quinta-feira, 24 de julho de 2014

Amor, SIM! Ressentimento, NÃO!

Meus queridos e amados amigos, que o amor de Deus cure os vossos corações. Pe Léo pregou incessantemente sobre o ressentimento. Combateu com todas as suas forças esse grande mal que é o ressentimento. 

Na maior parte das vezes somos afetados pelo ressentimento pelas pessoas que nós mais amamos. O ressentimento é consequência de alguma ofensa ou injustiça recebida. Como se isso não bastasse parece que fica uma voz em nossas mentes dizendo que temos total razão para estarmos ressentidos, tristes, machucados, pois não merecíamos o que nos aconteceu.

Quantas perguntas invadem a nossa mente: porque meu amigo fez isso comigo? O que fiz para merecer tal tratamento? Porque essa injustiça acontece justo comigo que tanto me esforcei para amar? Essas e tantas outras perguntas vem nos massacrar.

Jesus nos alertou sobre as dificuldades que teríamos de enfrentar em nossas vidas. Em nenhum momento Ele falou que iria retirar essas dificuldades de nosso caminho, mas nos enviou o Espírito Santo para nos ajudar em nossa caminhada.

Jesus nos mostrou qual o caminho a seguir quando estamos diante das dificuldades. Jesus Sempre se retirava para rezar. Ele buscava sempre estar junto do Pai para poder fazer cumprir a vontade dele. Quando estava prestes a vivenciar o calvário, Ele entrou em oração mais uma vez. Soube ter a humildade em reconhecer a vontade de Deus e com muita obediência seguiu até a cruz. 

Quando somos invadidos pelas mágoas, dores, ressentimentos, o que fazer? Nos retirar para rezar. Precisamos entrar na presença de Deus para buscar nele a sabedoria para vivenciar essa situação.

Quando nos colocamos em oração entramos no coração de Jesus. Nele podemos deixar nossas dores, mágoas, ressentimentos. Podemos deixar o nosso jugo pesado, os nossos pesos que tanto nos machucam. Podemos deixar com ele todas as nossas preocupações. 

Através de nossa oração, de nossa intimidade com Deus, Ele nos dá capacidade de saber silenciar na hora da dificuldade. Ele nos dá ferramentas para evitar que falemos palavras que machuquem os outros. Ele nos dá paciência, sabedoria e discernimento. 

Como se vence o ressentimento? Como se vence as mágoas? Como conseguimos lidar com as pessoas que nos machucaram? A resposta é muito simples: Com o amor! O amor é a maior força que existe na natureza. Só com amor é que conseguimos eliminar o ressentimento de nossos corações. Amor e ressentimento não cabem no mesmo coração. O amor é como a luz que sai dissipando todas as trevas e sombras.

Através da nossa oração, Deus vai curando as feridas que foram causadas através das palavras que foram proferidas para nós. Deus vai lavando o nosso coração de todo o ressentimento, mágoa, dor e tristeza. Ele não só lava o nosso coração, como também cura, restaura e renova nos tornando novas pessoas, novos filhos amados. 

Como se isso não bastasse Ele ainda inunda, transborda o nosso coração de muito amor, pois sabe que é só com o amor que nós conseguimos recuperar o que se foi perdido. Só o amor é capaz de reconquistar um coração que foi perdido. Só o amor é capaz de transformar um coração de pedra em coração de carne. Só o amor pode reconstruir aquilo que foi derrubado. Só o amor é capaz de curar. Só o amor é capaz de reconquistar a confiança de quem machucamos. Só o amor é capaz de nos dar a capacidade de perdoar aquele a quem nos feriu. 

Quer ser feliz? Então diga sim ao amor e não a tudo aquilo que é contrário ao amor! Diga sim a Deus! 

Abraço fraterno...
Jonathan Melo

2 comentários:

  1. Hj ao ler esse artigo senti o meu coração mais leve
    Me deu a sabedoria que eu precisava
    Silvana

    ResponderExcluir
  2. Padre Léo Homem de Deus, anjo que transmite paz e sabedoria aos nossos corações.
    Como gostaria de ter conhecido.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!