segunda-feira, 30 de março de 2015

O que nós estamos levando para Jesus?

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

“Maria, tomando quase meio litro de perfume de nardo puro e muito caro, ungiu os pés de Jesus e enxugou-os com seus cabelos” (João 12, 3).

Olá meus queridos e amados irmãos em Cristo Jesus. Que o amor e a misericórdia de Deus estejam convosco! Se você refletir com calma, Maria (irmã de Lázaro - Betânia) estava aos pés de Jesus. Não só estava aos pés Dele como fez um perfume para lhe ungir os pés. Ela iniciou a Semana Santa aos pés daquele a quem ela muito amava. 



E nós como estamos iniciando nossa Semana Santa? Estamos aos pés de Jesus? Estamos indo ao Seu encontro? 

Provavelmente não estamos nem perto dessa atitude de Maria. Estamos indo ao encontro de uma sociedade que cada dia mais está mais violenta, com menos amor ao próximo, uma sociedade egocêntrica, capitalista. Uma sociedade que está mais a serviço do encardido do que a serviço de Deus.

Nós que deveríamos estar indo contra a essa sociedade, estamos indo ao seu encontro. Maria não só estava aos pés do Mestre, como ungiu estes com aquilo que ela sabia fazer de melhor, o perfume. Com essa atitude ela estava Lhe honrando, fazendo seu culto de amor, de respeito e de adoração àquele que era muito mais do que o Salvador, era seu amigo, amigo de toda sua família.

Nós nos dizemos cristãos, mas não vamos ao encontro de Jesus, não buscamos ter amizade com Ele. Com nossas atitudes não estamos o honrando, o amando, o adorando. Ao invés de darmos o nosso melhor para Ele, estamos dando migalhas de nossa atenção. Estamos enchendo seu ouvido de reclamação, de lamúrias. 

Claro que Jesus tem o maior amor e paciência para ouvir nossas dores, sofrimentos, nossas reclamações, mas será que é justo falar só sobre isso com Ele? Será que não conseguimos dá-lo um pouco de amor, de gratidão, ofertar a nossa alegria, nossos dons e capacidades? Porque continuarmos egoístas, sempre levando para Ele nossas listas imensas de pedidos, desejos e vontades? 

Jesus quer que nós demos a Ele o que temos de melhor, ou seja, o nosso coração. Ele nos quer por inteiro, sem reservas. Ele quer o que somos e não o que estamos nos esforçando para ser, e o triste é que muitas vezes estamos nos esforçando para ser o que a sociedade quer que sejamos e isso fere nossa natureza original, pois vai de encontro à imagem e semelhança de Deus, que nós somos.

Jesus não nos cobra nada para nos amar. Por isso precisamos nessa Semana nos permitir ser amados por aquele que ama de forma gratuita. Precisamos voltar o nosso coração para o coração Dele. Precisamos aprender a amar como Ele amou. Precisamos aprender a ser obedientes como Ele foi, pois Ele foi obediente até a cruz. 

Que possamos, verdadeiramente, ser radicais. Buscar viver cada minuto ao lado de Jesus. Que possamos contemplar cada atitude Dele rumo a cruz, para que possamos nos converter ao seu amor, que possamos romper com o pecado, que possamos aprender a amar de forma gratuita. Que paremos de dar desculpas para Ele, para que possamos ter um verdadeiro encontro com Ele.

Vamos rezar:



Me colocando aos pés de Jesus...
Jonathan Melo

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!