quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Palavra do fundador: O nascimento da Comunidade Bethânia

Seguir a Jesus é colocar-se a serviço e amar com gratuidade. No ano de 2005, por ocasião dos 10 anos da Comunidade Bethânia, a TV Canção Nova gravou um programa especial com a participação de filhos, consagrados e padres, testemunhando o amor. Aconteceu na casa mãe, em São João Batista-S/C.


Ziza Pereira, a diretora do programa “Tenda do Senhor”, iniciou a entrevista com o padre Léo (perto da casa onde morava), no marco zero de Bethânia, onde tudo começou, onde a missão floresceu.
"Sejam bem vindos à minha casa, aqui eu vivo, aqui vou aprendendo um pouco do Evangelho". 

Todo sacrifício vale a pena quando a meta é alcançada. Obedecendo ao apelo divino, padre Léo chegou ao lugar que deveria receber como herança. E fez uma experiência de fé, quando vislumbrou além, enxergou naquela terra de matas e eucaliptos, uma terra de missão. A semente divina é fecundada para gerar vida, dando lugar à esperança e ao amor incondicional.
"O dia em que chegamos aqui e batemos o olho nesse terreno, a gente se apaixonou. 
A primeira missa vai ser no ponto mais alto. Aqui era um espigão imensamente alto, a gente levou quase uma hora para subir até aqui. A Prefeitura abriu essa clareira e celebramos a primeira missa. Não imaginávamos que viessem tanta gente, mais de três mil pessoas. O meu carro ficou a dois quilômetros daqui. A estrada era muito estreita, não tinha como estacionar. 
Foi uma missa maravilhosa". 

Concretizou a promessa de Deus pelas mãos de Maria.
"Na verdade Bethânia foi fundada em 14 de março de 1995, juridicamente. Mas a data que consideramos como o dia do seu nascimento, foi o dia a primeira missa: 12 de outubro, por ser o dia de Nossa Senhora, e quando o terreno já era nosso". E este solo foi consagrado à Nossa Senhora, a Mãe de Bethânia.

Aqui padre Léo faz uma analogia, entre o carisma de Bethânia a a aparição de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil, retirada do rio Paraíba:
"Nossa Senhora veio do lodo, veio do rio, jogada no rio, quebrada. Assim são nossos filhos: quebrados, desfigurados, jogados no lodo da droga. 
Assim como os três pescadores tiraram a imagem do fundo do rio, aqui também olhando para os três personagens: Marta, Maria e Lázaro, os irmãos de Bethânia, queremos ser um pedacinho dessa rede que vai tirando os filhos e filhas, quebrados, desfigurados do lodo". 

Ano de 2015, vinte anos se passaram. É Deus confirmando e sustentando esse caminho, levando esperança e amor aos irmãos. Amar e acolher é dar continuidade à missão de ressuscitar muitos “Lázaros” e perceber que o fundador padre Léo está vivo na comunidade.

Marlon Arraes nos relata, com riqueza de detalhes, a inauguração da Comunidade Bethânia, a celebração eucarística em 12 de Outubro de 1995, nas páginas 371/373, do livro: Padre Léo: Biografia.  

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

2 comentários:

  1. Padre Léo salvou minha vida! Quando assisti a palestra "Buscai as coisas do Alto" ganhado de minha mãe num DVD e decidi dali pra frente que minha vida só iria continuar se eu buscasse as coisas do alto e morresse pras coisas daqui da terra! Hoje, antes de dormir... tenho o hábito de assistir suas palestras mesmo que repetidas, pois a minha admiração por este Homem de Deus é infinita... Até a ultima gota de vida seguirei ao Senhor como Pe Léo ensinou-me! Que Jesus abençoe suas obras e levarei seu trabalho aqueles que tem sede de justiça e estão no desespero da morte (em vida) por algum problema social. Um abraço a todos e que Jesus abençoe com infinita bondade a todos irmãos em Cristo!

    ResponderExcluir
  2. Inspiraçâo divina tinha o padre Léo como estou mudando a cada dia ouvindo suas palestras Amém:Dinah Cardoso

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!