domingo, 9 de agosto de 2015

Caminho santo!

Neste mês de Agosto, dedicado às vocações, rezamos mais intensamente pelas vocações sacerdotais. O sacerdócio é um dom perene, que se renova a cada celebração eucarística. Os sacerdotes são sinais da presença viva de Deus, pois agem, in persona Christi (na pessoa de Cristo).

Em 04 de janeiro de 2007 nós perdemos um grande sacerdote, ou melhor, o céu ganhou uma grande alma de sacerdote: padre Léo, um impulsivo pregador da Palavra de Deus.

O Senhor sempre vem ao encontro daqueles que se abrem ao Espírito Santo. Estar à serviço do Reino é lutar pelos ideais livremente . Ao aceitar ao chamado, padre Léo assumiu o compromisso de ser inteiramente de Deus, mas também inteiramente do outro. A sua missão era especial, não sabia o que enfrentaria pela frente, só uma certeza tinha em seu coração: a proteção Divina, guiando o seu caminho.
Em 16 anos dedicados ao Ministério sacerdotal foi feliz e realizado, uma profunda gratidão a Deus e propagando esse amor a todos. Foi feliz porque o Senhor o chamou ao sacerdócio e lhe confiou sua Palavra de esperança.

Deus tem os seus caminhos para nos santificar.  Não podemos compreender os desígnios do Senhor, porém, sabemos que Ele não age sem um propósito. Em seu primeiro ano de ordenação foi enviado à Brusque (SC) como diretor de um colégio. Ali confrontou-se com uma triste realidade.
Hoje, depois de muitos anos, nos leva a pensar nos efeitos de sua missão. Aquele padre, recém ordenado, tendo contato com jovens, que buscavam nas drogas, a única solução para os seus problemas, provocou nele muita compaixão. Ali, no colégio, atendendo a cada um, tocava a sua história, vivia a sua própria experiência, pela graça de Deus.

Sua predileção por aqueles que viviam à margem da sociedade foi aumentando cada vez mais, e os problemas foram surgindo, principalmente com os pais dos alunos do colégio, pois seria impossível não atendê-los. Mas, mesmo diante de tantos desafios não perdeu as esperanças, até encontrar um lugar para acolhê-los: Bethânia.
Quando se trabalha na defesa de valores fundamentais para o ser humano, esse trabalho não morre jamais, a obra continua. Por isso a Comunidade Bethânia hoje acolhe os dependentes químicos, soropositivo, adolescentes grávidas, abandonados...

Se nesta vida somos chamados à eternidade, que se dirá da vida de um sacerdote. O Senhor concedeu ao padre Léo todas as graças para enfrentar a luta, que todos os seguidores de Cristo travam. O Senhor o revestiu com toda a força e poder na batalha contra o câncer, porque buscou a sua face. É um caminho a ser percorrido, o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo nos aponta a direção.

Também lembramos: o “dia dos pais”. A palavra “padre” significa “pai”, aquele que orienta no caminho do Senhor. A sua maior alegria e satisfação era ouvir os filhos e consagrados o chamarem de “pai Léo”. Foi pai de muitos filhos em Bethânia.
Louvamos e agradecemos a Deus por todos os pais, os que estão na glória e os da terra.  

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!