sábado, 17 de novembro de 2012

Lembranças da "Tenda"!

Recordar as coisas boas que nos aconteceram é uma forma de manter viva a memória de quem partiu, tornando os momentos vivenciados sempre presentes em nossas vidas.
Trago aqui o testemunho de Marina Adamo, missionária da Canção Nova, autora dos livros: “Nínive ou Társis? Como escolher um caminho seguro.” e “Deus fala com você...”. Marina partilha conosco algumas lembranças de quando trabalhava como produtora do programa: ”Tenda do Senhor”, do qual padre Léo era apresentador.

Estando em missão nos Estados Unidos, Marina teve em mãos o DVD da inesquecível pregação: ”Buscai as coisas do alto”.
“Hoje, um ano após a morte do Pe. Léo, passei um dia inteiro lembrando, orando e meditando sobre o tempo que convivi mais de perto com o nosso querido Léo. 

Lembrei, o Pe. Léo que chegava ao camarim e lia a mensagem que eu escrevia no espelho: “Bem-Vindo Pe. Léo!!!” Estamos felizes com a sua presença entre nós!” Padre Léo, autêntico, verdadeiro e um reservatório de amor! Eu ficava na sala de recepção, recebendo os convidados e participando das conversas, mas eu gostava mesmo é de ouvir o Pe. Léo, era como uma discípula querendo aprender com o mestre. 

Lembrei das vezes que levava as camisas dele pra lavar em casa, e quantas vezes amassavam no cabide e antes dele chegar a Irene ou eu passávamos a ferro mais uma vez. Às vezes, ele trocava a camisa que eu havia escolhido porque não combinava com a cor da sua calça jeans. 

Lembrei da mesa de frutas que a Irene trazia e arrumava com tanto carinho, ele gostava de banana, mamão papaia e do suco de laranja natural que ela fazia, especialmente pra ele. 

Lembrei de tantos acontecimentos da Tenda, da primeira vez que o Pe. Vicente foi ao programa, percebi como o Pe. Léo o amava, e como eram amigos. Então, sugeri que ele viesse todas as segundas-feiras levar o Santíssimo no final do programa. O Pe. Léo gostou da idéia e o Pe. Vicente aceitou o convite. 

Agora depois de assistir o DVD, vi um Pe. Léo diferente, não só fisicamente, faço minhas as palavras do Pe. Joãozinho: “… o achei também meio santo demais… Diferente. Em nossa vida espiritual, somos chamados a passar de nível. A meta é o sétimo céu. Percebi que o Léo havia subido um lance da escada. Doença faz crescer. Purifica…” 
Chorei muito vendo esta pregação “Buscai as coisas do alto”, mais uma vez, aprendi com o Pe. Léo”. 

(Texto extraído do blog.cancaonova.com/marinaadamo)

Um comentário:

  1. Nossa bateu uma saudade agora...que não deu pra segurar as lágrimas...Eterno Padre Léo.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!