sábado, 17 de outubro de 2015

A força da vida!

A depressão é uma força terrível, que nos torna tristes, desanimados. A falta de motivação nos faz perder o sentido da vida. Às vezes, a perda do gosto de viver é tão grande, a ponto de levar a pessoa ao suicídio. Mas o Deus, o autor da vida pode nos tirar do lamaçal da morte.

O testemunho de Vanderleia Scheidt nos mostra que o Senhor usa de caminhos insondáveis para nos salvar.  
“Eu tinha uma depressão profunda, vivia num mundo de trevas e não aguentava mais viver. Precisava dar um 'basta' fiz greve de fome para morrer mas nem isso eu conseguia...” 

Podemos fazer nossos projetos, mas quem está no comando é o Senhor. Aquela garota não pensou que a partir do dia 07 de janeiro de 2001, sua vida iria se transformar, quando já não havia mais esperança, quando brigava com Deus dizendo que não queria mais viver.
“Depois da "briga", liguei a TV, fiquei mudando os canais, parei em um canal, uma tal de "Canção Nova" era 22:00 horas”. 

A Canção Nova tinha em sua grade um programa chamado “Resgate Já”, apresentado pelo Dunga. E naquele dia foi ao ar o programa gravado na Comunidade Bethânia, em São João Batista SC. Era a Providência Divina resgatando mais uma vida, através do padre Léo e Juscélia.
“Eu fiquei vendo aquelas imagens lindas daquele lugar maravilhoso...foi amor a primeira vista. Tudo o que o Pe. Léo falava, todo amor que ele demonstrava por Bethânia e seus filhos... tudo isso foi invadindo meu coração e minha alma. 
No final do programa eles passaram um telefone de contato, eu anotei o numero para ligar no dia seguinte, pois eu sentia que Deus estava me resgatando... ele não queria me matar como eu lhe pedi e sim me salvar das mãos do ‘encardido’. Não tive mais duvidas liguei e quem atendeu foi um "anjo" chamado Juscélia, eu chorava mais do que falava e ela ouviu tudo atentamente e com todo amor e carinho me acalmou”. 

Enfrentando muitos problemas, Vanderleia foi para a Comunidade em 17 de janeiro de 2001. Jesus nos prova que a vida supera todo obstáculo, transformando a marcha da morte, numa caminhada de vida. Imagino a sua expectativa, a sua esperança em chegar no lugar onde lhe devolveria toda a alegria, o valor e o sentido da vida.
“Quando estava chegando parecia que o meu coração ia sair pela boca eu estava vendo aquele lugar lindo que eu só tinha visto pela TV.  Quando o táxi parou, eu saí pulando e gritando... 'cheguei, cheguei eu não acredito que cheguei!!!' Quem me viu chegar com certeza pensou:'só pode ser uma doida chegando'".

Mas sua expectativa maior estava em conhecer o padre Léo, o padre que viu pela TV, e que tocou seu coração, porque falava do amor de Deus.
“ Quando alguém me falou que ele tinha acabado de chegar... saí correndo feito louca e eu cheguei gritando:‘Pe. Léo, Pe. Léo, que bom conhecer o senhor’. Ele só ficou me observando... eu queria falar tudo ao mesmo tempo... nem é bom imaginar o que ele estava pensando... no mínimo, ‘sua anta, fica quieta’!!! Quando eu consegui parar de falar ele me abraçou e disse: ‘Seja bem vinda minha filha’ e saiu andando. Na verdade eu queria mais atenção, mas o que eu não sabia é que ele estava cansado da viagem e tinha um retiro inteiro para preparar”. 

A Providência Divina age novamente, pois o tema do retiro era: “Experiência através do amor de Deus”. 
“Em Bethânia eu descobri que a minha depressão era a "ausência" de Deus. Só Deus pode preencher o vazio do nosso coração. Ele é a luz que ilumina todas as trevas. Só Deus tem um amor puro e verdadeiro para nos dar. E só quando eu tive esta ‘Experiência através do amor de Deus’, é que a minha vida começou a ter sentido... eu tinha vontade de viver novamente. Bethânia é realmente lugar de ‘Vida Plena’”. 

Nove anos de lutas e conquistas na Comunidade Bethânia, vivendo o presente, deixando todo o seu passado, de dor, tristezas...foi muito feliz.
“Posso dizer com toda certeza da minha alma que foram os melhores anos da minha vida. Por isso tantas saudades...... Obrigada Senhor por se fazer presente em minha vida através do Pe. Léo e da Juscélia.. dois "anjos" que o Senhor "usou" para me resgatar naquela noite”. 

A Comunidade Bethânia prepara a pessoa para viver em sociedade, o fruto da árvore depende de um bom cultivo. Hoje Vanderleia, que um dia padre Léo a chamou de “Léia”, é dona de casa, mora no interior de Santa Catarina, com o marido e uma filha linda.

A história de Vanderleia, filha amada, é a de muitas(os) que encontram o seu refúgio em Bethânia.  

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!