sexta-feira, 15 de março de 2013

Deus montou sua "Tenda" entre nós!

“Nós sabemos quando a nossa morada terrestre, a nossa tenda for desfeita, receberemos de Deus uma habitação no céu, uma casa eterna não construída por mãos humanas” (II Cor 5,1)
A casa construída por Deus é eterna. São Paulo usa a comparação com os nômades do deserto, que acampam e depois desmontam a tenda do acampamento para continuar a caminhada, porque o deserto não é morada definitiva.

Padre Léo, entrevistado pela Canção Nova, responde de modo profundo sobre o “Acampamento”, evento importante que acontece em Cachoeira Paulista.
“Se você olhar a história da revelação de Deus com o ser humano, é um grande acampamento. Deus vai montando a sua Tenda. Quando São João traduz ‘o Verbo de Deus se fez carne e habitou entre nós’, na verdade a tradução correta seria: ‘O verbo de Deus se fez carne a armou sua tenda entre nós’”. 

Estamos sempre a caminho:
“Acampamento significa: parada para caminhar mais, descanso, repouso. Acampamento é sempre lugar deste encontro com Deus e partilha com os irmãos. Acampamento é a parada para tomar um novo fôlego para depois continuar a caminhada, este é o grande sentido de toda a nossa vida. Nós não temos aqui morada fixa, diz São Paulo. Corremos o risco de ir criando raízes, não! O ser humano não tem raízes. Ele está sempre crescendo, está sempre se acampando”.

Jesus veio morar na “Tenda” de um corpo humano, peregrinando no deserto desse mundo. O padre Léo apresenta-nos esse roteiro maravilhoso:
“Jesus foi aquele que primeiro se acampou no seio de Maria, depois se acampou no Egito, se acampa em Nazaré até os seus trinta anos. 
Logo que Ele inicia o seu ministério Ele passa a viver em Cafarnaum, portanto se acampa em Cafarnaum. Todas as vezes que ele vai a Jerusalém ele se acampa em Betânia, portanto Jesus tem seus acampamentos, onde aconteceu a multiplicação dos pães, onde aconteceu o sermão da montanha... Deus se acampa!” 

Somos os nômades do deserto:
“Todo este sentido de acampar: para sentar junto, para fazer experiência com Deus que nos entende, que nos atende, nos compreende, portanto nos ama e nos perdoa e depois então juntar este acampamento para fazer mais uma caminhada, andar mais um pouco. Acho que é neste sentido, nesta dinamicidade. Eu não tenho morada fixa, eu armo a minha tenda, mas, ao mesmo tempo eu tenho que parar. 
E a Canção Nova tem tido uma experiência muito feliz!"

Jesus é a verdadeira tenda do Senhor, sua morada no meio dos homens. Aqui, lugar onde vivemos a nossa história, cujo fim é a comunhão com Deus. Entrando na sua tenda, atravessaremos com segurança o deserto da nossa peregrinação.

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!