sábado, 4 de agosto de 2012

A Consagração!

Em 1982, com 21 anos, Léo Tarcísio ingressou no seminário do Sagrado Coração de Jesus em Lavras- MG. Após oito anos foi ordenado sacerdote, em 08 de Dezembro de 1990, na Paróquia de Nossa Senhora da Soledade, em Itajubá-MG.

O seu coração inquieto se alegrou, pois nesse dia ofereceu todo o seu ministério sacerdotal e toda a sua vida ao Sacratíssimo Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria.
A cerimônia seguiu o rito da Ordenação conforme a Santa Igreja:
Depois do compromisso em desempenhar a missão de sacerdote no grau de presbítero o Bispo declarou: “Deus, que te inspirou este bom propósito, te conduza sempre mais à perfeição”. 

Somente a Graça de Deus capacita para o Ministério, por isso, com o rosto prostrado ao chão, em sinal de reconhecimento da grandeza de Deus, é invocada a proteção Divina, pela Ladainha de todos os Santos.

“Reveste-me, Senhor com tua Graça!”- Ali experimentou a paz de Deus. É o momento em que Léo Tarcísio recebeu a estola e a casula, para revesti-lo de Cristo Sacerdote. A estola, sinal do poder sacerdotal, e a casula é a veste do pastor.

Suas mãos agora são ungidas com o óleo do crisma para consagrar, batizar, perdoar... Depois de ungidas foram atadas pelo Bispo e desamarradas para serem colocadas a serviço do povo de Deus. Seus pais, Quinzinho e Nazaré participaram desse momento, e emocionados lhes deram a primeira bênção.

As mesmas mãos ungidas receberam a patena com o pão e o cálice com vinho e a água, que serão transformados em Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor Jesus.
Após o rito da ordenação, a celebração seguiu com a liturgia Eucarística.

Assim aconteceu a ordenação do padre Tarcísio Gonçalves Pereira, conhecido como padre Léo, chamado a esse mundo para testemunhar o Evangelho de Jesus Cristo, através de sua vida. "... quero me oferecer a Ti, para que sendo teu, Tu me coloques a serviço dos homens, a serviço da tua Igreja, para a glória do teu nome. Sim Senhor, durante toda a minha vida eu quero ser teu". 

Hoje, dia em que celebramos as vocações sacerdotais, queremos nos unir a todos os sacerdotes, consagrados totalmente ao Senhor para a salvação de almas.
“Eu te escolhi, Eu te chamei, Eu te ungi, Eu te enviei”

Um comentário:

  1. Pe. léo realmente está no céu rogando por nós, no seu livro NA TRILHA DA CURA ele deixa bem claro como ir pro céu e viver uma vida santa. paz e bem!!!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!