quarta-feira, 2 de julho de 2014

O jardim de Deus

Olá meus irmãos, que o amor de Deus cure os vossos corações. Deus criou um imenso jardim e nos plantou como rosas e flores para deixá-lo mais belo e perfumado. Ele nos regou com seu amor, nos deu o sol para nos iluminar todos os dias, a chuva para nos lavar e fecundar a terra onde fomos plantados. 

Cuida de cada um de nós como sua rosa preciosa. Essa que Ele sempre quer ver bela e perfumada. Com nosso perfume (amor), Ele queria que perfumássemos as vidas de nossas irmãs rosas.

Tudo isso parece uma utopia, pois se formos olharmos para a nossa realidade, não conseguimos enxergar nenhum jardim. Vemos um mundo doente, pois esse mundo é reflexo dos nossos corações feridos e machucados.  

Machucados, pois ao invés de alimentarmos em nós o amor de Deus para que pudéssemos ser lindas e perfumadas rosas, nós estamos alimentando os nossos espinhos. Eles que crescem assustadoramente rápido em nossos corações.

Espinhos de mágoas, ressentimentos, rancor, lamúrias, falta de perdão, falta de amor próprio, arrogância, prepotência, invejas, fofocas, faltas de compreensão com o próximo, ira, remorso, arrependimentos... Com esses espinhos estamos furando uns aos outros, matando esse jardim de Deus, por isso estamos vivendo num jardim caótico.

Rosas que deveriam formar um belo jardim de amor, de paz, de harmonia, de perdão, de caridade, de compreensão. E porque não conseguimos ser esse jardim? Onde está o problema? Padre Léo nos responde: "Nós machucamos as pessoas, pois temos um coração ferido e machucado."

Não há outra saída. A única forma de voltarmos a ser rosas de Deus é curando o nosso coração ferido e machucado. Através da cura do coração, nós conseguiremos adentrar no amor infinito que é o coração de Jesus. Precisamos mergulhar nesse coração. 

Precisamos abrir mão de tudo que somos, fazemos, pensamos e nos lançar de corpo e alma nesse coração. Nos deixar ser lavados, curados, restaurados por esse coração. Precisamos nascer dá água e do Espírito. Jesus pode e quer fazer de cada um de nós novas rosas (criaturas)  em seu amor.

Ele tem poder suficiente para isso. Muitas vezes esse milagre não acontece em nossas vidas, por que não acreditamos que Ele pode realizar isso em nossas vidas. Às vezes até acreditamos, mas achamos que não merecemos, por isso continuamos a perder essa graça.

Que o Espírito Santo de Deus venha em nosso auxílio e nos dê a graça de abrir o nosso coração para que Jesus possa nos curar e que curados nos coloquemos a serviço do seu amor!

Abraço fraterno...
Jonathan Melo

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!