quarta-feira, 26 de novembro de 2014

A casca do coração

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:




Olá meus queridos e amados irmãos em Cristo Jesus, que o amor de Deus quebre a casca dos vossos corações, para que possam verdadeiramente ser amados por Ele!

O nosso coração tem casca? 

Em sua essência não, mas nós vamos criando essa casca ao longo da vida. Todos nós temos essa casca. Alguns a tem bem simples e fina, outros a tem bem grossas e resistentes.

O que essa casca faz? 

Deus criou o nosso coração para ser livre. De modo que nós não devemos criar essa casca, pois quando o nosso coração está envolto por ela, o amor de Deus não consegue adentrar em nosso coração. Essa casca não traz nenhum benefício ao nosso coração, pelo contrário, ela é prejudicial. 

Outra consequência dessa casca é que além do amor de Deus não adentrar no nosso coração, o amor das pessoas também não nos alcança. Como não conseguimos receber esse amor de Deus, esse amor das pessoas, achamos que não somos amados, achamos que não merecemos amor e se assim nos sentimos, concluímos que as pessoas não prestam, são falsas e tantas outras concepções erradas.

O interessante é que mais uma vez colocamos a culpa nos outros, na vida, no mundo e consequentemente em Deus. Porque Deus criou pessoas assim, que não amam, que são falsas, que são egocêntricas...? Não percebemos que nós é quem somos os responsáveis por isso. Por que? Porque somos nós quem criamos essa casca.

Como criamos essa casca? De que ela é constituída? 

Nós criamos essa casca de forma inconsciente. Vamos construindo ela com ressentimentos, mágoas, decepções, orgulho, prepotência, traições, rejeições. Cada situação negativa que vivenciamos se torna uma nova peça que aos poucos vai formando a casca em torno do nosso coração. 

Fomos tão machucados que o medo de ser ferido novamente nos fez criar essa casca para nos proteger. Quando finalizamos a casca, passamos para a segunda fase que é a de fortalecimento. Mesmo depois que a criamos, o medo é tão grande que vamos tendendo a fortalecer ela para que, de forma alguma, nós não sejamos machucados novamente. 

Então lá se vai mais uma camada de insensibilidade, de frieza, de indiferença. Chegamos a um ponto em que nada mais adentra o nosso coração. A mesma (falsa)proteção que criamos contra o sofrimento é a mesma que nos afasta do amor de Deus e do amor das pessoas. 

Infelizmente a conclusão que chegamos é que não conseguimos mais ver o brilho e as cores da vida. Não conseguimos mais sentir as emoções e os sentimentos como antes. Na verdade, não vivemos... sobrevivemos. Nos arrastamos por essa vida com uma visão distorcida da verdade e do plano que Deus criou para cada um de nós.   

Como nos lembra o Padre Léo: "Deus nos criou para sermos felizes, se não estamos sendo felizes, é porque esse projeto não está acontecendo em nossas vidas". Mas a culpa não é de Deus. Nós é quem não o obedecemos. Nós é quem decidimos viver as nossas vidas com a nossa própria forma de viver, com a nossa forma de ver, de encarar a vida. 

Como quebrar a casca do nosso coração ferido e machucado?  
"Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água". João 19, 34

Essa casca é quebrada quando nos colocamos diante do peito transpassado de Cristo na cruz de onde jorrou sangue e água. Essa água é como a água do mar que de tanto se chocar contra as rochas, abre uma brecha e passa para o outro lado.


A água que jorrou do peito de Cristo é capaz de quebrar até a casca mais forte, quebra a casca do desamor, da rejeição, do ressentimento, da solidão, do medo, da insegurança, da decepção, da traição, do orgulho. A água que jorrou do peito de Cristo é a água da vida. O peito de Cristo se torna como uma fonte de onde emana água e vida, e vida em abundância.

Quando nos colocamos diante desse peito que jorra água, ela quebra a casca do nosso coração. Após quebrar a casca ela adentra no mais profundo do nosso coração como uma luz que sai iluminando todas as trevas. Essa água vai lavar todo o nosso coração ferido e machucado.

O sangue que jorra do peito de Jesus é, por excelência, o remédio que traz e sacramenta a cura do nosso coração solitário, reprimido, machucado, medroso, orgulhoso, insensível, rejeitado, inseguro... O sangue de Jesus cura e não deixa cicatriz, como nos ensina o nosso querido Padre Léo.

Onde encontramos esse peito de Cristo de onde jorra água e sangue, de onde jorra a cura e a nossa nova vida? Podemos encontrá-lo em qualquer celebração da SANTA MISSA!!!



Precisamos tomar posse dessa graça que Deus nos concede todos os dias nas santas celebrações. Que hoje possamos pedir a Deus a graça de poder estar sempre diante de seu peito transpassado nas Santas Missas!

Abraço fraterno...
Jonathan Melo



Um comentário:

  1. Que mensagem impressionante essa postagem nos traz! Realmente, existe uma casca que reveste o nosso coração.Às vezes, nem percebemos que ela existe. Estamos tão acostumados com a nossa forma de viver, que muitas vezes não paramos pra pensar no que o nosso coração está sentido. Há dias em que nos sentimos tristes, desamparados e sozinhos, sem nem mesmo sabermos o por quê de estarmos nos sentindo assim. É como se tudo ao nosso redor conspirasse contra nós.Parece um drama, mas é verdade, às vezes nos sentimos dessa forma. Isso só acontece porque não permitimos ainda a Deus quebrar a casca do nosso coração, para que seu amor,incondicional e infinito, lave e purifique qualquer sentimento negativo que possa estar nos impedindo de sermos essencialmente felizes. Quando nos abrimos ao amor de Deus e nos deixamos abraçar por Ele, maravilhas nos acontecem. E tudo em nossa vida começa a fazer sentido. Começamos inclusive a aprender como lidar com os problemas e dificuldades que nos aparecem. Sem nos sentirmos tão desesperados, como nos sentíamos antes de permitir Deus agir em nossa vida.
    Então, que possamos hoje e sempre, quebrar essa casca que envolve o nosso coração, através do amor sem limites de Jesus por nós.Que nosso coração seja lavado e purificado pela água e pelo sangue jorrado do coração transpassado de Jesus.Para que assim, obedeçamos a Deus e sigamos o plano de amor que Ele traçou para nós.Glórias sejam dadas a Deus para todo o sempre.Amém!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!