domingo, 20 de abril de 2014

Celebremos a verdadeira Páscoa!

As celebrações litúrgicas da Semana Santa, também chamada Semana Maior, culmina na Páscoa do Senhor, a passagem para uma vida plena.
Jesus Cristo, o primeiro que morreu e ressuscitou, nos mostra que a morte não é o fim do homem, mas abre a porta para o grande anseio do homem: a vida eterna.
A Ressurreição de Jesus dá um novo sentido à vida e à morte. Não podemos aceitar que a vida humana seja apenas viver por viver. Quem vive desta maneira é que, de fato, não acredita na vida eterna.

O Reino de Deus anunciado por Jesus está entre nós e podemos realizá-lo aqui, com os recursos de que dispomos. "Devemos exercitar o domínio sobre nós mesmos, sobre os nossos desejos, acolhendo aquilo que está de acordo com as coisas do alto e rejeitando tudo aquilo que nos atrapalha na caminhada. A certeza da morte e da vida eterna nos ajuda neste processo. O medo da morte é uma das grandes causas da infelicidade humana. Não adianta amenizar a morte. Ela é a nossa única certeza. Sabendo disso, devemos canalizar nossa vida para valores que vencem a morte, que ultrapassam a morte, como Jesus fez e nos ensinou. Essa certeza deve tornar-se um parâmetro para que possamos julgar nossas ações, palavras e pensamentos. Se não sou eterno, o que tornarei eterno com minha vida? É preciso deixar marcas do eterno por onde passamos e com quem convivemos". 

Deus está presente na história dos homens e em tudo o que constitui este mundo. A Ressurreição de Jesus representa o mundo novo que vamos construindo, no dia a dia, em meio às dores e conflitos, para realizar em plenitude o Reino de Deus. "Buscar as coisas do alto é saber que essa meta é possível de ser alcançada. Não é fácil, fácil é ir para o inferno, já que não exige esforço nenhum. As coisas de Deus são sempre difíceis, porque nos apegamos demais às coisas aqui da Terra". 

A nossa vida cristã é um crescer contínuo, é viver a vida de Cristo, vivendo nossa vida humana. É superar as marcas da morte através de uma experiência com o Cristo Vivo. "O cristão não tem limite, nosso único limite é a cruz, e a cruz é salvação para nós". 

Celebrar a Páscoa verdadeira é, portanto, mergulhar nesse mistério da ressurreição de Jesus. A partir desse acontecimento o mundo ouve a voz que grita em nossos corações: “Ressuscitei e estou convosco”. Aquele que venceu a morte está entre nós! A esperança toma conta do mundo.
Graças à sua morte podemos ressurgir para uma nova vida. Buscar as coisas do alto é descobrir essa “vida nova”, para sermos testemunhas do Cristo Ressuscitado, diz padre Léo.
A nossa fé nos dá forças para continuar o caminho, para a vida eterna, na glória, com o Pai.

(trechos do livro: “Buscai as coisas do alto”- padre Léo) 

Feliz Páscoa a todos!
Equipe blog padre Léo eterno

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!