sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

A pregação silenciosa!

O silêncio daquele quarto de hospital já anunciava o Novo de Deus.
Padre Léo Tarcísio, sacerdote do coração de Jesus, homem de fé, sua pregação ultrapassou as fronteiras, testemunhando toda a força e coragem para enfrentarmos tudo o que nos acontece ao longo de nossas vidas. O seu conhecimento da Palavra de Deus, fruto de muito estudo, e a sua luta pela santidade, atingiu a muitos e nos ajudou a conhecer um pouco mais sobre o Céu.
No período de sua enfermidade, não pregou para multidões, mas proclamou com a própria vida o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.

O olhar do Senhor estava sobre ele, para conhecer na terra o seu caminho. A face do Senhor resplandeceu sobre ele, mediante a sua Graça. Ali reconheceu a presença real de um Deus misericordioso, que o tomou pela mão e o conduziu por um caminho tão sonhado.
Mesmo nos momentos mais dolorosos da doença, o padre não esmoreceu, ofereceu seu sofrimento, só confiou. Esperou em Deus, quando guardou no coração o trecho de Tobias (2,18b) que diz: “... e esperamos aquela vida que Deus há de dar aos que não perdem jamais a sua confiança nele”. 
Essa “vida verdadeira” está no encontro com Jesus, nos dizia: “nem que seja a partir dessa angústia que tantas vezes tomou conta do meu coração, a dor faz a gente ficar irracional... Nessa hora é o suspiro da alma que diz: Jesus, Jesus, Jesus... 

Silenciosamente ele pregava. Apesar da dor que sentia não deixou de nos exortar a sermos fiéis ao Senhor. Às vezes, sentia-se animado, com a Bíblia aberta, com caderno de anotações, na pequena mesinha do hospital, fazia roteiros para os retiros em Bethânia, escrevia e revisava textos. Outras vezes, cabisbaixo, quieto, contemplativo, orando. Na hora da dor terrível, sofrendo os efeitos da quimioterapia, a sua fé o sustentava. A febre altíssima o fazia delirar, falar coisas sem nexo, perdendo o contato com este mundo. Nessa hora, a sua alma entrava em comunhão com Deus.
Ficou cego, mas conduzido pelo Senhor, enxergou a sua meta, conforme escreveu: "A cegueira física não pode nos impedir de enxergar nossa meta... São esses ideais que nos impulsionam nos momentos difíceis da caminhada".
Sabemos que seu corpo estava fraco, mas o seu espírito se renovava a cada dia.

Finalmente a felicidade do Paraíso Celeste foi alcançada, em 04 de janeiro de 2007. Esse mundo não era digno dele, por isso Deus o levou. Viveu o amor na sua maior dimensão e, por isso, encontra-se na presença do Senhor, de maneira plena, perfeita, na Eternidade.

Até breve, padre Léo!

7 comentários:

  1. Hoje fazem 06 anos de seu falecimento que Deus possa abençoa-lo no céu...

    ResponderExcluir
  2. DESDE A PRIMEIRA QUE EU ESCUTEI ,NUNCA ME ESQUECI, O MODO COMO FALAVA, COBRAVA, A CORAGEM E DETERMINAÇÃO FEZ CREER QUE EXISTE UM DEUS ACIMA DE NÓS,QUE O ESPIRITO SANTO, O ESPIRITO DE DEUS GUARDE ELE E ME DE A SABEDORIA QUE NECESSITO. CREIO NO PAI ETERNO E MISERICORDIOSO.

    ResponderExcluir
  3. Nasci e fui criada sob os dogmas da Igreja Católica...O testemunho de vida sacerdotal do Pe Leo atravéz suas pregações, livros, obras etc. deu-me a certeza que DEUS é tudo e simplesmente AMOR... Seu legado, a força e carisma da sua palavra, eternizada pela tecnologia, continuará travéz dos tempos a evangelizar!

    ResponderExcluir
  4. PE. LEO NOS ENSINOU E ATRAVEZ DE SUAS PREGAÇOES
    ATE HOJE A CANÇÃO NOVA NOS APRESENTA AS MARAVILHAS DE DEUS VIVO E PRESENTE EM NOSSOS CORAÇÕES, APRENDI ATÉ COMO MORRER COM JESUS:: PE. LEO SUBEENDEU Q. A INTIMIDADE COM DEUS É Q. SUSTENTOU A DOR COM PAZ,Ex:NÃO FEZ ACUPULTORA, CHAMAVA POR JESUS NA HORA DE MUITA DOR.
    DEUS ABENÇÕE VCS Q, CUIDA DAS COISAS QDE JESUS Q. CONTINUAMOS.

    ResponderExcluir
  5. Pedi a intercessão de cura da minha filha para o Pe Leo e minha filha foi curada já no dia sequinte

    ResponderExcluir
  6. Pe.Leo, foi um anjo que nos ajudou a buscar o céu. Saudades! O que continua me ajudando são suas pregacoes todas as semanas, espero que continue. Pe.Leo obrigada por tudo. Deus seja louvado!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!