sábado, 28 de julho de 2012

Rejeição

A paz meus amados irmãos em Cristo Jesus. Como lidar com a rejeição? Como lidar com a decepção? Como lidar com nossas expectativas? Como lidar com nossas ilusões? Como lidar com nossos medos? 


REJEIÇÃO
Muitas vezes a nossa primeira rejeição já começa no seio materno. Infelizmente essa realidade tem crescido até mesmo pelo número de abortos que estão aumentando cada dia mais. 


A rejeição é registrada com muita intensidade em nosso coração. Do coração ela vai para o cérebro e lá é como se ficasse repetindo dezenas de vezes todas as memórias ligadas a rejeição, a pessoa [ou as pessoas] que nos rejeitou. 


Nosso corpo recebe também todas as consequências dessa rejeição, desses pensamentos e sentimentos, tudo está interligado. Nossa vida espiritual também é afetada, pois na hora em que mais se precisa rezar, primeiro pelo nosso coração, depois pela pessoa que nos rejeitou, não conseguimos encontrar uma forma de conversamos com Deus, é como se a porta se fechasse ou não encontrássemos mais o caminho.


Uma confusão toma conta de nosso ser. Tudo se mistura, pensamentos, emoções, sonhos, esperanças, dores, desilusão, lembranças... Estamos num redemoinho de angústia e cada vez mais nos afundando. 


Meus irmãos a rejeição faz parte da vida, enquanto vivermos seremos rejeitados em todas as áreas de nossas vidas. Pe. Léo uma vez nos disse que não há nada de errado com o sofrimento, ele faz parte de nossas vidas e é através dele que vamos amadurecendo e crescendo.


Primeira coisa a se fazer nessas situações é rezar pela cura do nosso coração, pedir a Deus que Ele cure o nosso coração, cure a ferida causada por essa situação. Rezar para que sua misericórdia assuma o lugar da ferida, das lembranças que machucam, precisamos pedir que Deus lave e cure toda e qualquer lembrança ligada ao fato. Precisamos reviver esse fato a luz do amor e da misericórdia de Deus.


O segundo passo é o passo do PERDÃO, sem ele não existe cura. Começar a perdoar a nós mesmos, por ter amado, por ter confiado, por ter criado esperanças, expectativas... Em seguida rezar pelo coração ferido da outra pessoa que nos feriu, o mesmo processo que fazemos conosco, precisamos fazer com quem nos feriu.


Uma coisa linda que o Pe Léo nos ensina no livro Gotas de Cura Interior, é que podemos perdoar e mesmo assim continuar sentindo as dores, pois o perdão é uma decisão e não um mero sentimento. Até porque se deixássemos de sentir a dor, porque o perdão seria necessário ainda? O perdão só se faz necessário quando estamos feridos e machucados [ele como sempre muito sábio].


Cada vez que sentirmos a dor, enquanto não cicatrizarmos essa ferida precisamos rezar. Depois temos de olhar para esse fato e ver o que nós poderemos aprender com ele. Se encararmos esse fato como canal de aprendizado, de amadurecimento, o sofrimento perde muito o seu poder. O nosso coração se sente mais aliviado, menos pesado e dessa forma a cura chega mais rápido.


Outro passo tão importante como os demais, é não permitir que fatos dessa natureza passem a influenciar os nossos outros relacionamentos, as nossas escolhas futuras, pois se nos sentirmos rejeitados, ao invés de buscar o amor das pessoas e nas pessoas viveremos tentando sobreviver sem sermos rejeitados pelos outros, já nos ensina o Márcio Mendes.


Não preciso nem lembrar que Jesus foi tão rejeitado como nós somos. Ele soube lidar com as rejeições sem se permitir machucar o coração, pelo contrário, ele sabia sempre retribuir com amor. E nós temos essa mesma capacidade, pois TUDO  o que Jesus fazia, fazia porque estava unido ao Pai e ao Espírito Santo e quando ele ressuscitou ele nos enviou o Espírito Santo. 


Como se proteger da rejeição? Como enfrentar a rejeição? Como lidar com a rejeição? Eu só conheço um caminho: CONFIAR PLENAMENTE NO AMOR E NA MISERICÓRDIA DE DEUS. Só o amor de Deus é capaz de nos capacitar para enfrentar essas situações e torná-las caminho de amadurecimento.


Portanto, meus irmãos, que você tenha coragem de buscar a cura do seu coração, a cura de suas rejeições e deixe Deus usar o coração para ser canal de cura para muitas pessoas que estão precisando. Nas próximas postagens refletirei as outras questões levantadas no início da postagem.


Abraço fraterno a todos!
Jonathan Melo 28.07.2012









3 comentários:

  1. Parabéns Jonhatan Melo!lembra que eu te disse que voce ainda ia escrever um livro?

    ResponderExcluir
  2. Obrigado ao desconhecido, mas quem é que comentou isso aqui? Algumas pessoas ja me disseram que eu ía escrever um livro... rs... Se for da vontade de Deus, eis-me aqui... Eu queria estar com mais tempo, tenho tanta inspiração para escrever...

    ResponderExcluir
  3. Bela reflexão!!! Eu estava precisando ler isso, pois não é fácil viver uma rejeição, mas Deus em sua infinita misericordia nos envia do alto a força do Espírito Santo para que consigamos perdoar, esse é o caminho!!! Parabéns pelo texto!!!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!