quinta-feira, 28 de março de 2013

Aqui começa a eternidade!

O ser humano não encontra na vida terrena o sentido para a sua existência, nem algo para a sua plena satisfação. Na busca de si mesmo, na busca de Deus, do amor, de paz e de esperança, o jovem Léo Tarcísio faz este poema:
"Com sede de achar Deus, com fome de amor e Paz. Abandonei os meus, e ganhei irmãos a mais. No coração traspassado, sentado aos pés da cruz, água e sangue do lado, ali encontrava Jesus. Uma nova mãe ganhei, minha cruz eu recebi. Uma nova vez chorei, pois doeu sair de mim. E foi assim morrendo aos poucos que eu nasci para a vida". 

É preciso abrir caminho, não existe estrada pronta. É preciso caminhar e deixar que o Senhor oriente os nossos passos. É preciso deixar-se conduzir e guiar pelo Espírito Santo. A resposta do jovem Léo ao chamado de Deus se manifesta desbravando um único caminho: Jesus. "Não encontrei em nenhum lugar o que sempre procurava, e me perdendo fui achar alguém que muito me amava..."

Ninguém pode seguir Jesus, se não se consumir por Ele. Léo Tarcício encontrou a Luz, mas também encontrou a cruz.
Ao contemplarmos Jesus pregado no madeiro, aos olhos humanos é um quadro triste, porém não nos foi dado penetrar nos desígnios de Deus, assim diz a Palavra. Olhamos o que é aparente, falta-nos confiar e acreditar que depois do calvário vem a ressurreição. A morte na cruz, a obediência ao Pai nos mostra o caminho para a verdadeira Paz . Jesus nos mostrou o caminho da ressurreição.

Jesus sofreu para que pudéssemos enfrentar o sofrimento, não como derrota, mas como amadurecimento, crescimento espiritual. Padre Léo que experimentou tantas dores, contrariedades, isso nos dá a certeza de que não encontraremos o verdadeiro caminho, sem antes passarmos pelas provações e realizar o sacrifício e o louvor a Deus com a própria vida. Entendemos o projeto do Senhor na vida daquele que teria que passar pelo calvário, para ganhar a vida eterna. Deus jamais leva a pessoa à morte, pois seu projeto é nos dar vida e vida em plenitude.

Hoje a ovelha já não pertence mais a este rebanho. Regressou, pois cumpriu sua missão. Agora ela pertence ao Senhor e estará com ele por toda a eternidade.

(trechos do livro: Rastros de Deus)

Um comentário:

  1. Olá!!!A paz de CRISTO!
    Primeiro gostaria de parabenizá-los pelo blog!Sempre que eu posso dou uma olhadinha,me faz muito bem!Por acaso os videos do padre Léo no youtube,e não pareimais de assisti-lome interecei por seus livros,obra e vida.Realmente fui tocada por algo que não sei explicar.Muidei minha maneira de pensar,meu apego nas coisas e ideias erradas que tinha,o pensamento sobre a morte e o sofrimento!Nossa,muita coisa.Conheci a renovação carismática,sempre que posso assisto também a canção nova,estou procurando um grupo carismático aqui na minha cidade para participar,doei minhas roupas decotadas insinuantes,nem assisto mais TV,e o engraçado é que me sinto muito bem assim.Bem,em meses descobri a comunidade Bethania a qual ajudo,viajei até Santa Catarina fui conhecer a comunidade de perto,tenho videos,livros,camisetas,enfim,sou admiradorade sua história de vida!Ele dizia que os santos que ele mais admirava eram as pessoas como nós que tem uma vida humana mas que se convertem no Senhor.Por isso,eu gostaria que voces postasem mais historia cotidianas,fotos inéditas ou de quando era jovenzinho,porque a vida dele serve de testemunho para mim,quando vejo o que Deus fez na vida dele,eu penso que isso também pode acontecer comigo!!Desejo que cada vez mais sintam-se motivados a continuar a dividir com nós as histórias maravilhosas e também tristes do padre Léo!
    grande abraço,Renata.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!