sábado, 5 de julho de 2014

A "esperança" vem do céu!

O arco-íris também chamado arco-da-aliança, é um dos mais belos fenômenos da natureza.
Segundo a mitologia grega, esse fenômeno aparece quando a deusa Íris atravessa o céu, deixando um rastro colorido, trazendo aos homens a mensagem de Zeus.
Uma lenda da literatura infantil diz que: “No fim do arco-íris há um pote de ouro”.

Para nós católicos, o arco-íris deve nos lembrar a misericórdia de Deus. Após o dilúvio, Deus prometeu a Noé que depois da chuva seu arco apareceria nas nuvens como símbolo da aliança entre Deus e os homens. Através dessa aliança, o Senhor promete vida para todos. 

Cientificamente o arco-íris aparece quando um raio do sol bate em uma gotinha d’água, na atmosfera, é desviada e se decompõe nas sete cores, assim distribuídas: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta. Cada cor tem o seu significado próprio e faz brilhar a sua beleza, nos trazendo a esperança. Apesar das nuvens escuras, vemos o arco-íris da esperança. A beleza do conjunto de cores reflete um mundo melhor, que supera toda a forma de morte.

Nós cremos no amor eterno. O arco-íris, sinal de Deus, promessa da misericórdia do Senhor para com o seu povo, é para nós sinal de esperança, que nos faz acreditar que um novo mundo é possível. Mas é preciso ter uma fé que enxerga o eterno.
A nossa experiência de fé nos garante que o fundador de Bethânia padre Léo está vivo na vida da comunidade. A palavra “esperança” veio ao coração de Eraldo Mattos, integrante do grupo “Anjos de Resgate”, quando viu o arco-íris riscando o céu, naquele dia 04 de janeiro de 2007, no dia do seu falecimento.

Novamente o arco-íris vem riscar o céu de Bethânia, no dia 15 de Junho, no Recanto de Uberlândia, por ocasião do lançamento da pedra fundamental para a construção da “Casa Lázaro”.
São os insondáveis caminhos de Deus, para confirmar a missão da Comunidade Bethânia, para dizer que em meio às lutas, é preciso ter fé, ficar firme no propósito de salvar vidas, apresentar uma juventude de corações renovados, não ceder diante das dificuldades, e seguir em frente.

Essa comunidade fraterna, sonho real, é semente da vida que germina em cada recanto Bethânia, se abrindo à esperança de um novo tempo, nova vida.
O trabalho incansável do padre Léo em favor dos pobres alimenta essa esperança, conduzindo com a sua intercessão lá do céu, a missão Bethânia no processo de restauração de muitos jovens. 

“Quando deixarmos de ter esperança, é melhor apagar o arco-íris” (Mário Lago).

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!