terça-feira, 10 de junho de 2014

A coragem de amar!

Olá meus queridos irmãos em Cristo Jesus, que a misericórdia de Deus ilumine os olhos dos vossos corações. Deus nos criou para amar! Deus nos chamou ao amor! Deus nos deu o seu amor para que pudéssemos amar. Como se não bastasse Jesus nos deu todo o seu amor numa cruz. E ainda achando pouco nos deu o seu Espírito Santo.

O amor puro incomoda. Há pessoas com corações tão feridos e machucados que não suportam ver o amor, ver pessoas se amando, ver amigos se cuidando. Quem ama quer cuidar, quer dar carinho, quer proteger. Mas há muitos de nós que não conseguimos compreender porque algumas pessoas não conseguem compreender, aceitar e muitas vezes receber amor.

Quando nos deparamos com pessoas assim, mesmo tendo um coração cheio de amor, isso nos dói. Dói muito, pois vai de encontro a nossa natureza. Viemos do Amor, fomos gerados pelo Amor, e somos amor. então tudo que vai de contra ao amor, fere a nossa natureza.

Sabe qual é um dos caminhos para lidar com essa situação? É AMAR! O amor é a maior força que há no mundo. Derruba até os corações petrificados, derruba orgulho, prepotência, arrogância. O amor é como uma barragem que estoura e sai inundando tudo pela frente. É uma força incrível.

Mas você pode estar se perguntando: mas como amar pessoas que são ruins, prepotentes, arrogantes...? O amor mesmo sendo o maior e o primeiro dos sentimentos, muitas vezes ele necessita de outras ferramentas. Para lidar com pessoas de personalidade difícil, para lidar com maldade, com corações de pedra, com pessoas insensíveis, precisamos pedir a Deus sabedoria.

Só Deus é capaz de iluminar os olhos do nosso coração para podermos enxergar o coração do outro que está tão ferido e machucado que não consegue aceitar o amor de ninguém, nem suporta ver pessoas se amando. Precisamos enxergar o outro com os olhos de Deus. Mas, em situações bem delicadas, precisamos também de paciência, de discernimento e sobretudo de perdão.

O perdão é um desdobramento do amor. Algumas pessoas só conseguiremos amar, se conseguirmos perdoá-las antes. Se conseguirmos entender suas fragilidades, se conseguirmos abraçar seus limites. E qual é o caminho, qual é a porta que abre esse coração para o amor e abre a nossa disposição em amar esse coração ferido e machucado? 

A oração! Ela é a porta que nos leva ao coração de Deus. Através dela nós conseguiremos todas as ferramentas para enfrentar essas situações delicadas. Que hoje nós possamos tomar uma decisão: a decisão de amar com todo nosso coração. 

Precisamos iluminar o amor sobre todas as sombras de todos os corações feridos e machucados. Nos dizemos cristãos? Então precisamos amar. Não existe cristão sem amor. Toda vez que quisermos inventar uma desculpa para não amar alguém, basta voltarmos os nossos olhos para a cruz e contemplar a expressão máxima do amor e amor gratuito a todos nós. E do coração rasgado de Cristo na cruz, podermos tomar posse do infinito amor de Deus e através dele sermos canais de amor.

Não tenhamos medo de amar. Só ama quem é corajoso. As situações estão difíceis? Tem alguém querendo parar o seu coração de amar? Ame! Ame! E ame! E quando pensar em desistir: Ame mais ainda! Desista da desistência de não amar.

Ame!
Abraço fraterno!
Jonathan Melo

2 comentários:

  1. É só com a busca incessante da sabedoria divina. É com a força do espírito santo para conseguirmos perdoar e amar o próximo e a nós mesmos.

    ResponderExcluir
  2. É só com a busca incessante da sabedoria divina. É com a força do espírito santo para conseguirmos perdoar e amar o próximo e a nós mesmos.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!