porque acreditou na intervenção divina.
Boa leitura!

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!