quinta-feira, 21 de novembro de 2013

A têmpera da juventude!

Um jeito novo era o relacionamento do padre Léo com os jovens. Foi ao encontro deles, desde quando o Senhor lhe deu a graça de ser um jovem sarado.
A força do amor de Deus que estava nele, o motivava ao desafio de ir às ruas, com a têmpera de um guerreiro, ensinando-os a viver com esperança no futuro, acolhendo-os em seu coração, a sua primeira Bethânia. Nunca saberemos quantos jovens foram atingidos por esse amor.

O grande resultado foi a resposta desses jovens, que passaram a participar em massa das missas na capela do Espírito Santo, no Colégio São Luiz em Brusque-SC.
As suas pregações nos acampamentos PHN, em Cachoeira Paulista, na sede da Canção Nova, proporcionavam aos jovens uma nova oportunidade de conversão.

Chamamos de “têmpera” o processo utilizado com os metais para aumentar a sua dureza, especialmente o aço, para torná-lo mais resistente.

Padre Léo, em sua pregação: “Jovem, acorda e levanta-te!”, Acampamento PHN/ 2005, com seu modo peculiar, faz uma comparação entre os jovens de têmpera da época de sua juventude, que lutavam pelos seus ideais, com os jovens acomodados de hoje.
"A juventude é a época do fogo, dos sonhos, dos ideais. Estamos precisando com urgência. Estou com saudades dos jovens sonhadores, dos jovens que ainda acreditam num mundo diferente, em profissões diferentes. Quero crer nos jovens que acreditam nos grandes ideais. É essa têmpera, a têmpera você não perde, mas é preciso que você comece esse treinamento hoje: Jovem, levanta-te!". 

Ali, aquela juventude era chamada a construir um mundo novo e para isso era preciso muita garra, luta e determinação.
"Saia desse buraco, desse marasmo, você está se acomodando demais". 

Diante das frustrações, do medo, da ansiedade, da insegurança, o desejo enfraquece e com isso cresce a insatisfação.
"Hoje nós temos uma juventude obesa, frustrada, incoerente, insatisfeita, e vão se tornando jovens murmuradores. Quem começa no murmúrio perde a coragem". 

O ano 2013 foi dedicado à juventude, mas ainda não acabou, e não irá se acabar. Vimos na Jornada Mundial a beleza de tantos jovens, de todos os
cantos do mundo. Vimos a mão de Deus agir neles. Agora, como a um tributo ao padre Léo, temos que trilhar o mesmo caminho, buscando concretizar seus sonhos, e fazê-los acreditar em seus ideais. Só é preciso o treinamento de levantar, e sai do
comodismo. E serão protagonistas de um novo mundo.

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!