segunda-feira, 13 de outubro de 2014

O amor é um dom do Coração de Jesus

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:



Olá meus queridos e amados irmãos, que o amor do Cristo ressuscitado esteja convosco!
Deus nos criou a sua imagem e semelhança, somos a obra prima do Pai. Se Deus é amor, consequentemente nós também somos amor, pois nascemos do Alto, nascemos do coração do Pai. Fomos gerados pelo Amor maior, somos amor.

O amor é a coisa mais perfeita que existe na Terra. Se fomos criados do Amor e somos amor, então por que nós não conseguimos amar? Por que nós não sabemos o que é, verdadeiramente, o amor? Simplesmente porque não conhecemos a Deus. Se não conhecemos o Pai também não nos conhecemos, pois somos sua imagem.

Deus nos ama com um amor gratuito, não nos pede nada em troca para nos amar. O amor é livre, sobrevive de liberdade. Deus nos ama na liberdade, tamanha liberdade que até nos deu a livre escolha de poder viver sem Ele, viver sem o seu amor. E mesmo que rejeitemos o seu amor, Ele continua escolhendo nos amar. Porque? Porque Ele é amor e o amor só sabe amar.

Nosso 'amor' humano está muito longe do amor de Deus. O amor dele é perfeito, a essência do amor é a perfeição, pois vem da natureza de Deus. Nosso 'amor' humano é um amor egoísta, que só sabe amar com reciprocidade, não sabe se dar e quando se dar não se dar por inteiro porque sem o verdadeiro amor somos incompletos.

Não nos conhecemos, portanto não podemos nos dar completamente a alguém. Escolhemos viver os sentimentos mesquinhos, sentimentos que não vem do amor. Por isso vivemos uma vida tão miserável, repleta de ressentimentos, mágoas, angústias, medos. 

Vivemos uma prisão afetiva, num corredor de solidão. Mas não queremos viver nesse corredor sozinhos por isso atraímos as pessoas a esse nosso mundo de dor e sofrimento.


Como podemos mudar essa vida miserável? Com amor! Como podemos amar gratuitamente? Aprendendo a amar com o modo de amar de Jesus!

O amor é um dom do Coração de Jesus, por ser dom é gratuito. O dom nos é dado como uma semente e como tal precisa morrer para germinar. Os dons que Deus nos dá, precisam morrer dentro do nosso coração para poder germinar e darem frutos. O dom do amor quando 'morre' dentro do nosso coração, ele fecunda todos os nossos dons. Ele anima nossa alma, dá sentido a nossa vida.

Para que isso aconteça em nossas vidas precisamos nos decidir pelo amor de Deus, precisamos pedir a Deus que nos traga de novo ao seu amor, precisamos pedir que Ele nos ensine a estar sempre mergulhados no seu amor para que aprendamos a amar como ele nos ama. Para isso não há outro caminho senão a oração.

Rezemos:
Senhor Jesus, dá-me a graça de poder buscar o teu amor, buscar o teu coração. Quero me abandonar em teu coração. Não quero mais viver essa vida miserável. Não quero mais mendigar amor de ninguém. Não aguento mais viver essa prisão afetiva.

Eu não sei como mudar a minha vida, eu não sei como andar, para onde ir, o que fazer. Então envia Teu Espírito Santo ao meu coração, ao abismo de medo onde me encontro. Vem Espírito Santo, retira-me dessa prisão afetiva. Vem me amar, me leva ao Coração de Jesus, ensina-me a me amar e a amar aos meus irmãos como tu os ama.

Eu estou cansado dessa vida vazia e sem sentido. Só posso amar aquilo que eu conheço, então Senhor, dá-me a graça de conhecê-lo em espírito e em verdade. Eu quero conhecê-lo para aprender a amá-lo, aprender a confiar em ti, aprender a me abandonar em tua infinita misericórdia.

Continue a sua oração com aquilo que o seu coração deseja falar para Deus... 

Nos amor de Cristo que nos une!
Abraço carinho...
Jonathan Melo

Um comentário:

  1. Que coisa mais linda essa postagem! Pois retrata o dom mais precioso e singelo, que Deus nos dispensou: o AMOR! Ele nos amou tanto que enviou seu único filho para morrer em nosso favor. Então, por que não recebemos esse amor e não o multiplicamos? Justamente, porque não nos conhecemos, assim como diz o texto acima, e se não nos conhecemos, consequentemente, desconhecemos a Deus. É uma pena! Não existe nada mais maravilhoso que o amor. Mas o AMOR, no sentido real da palavra. Aquele que nos liberta, e faz-nos querer cada dia mais, sermos de Deus e para Deus. É tão bom quando conseguimos vivenciar esse amor! Sentimo-nos leves, felizes e em paz com Deus e com nossos irmãos. E olha, não é tão difícil. Só precisamos nos decidir pelo caminho da cura interior. A partir de então. nosso coração vai se abrindo cada vez mais ao amor, fazendo com que nossas escolhas sejam cada dia mais voltadas para aquilo que Deus deseja de nós. É no coração de Jesus que encontramos toda a paz e amor que procuramos, desejamos e precisamos.Minha prece hoje é só essa: que Deus me ensine, bem como a meus irmãos, vivenciar e saborear o amor do seu coração. Que fiquemos sempre imersos em seu coração, protegidos e abandonados em seu amor. Assim, ao sentirmos verdadeiramente, como somos amados, seremos capazes de devotar total e completamente o nosso amor a Ele. Então amar nossos irmãos será apenas uma consequência. Mas lembremos: só conseguiremos essa graça com Jesus. Seguremos a mão Dele e não a soltemos. Pois Ele, nunca em hipótese alguma, larga a nossa. Fiquemos com Deus e com a certeza de seu amor, hoje e sempre! Amém!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!