quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Miramar e a chegada de Padre Léo no Céu

Padre Léo e Miramar


Quando o Léo chegou no céu, foi assim: Jesus veio com um abraço enorme e acolheu o Léo como se fosse o próprio Cristo (rsrsrss), quer dizer, Ele mesmo, e disse: "Bem-vindo à Bethânia!!!!"

Aí foi aquela festa: Seu Quinzinho, Jucélia, o Sueco e os santos brasileiros foram convidados para estar lá, Santa Paulina e Santo Antônio Galvão. O Léo se surpreendeu com o Frei Galvão todo santo de altar, mas Jesus deu uma piscada e disse:“Agora é oficial, né? Já podemos tirar ele do serviço secreto!”

Aproveitando que Santo Antõnio Galvão é o padroeiro da construção civil, Jesus mandou ele dar uma volta e apresentar o céu. Lá foram os dois. Tudo muito bonito (Deus é beleza), tudo muito simples e harmonioso, até que chegaram numa verdadeira mansão com uma vista maravilhosa para o Vaticano.

O Léo disse: “Nossa, gostei da casa de Deus…” Mas o Frei Galvão tossiu, deu uma pigarreada e acabou dizendo: “Deus vive com a gente, essa casa é de um homem muito importante, um advogado!”

Pra quê? Quase que o céu vem abaixo! Foi esse o dia que deu aquelas inundações em São Paulo… O Léo queria pegar o tal advogado pelo colarinho! “Onde já se viu???” “Privilegiados no céu?” Tiveram que chamar São Pedro para apartar o negócio.

São Pedro veio muito tranquilo e disse: “Sabe o que é Léo? O advogado pediu e Nosso Senhor achou que ele podia ter uma casa dessas… sabe como é? Marketing! Desde que Jesus abriu o paraíso para nós há quase 2.000 anos, este é o único advogado que chegou aqui…”

MIRAMAR

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!