quinta-feira, 25 de abril de 2013

Que lugar Deus ocupa em sua vida?

Que o amor do Cristo ressuscitado esteja convosco! Hoje eu estava na formação de catequistas e estando em oração pedia que Deus me desse uma inspiração para escrever a postagem. Em meio a reunião Ele me deu a resposta diretamente da minha própria vida e que coincide com a pregação que eu ouvi semana passada do Pe Léo. A resposta veio como uma pergunta: Jonathan que lugar eu ocupo em sua vida?



E a pregação do Padre Léo tem justamente esse título: Que lugar Deus ocupa em sua vida? Meus irmãos se formos ser sinceros consigo mesmo, a resposta não é a que gostaríamos de dar. Lógico que de forma imediata responderíamos: "Deus está no meu coração". 

Mas se formos analisar nossas vidas de forma aprofundada, acordamos e já corremos para o trabalho ou estudos. Muitas vezes fazemos a oração matinal ou tomando banho, ou tomando café, ou a caminho do trabalho ou da escola. Em meio a correria, em meio a zoada, agradecemos, pedimos as nossas intenções para aquele dia. Chega hora do almoço, vem outro turno de trabalho, para alguns é ir a outro curso, ou alguma outra atividade como praticar algum esporte, caminhada, pedalar, musculação, outros é aula de canto, dança, algum instrumento musical.

Chega a noite muitos vão assistir novelas, filmes, seriados, conversar na frente de casa, às vezes reunião na igreja, ensaio de coral, se divertir com os amigos... Quando vemos o dia todo tem passado e vamos nos deitar muito cansados, fazemos uma oração de gratidão, isso quando fazemos, pois pela correria em que vivemos ao deitarmos dormimos feito uma pedra. 

Por isso essa pergunta é capital para nossa vida humana e nosso relacionamento com Deus. Que lugar verdadeiramente Deus ocupa em nossas vidas? Quanto de nosso dia doamos para Deus? Quanto tempo para ler a sua Palavra? Quanto tempo paramos para refletir o que essa Palavra tem a nos dizer? Quanto tempo paramos sequer para rezarmos com os fatos do nosso dia, com as coisas que estão em nosso coração?

Quantas vezes ao dia perguntamos o que Deus quer de nós para aquele dia? Quantas vezes silenciamos para tentar ouvir o que Ele tem para nos dizer? Muitas vezes conversamos horas pelo telefone e quantos minutos conversamos com Deus em nosso dia?

Mas é muito fácil olhar para Deus e questionar porque nossa vida vai tão mal e por vezes culpa-lo por isso. Sabe porque nossas vidas muitas vezes vai mal? Por todas as respostas negativas que damos a esses questionamentos acima. É triste, mas é verdade. Vivemos de qualquer jeito, não paramos para ouvir o que Deus quer de nós ou quando ouvimos não obedecemos. Como queremos ter uma vida abençoada se não damos a Deus o devido lugar a Ele em nossas vidas? 

Como ter uma vida abençoada se damos mais importância as coisas da vida do que as coisas de Deus? Como viver uma vida abençoada sem cultivar a intimidade com Deus? Como viver bem se não somos ou procuramos ser amigos de Deus? 

E agora você pode estar  querendo perguntar: Como corrigir tudo isso? Como recomeçar da forma certa? A resposta que encontrei para mim e a que compartilho com vocês hoje é que devemos perguntar a Deus como fazer isso. Talvez a partir dessa pergunta, começamos um novo exercício de procurar ter intimidade com ele. 

Nada acontece por um acaso, intimidade se cria através de um exercício diário. Amor, cura interior, perdão, amizade tudo isso é fruto de muito esforço, é fruto de criação, é fruto de conquista, e tudo isso passa pelo exercício diário. Então meus irmãos fica aqui o meu desejo tanto para mim quanto para cada um de vocês que recomecemos essa intimidade e amizade com Deus buscando-o através da oração e alimentando através de sua Palavra e da Eucaristia. Deus se deixa encontrar a quem o procura, creia nisso. 

Abraço fraterno...
Jonathan Melo

Um comentário:

  1. é isso que estou precisando, criar uma intimidade com Deus, colocar Deus em seu devido lugar em minha vida corrida e atarefada, parar de dar a Deus as sobras, os restos...

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!