"Senhor, que nossos olhos se abram!"

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

Olá meus queridos e amados irmãos em Cristo Jesus, que a luz de Deus ilumine os olhos dos vossos corações! Após iniciar o ano com o desejo de viver em oração com o Senhor, precisamos, em oração, pedir a Ele a graça de curar os olhos do nosso coração para que possamos enxergar a vida com os olhos dele.


"Senhor, que nossos olhos se abram!"
Para melhor compreensão leia Mateus 20, 29-34
Ao saber que Jesus passava por aquele caminho, os dois cegos gritaram: "Senhor, filho de Davi, tem piedade de nós!" Quem dera se todos nós pudéssemos estar no caminho onde Jesus vai passar. Mas nós, na maior parte das vezes, não estamos porque estamos em nossa zona de conforto, nossa acomodação.

Se não nos colocamos no caminho onde Jesus vai passar, nós não poderemos gritar: "Senhor, filho de Davi, tem piedade de nós!" Precisamos entrar nesse caminho. Precisamos sair de nosso comodismo e ir ao encontro do Senhor.

Quando nos colocamos no caminho de Jesus, a graça acontece. Pois Jesus, que é rico em amor e misericórdia, é  o primeiro que dá o passo. Deus sempre se antecipou aos seus filhos, é Ele quem sempre dá o primeiro ao nosso encontro, pois nos ama com amor infinito e por amar quer sempre estar conosco.

O amor nos faz sair da nossa zona de conforto, pois ele nos impulsiona ao ser amado. Nós dizemos que amamos a Deus, mas sempre inventamos uma desculpa, criamos alguma barreira para não ir ao seu encontro. Se o amamos, precisamos então nos mover em sua direção.

Quando gritaram, a multidão os repreendiam. O que eles fizeram? Desistiram? Desanimaram? Claro que não, ao contrário de muitos de nós, eles gritaram ainda mais forte: "Senhor, filho de Davi, tem piedade de nós!" Eles queriam ser curados e quem verdadeiramente deseja a cura vai em busca dela, persevera, não desiste, não desanima diante das dificuldades, pelo contrário, só para de gritar quando é ouvido e alcança a cura. 

Mas Jesus nunca opera o milagre ou a cura sozinho, ele se faz precisar da nossa participação e pergunta aos dois cegos, como está perguntando para mim e para você: "Que quereis que eu vos faça?"

Eles sabiamente respondem: 
"Senhor, que os nossos olhos se abram!

Jesus, cheio de compaixão, tocou-lhes os olhos. Instantaneamente recobraram a vista e puseram-se a segui-lo". Por que muitos de nós não alcançamos as curas que tanto esperamos em Deus?

Porque não nos colocamos no caminho do Senhor. Porque não vamos ao seu encontro. Porque não acreditamos que Ele possa, verdadeiramente, nos curar. Porque não sabemos qual a cura pedir. Porque valorizamos coisas supérfluas, as coisas do mundo, não as coisas essenciais e importantes que existem no nosso coração. São tantos os motivos. 

Precisamos, com urgência, gritar e gritar muito alto, não com nossas vozes, mas sim com a força do nosso coração: "Senhor, que os nossos olhos se abram! Senhor, cura os olhos do nosso coração! Senhor, filho de Davi, tem piedade de nós!"

Para viver uma vida plena, a vida que o Padre Léo implantou em Bethânia, segundo o Coração de Jesus, precisamos curar os olhos do nosso coração. Como viveremos uma vida plena se não conseguirmos enxergar o amor misericordioso de Deus? Como caminharemos se não enxergamos o caminho que Deus tem e quer para cada um de nós?

Esses cegos que estão à beira do caminho somos você e eu, é você e seu esposo, é você e seu pai, você e sua mãe, você e seu chefe, que não está no caminho do Senhor, está no caminho da vida. Muitas vezes perdido em tantos caminhos de escolhas erradas, de tantas tentativas frustradas e se acomodou no cansaço e decidiu parar e sentar. 

E quando estamos no caminho em que Jesus vai passar, perdemos a graça, por que simplesmente não conseguimos acreditar que Jesus pode realizar essa cura, hoje, agora, nesse exato momento. E mesmo quando numa pequena esperança de que essa cura possa acontecer, achamos que não merecemos.

Possuímos uma visão errada de nós mesmos, cheios de condicionamentos negativos, visões que a sociedade encardida impregnou em nossas mentes e em nossos corações. Por isso, antes de caminhar, precisamos curar os olhos do nosso coração, para que possamos nos enxergar com os olhos de Deus, para poder enxergar a Deus com os olhos curados e enxergar nossos irmãos como eles são, ou seja, a verdadeira imagem e semelhança de um Deus que é amor!

Que possamos rezar juntos como os cegos:




Que hoje, assim como os cegos, nossos olhos possam se reabrir e que possamos, imediatamente, pegar na mão de Jesus e segui-lo! Abraço fraterno!

Compartilhe:

Um comentário:

  1. Postagem perfeita! Mensagem única, cheia de amor e verdade! Que maravilhoso será quando nossos olhos, os olhos do nosso coração, realmente se abrirem ao Senhor. Visualizaremos e saborearemos as inúmeras maravilhas e mimos que o Senhor Deus nos preparou. Para que isso aconteça, como diz a postagem, devemos nos colocar no caminho de Jesus, e gritar, assim como os cegos, para que Jesus se compadeça de nós e abra-nos os olhos. Que hoje e sempre possamos voltar os nossos olhos físicos e espirituais para Deus, e permitir-lhe curar-nos qualquer mágoa, ressentimento ou rancor, que possam estar embaçando o nosso olhar para o que é sagrado. Assim, conseguiremos verdadeiramente, enxergar e sentir o amor de Deus por nós. E dessa forma repassá-lo aos nossos irmãos. Que Deus continue nos abençoando com seu infinito amor de Pai. Honras e Glórias sejam dadas a Ele hoje e para sempre. Amém!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Gratidão: 10 anos do Blog Padre Léo Eterno!

Olá, queridos e amados irmãos em Cristo Jesus.  Começamos novembro celebrando uma década de blog. Há 10 anos, em 16 de novembro d...