quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Com a VIDA dentro do Cálice!

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

Olá meus queridos e amados irmãos em Cristo Jesus, graça e paz da parte de Deus nosso Pai a todos vocês! Mais um ano está terminando e mais uma vez nós estamos fazendo aquelas reflexões que são típicas dessa época, bem como fazendo os planos para o ano que vai se iniciar.

Foi um ano com muitas lutas, muitas batalhas internas e externas. Fomos tentados, atribulados, passamos por dores, sofrimentos, decepções. Fomos feridos, machucados. Algumas vezes podemos ter perdido a motivação, o ânimo. Algumas vezes parecia estarmos num deserto, numa aridez, parecíamos caminhar sem rumo e sem sentido.

Foi um ano onde machucamos também, omitimos, mentimos, caluniamos, fofocamos. Agredimos de forma verbal, psicológica. Algumas vezes, talvez brincamos com alguns corações. Fingimos amar quando na verdade só queríamos usar. 

Mas também ao longo desse ano, nós amamos e fomos amados. Sorrimos com amigos. Contemplamos o sorriso de uma criança ou o nascimento de um novo bebê na família. Vimos casamentos sendo celebrados, o amor renovado, reafirmado. Choramos de alegrias com algumas conquistas que sonhávamos e lutávamos há tempos. Fomos surpreendidos por coisas boas. Conhecemos novas pessoas, partilhamos novos conhecimentos, amadurecemos. 

Foi um ano de inconstâncias, de altos e baixos, de lutas e vitórias, de dor e amor, de tristeza e alegria. Um ano de incoerências nas tentativas de ser coerente. Um ano de muitas quedas na tentativa de manter uma disciplina na atividade física, na alimentação saudável. 

Foi um ano de batalhas em família numa tentativa de criar os filhos, em tentar compreender os limites e fragilidades do cônjuge, em amar nas diferenças, um ano em que muitas máscaras caíram por terra e algumas delas machucaram pessoas que amamos. Foi uma ano de batalhas contra enfermidades e doenças, essas que muito machucou o nosso corpo frágil, bem como nossos familiares.

Foi um ano onde por tanto medo de machucar os outros, acabamos muitas vezes machucamos. Lutamos tanto para sermos livres, mas acabamos nos tornando reféns de nossos medos e inseguranças. 

Mas também foi um ano de tentativas em ler a Palavra de Deus, em conhecer mais a nossa Igreja, de Missas, de Confissões, de terços rezados, de shows religiosos, de pregações e retiros, na tentativa de se aproximar mais de Deus. 


Tudo isso se resumo numa simples frase: "Isso é VIVER! Essa é a nossa VIDA HUMANA! Isso é SER HUMANO!"

Para finalizarmos bem esse ano, entre tantas reflexões e emoções precisamos de mais uma atitude: "COLOCARMOS A NOSSA VIDA DENTRO DO CÁLICE DE CRISTO"! Precisamos colocar todo o nosso coração, todo o nosso corpo, toda a nossa alma dentro do sangue santo e puro de Jesus.

Ao longo desse ano em algumas postagens eu frisei sobre a necessidade de nos colocarmos diante do peito transpassado de Cristo na cruz, pois como nos ensina o Padre Léo: "é dele onde vai nascer o novo homem, a nova mulher, a nova humanidade". 

Precisamos deixar que o sangue de Cristo lave todo o nosso ser, lave todas as mágoas e ressentimentos vivenciados ao longo desse ano. Precisamos deixar que cada gota do sangue de Jesus possa perdoar cada pecado cometido ao longo desse ano, bem como ao longo de nossa vida. 

Precisamos refletir o nosso ano com os olhos misericordiosos de Jesus. Precisamos deixar que o Espírito Santo ilumine os olhos do nosso coração para que possamos enxergar esse ano com a sabedoria que só Ele pode nos dar. Precisamos aprender com os nossos erros, para que possamos amadurecer e não só isso, precisamos aprender a viver a nossa vida junto com Jesus.

Que finalizemos essa reflexão reservando um momento para conversarmos com Jesus. Que você possa ter essa coragem em colocar toda sua vida dentro do cálice de Cristo. Que Deus o (a) abençoe com seu infinito amor de Pai!

"Busque as coisas do Alto em 2015"!!!
Abraço fraterno.
Jonathan Melo

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!